ROTEIRO DE QUESTÕES SOBRE AS PRÁTICAS
3 pág.

ROTEIRO DE QUESTÕES SOBRE AS PRÁTICAS


DisciplinaQuímica e Bioquímica33 materiais363 seguidores
Pré-visualização1 página
ROTEIRO DE QUESTÕES SOBRE AS PRÁTICAS
1)
Quais as funções dos seguintes aparelhos utilizados na rotina de laboratório de bioquímica: phmetro, espectrofotômetro e capela.
2) A reação da ninidrina é a uma reação de identificação de grupos funcionais de aminoácidos. Explique por que houve a formação da \u201cPúrpura de Rühemann\u201d na solução de triptofano e não na solução de prolina.
3) A reação de molisch é utilizada para pesquisa de carboidratos em geral. Explique por que há a formação de um anel roxo (lilás) no tubo de ensaio contendo glicose.
4) Na aula prática sobre fermentação notou-se que no kitassato que continha glicose misturada à solução de fermento houve produção de algum gás. A formação desse gás resultou na alteração de cor da solução do erlemeyer. Justifique o porquê dessa alteração de cor considerando os produtos formados durante a fermentação.
 1- PHMETRO é um aparelho usado para medição de PH. O aparelho é calibrado (ajustado) de acordo com os valores referenciados em todas as soluções de calibração. Uma vez calibrado estará pronto para uso. A leitura do aparelho é feita em função da leitura da tensão (usualmente em milivolts) que o eletrodo gera quando submerso na amostra. A intensidade da tensão medida é convertida para uma escala de PH. O aparelho faz essa conversão, tendo como uma escala usual de 0 a 14 PH. 
ESPECTROFOTÔMETRO é um aparelho amplamente utilizado em laboratórios, cuja função é a de medir e comparar a quantidade de luz (energia radiante) absorvida por uma determinada solução. Ou seja, ele é usado para medir (identificar e determinar) a concentração de substâncias, que absorvem energia radiante, em um solvente. Muitas reações químicas e enzimáticas mudam de cor ao longo do tempo, e os espectrofotômetros são muito úteis para medir essas mudanças.
CAPELA é uma construção dentro do laboratório onde são processadas análises com substâncias tóxicas ou substâncias que por intermédio de reação química, a principal função Exaurir vapores, gases e fumos, mas serve também, como uma barreira física entre as reações químicas e o ambiente de laboratório, oferecendo assim uma proteção aos usuários e ao ambiente contra a exposição de gases nocivos, tóxicos, derramamento de produtos químicos e fogo.
2- A ninidrina reage com os grupos amina livres dos aminoácidos. Essa reação forma um composto de coloração roxo-azulada, a "púrpura de Rüehemann". Isso acontece com a maioria dos aminoácidos, como o tritofano, que possuem aminas livres em sua cadeia. No entanto, a prolina não possui nenhum grupo amina livre: o nitrogênio, neste caso, faz parte de um anel na molécula, e a ninidrina não consegue reagir com ele.
3 - Depois de misturado o reagente, adiciona-se lentamente, pelas paredes do recipiente (inclinando o recipiente), uma pequena quantidade de ácido sulfúrico concentrado, sem mexer a mistura, de forma a criar uma interface. Uma reação positiva corresponde ao aparecimento de um anel violeta. Após acrescentar a glicose os testes serão positivos. Ácidos nucleicos e glicoproteínas também podem dar resultados positivos, aos quais são hidrolisados por ácidos minerais fortes. As pentoses são desidratadas a furfural, enquanto que as hexoses são hidrolisadas. Qualquer um destes aldeídos, condensam-se com duas moléculