AVALIAÇÃO DE DIREITO DO CONSUMIDOR
4 pág.

AVALIAÇÃO DE DIREITO DO CONSUMIDOR


DisciplinaDireito do Consumidor10.444 materiais41.778 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1a Questão (Ref.:201805525257)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Conceituando o Código Brasileiro de Defesa do Consumidor (CDC) é um ordenamento jurídico, um conjunto de normas que visam a proteção e defesa aos direitos do consumidor, assim como disciplinar as relações de consumo entre fornecedores e consumidores finais e as responsabilidades que tem esses fornecedores (fabricante de produtos ou o prestador de serviços) com o consumidor final, estabelecendo padrões de conduta, prazos e penalidades. Diante dessa definição podemos definir Consumidor como sendo:
		
	
	é toda pessoa física pública ou privada, nacional ou estrangeira, bem como os entes despersonalizados, que desenvolvem atividades de produção, montagem, criação, construção, transformação, importação, exportação, distribuição ou comercialização de produtos ou prestação de serviços.
	
	toda pessoa jurídica que adquire ou utiliza produto ou serviço como destinatário final.
	
	é toda pessoa física ou jurídica, pública ou privada, nacional ou estrangeira, bem como os entes despersonalizados, que desenvolvem atividades de produção, montagem, criação, construção, transformação, importação, exportação, distribuição ou comercialização de produtos ou prestação de serviços
	 
	toda pessoa física ou jurídica que adquire ou utiliza produto ou serviço como destinatário final.
	
	toda pessoa física que adquire ou utiliza produto ou serviço como destinatário final.
	Respondido em 23/04/2020 15:57:29
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201803366900)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Com relação aos contratos celebrados com os profissionais liberais, podemos afirmar que:
		
	 
	b) São amparados pelo código de defesa do consumidor.
	
	d) São contratos de risco, por isso não amparados pelo código de defesa do consumidor.
	
	c) Os profissionais liberais não respondem pelos danos causados a terceiros, salvo comprovada má-fé.
	
	e) São contratos que só produzem efeitos se assinados, por no mínimo, duas testemunhas.
	
	a) São amparados pelo código civil e não pelo código de defesa do consumidor.
	Respondido em 23/04/2020 15:54:10
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201803347374)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	O Código de Defesa do Consumidor estabelece os objetivos e princípios da Política Nacional de Relações de Consumo. Nesse contexto, pode-se afirmar que existe:
		
	
	Reconhecimento da vulnerabilidade do consumidor no mercado de consumo.
	
	Incentivo à criação de mecanismos de arbitragem entre consumidores e fornecedores.
	
	Estabelecimento de regras que excluem a atividade estatal dos casos de concorrência desleal.
	 
	Ação governamental no sentido de proteger o fornecedor através da presença do Estado no mercado de consumo.
	
	Manutenção dos serviços públicos, mesmo que eventualmente com falhas na prestação.
	Respondido em 23/04/2020 15:39:53
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201802635810)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Em relação aos princípios previstos no Código de Defesa do Consumidor, assinale a alternativa correta.
		
	
	A boa-fé prevista no CDC é a boa-fé subjetiva.
	
	O princípio da vulnerabilidade, que presume ser o consumidor o elo mais fraco da relação de consumo, diz respeito apenas à vulnerabilidade técnica.
	
	O CDC é uma norma tipificadora de condutas, prevendo expressamente o comportamento dos consumidores e dos fornecedores.
	 
	O princípio da transparência impõe um dever comissivo e um omissivo, ou seja, não pode o fornecedor deixar de apresentar o produto tal como ele se encontra nem pode dizer mais do que ele faz; não pode, portanto, mais existir o dolus bonus.
	Respondido em 23/04/2020 15:49:50
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201803254012)
	Acerto: 0,0  / 1,0
	A sociedade empresária XYZ Ltda. oferta e celebra, com vários estudantes universitários, contratos individuais de fornecimento de material didático, nos quais garante a entrega, com 25% de desconto sobre o valor indicado pela editora, dos livros didáticos escolhidos pelos contratantes (de lista de editoras de antemão definidas). Os contratos têm duração de 24 meses, e cada estudante compromete-se a pagar valor mensal, que fica como crédito, a ser abatido do valor dos livros escolhidos. Posteriormente, a capacidade de entrega da sociedade diminuiu, devido a dívidas e problemas judiciais. Em razão disso, ela pretende rever judicialmente os contratos, para obter aumento do valor mensal, ou então liberar-se do vínculo. Acerca dessa situação, assinale a afirmativa correta.
		
	 
	A empresa não pode se valer do Código de Defesa do Consumidor e não há base, à luz do indicado, para rever os contratos.
	
	NENHUMA DAS RESPOSTAS ACIMA
	
	A revisão é cabível, assentada na teoria da imprevisão, pois existe o contrato de execução diferida, a superveniência de onerosidade excessiva da prestação, a extrema vantagem para a outra parte, e a ocorrência de acontecimento extraordinário e imprevisível.
	
	Aplica-se o CDC, mas a pretendida revisão da cláusula contratual só poderá ser efetuada se provado que os problemas citados têm natureza imprevisível, característica indispensável, no sistema do consumidor, para autorizar a revisão.
	 
	Aplica-se o CDC, já que os estudantes são destinatários finais do serviço, mas o aumento só será concedido se provada a dificuldade financeira e que, ademais, ainda assim o contrato seja proveitoso para os compradores.
	Respondido em 23/04/2020 15:48:26
	
	
	
	6a Questão (Ref.:201803366864)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	Com relação aos contratos celebrados com os profissionais liberais, podemos afirmar que:
		
	
	São amparados pelo código civil e não pelo código de defesa do consumidor.
	
	São contratos de risco, por isso não amparados pelo código de defesa do consumidor.
	 
	São amparados pelo código de defesa do consumidor.
	
	e) São contratos que só produzem efeitos se assinados, por no mínimo, duas testemunhas.
	
	Os profissionais liberais não respondem pelos danos causados a terceiros, salvo comprovada má-fé.
	Respondido em 23/04/2020 15:54:27
	
	
	
	7a Questão (Ref.:201803366911)
	Acerto: 0,0  / 1,0
	O Código de Defesa do Consumidor, no artigo 30, define "oferta" como: Toda informação ou publicidade, suficientemente precisa, veiculada por qualquer forma ou meio de comunicação com relação a produtos e serviços oferecidos ou apresentados, obriga o fornecedor que a fizer veicular ou dela se utilizar e integra o contrato que vier a ser celebrado". Marcar a alternativa CORRETA:
		
	
	a) É permitida a publicidade de bens e serviços por telefone, mesmo quando a chamada seja onerosa ao consumidor que a origina.
	
	c) Se o fornecedor de produtos ou serviços recusar cumprimento à oferta, apresentação ou publicidade, o consumidor não poderá exigir o cumprimento forçado da obrigação, nos termos da oferta, apresentação ou publicidade.
	
	e) A oferta pode ser utilizada pelo fornecedor como meio de publicidade, não criando vínculo entre ele e o consumidor.
	 
	d) A oferta e apresentação de produtos ou serviços devem assegurar informações corretas, claras, precisas, ostensivas e em língua portuguesa sobre suas características, qualidades, quantidade, composição, preço, garantia, prazos de validade e origem, entre outros dados, bem como sobre os riscos que apresentam à saúde e segurança dos consumidores.
	 
	b) O consumidor não poderá rescindir o contrato, em caso de o fornecedor de produtos ou serviços se recusar cumprimento à oferta, apresentação ou publicidade.
	Respondido em 23/04/2020 15:41:59
	
	
	
	8a Questão (Ref.:201805444060)
	Acerto: 1,0  / 1,0
	A respeito do conceito de fornecedor, é correto afirmar que
		
	
	a pessoa física pode ser considerada fornecedora de serviços, mas não de produtos.
	
	os entes despersonalizados serão considerados fornecedores, apenas se desenvolverem atividade de comercialização de produtos.
	 
	serviço é qualquer atividade fornecida no mercado de consumo, mediante remuneração, inclusive as de natureza bancária, financeira, de crédito e securitária, salvo as decorrentes das relações de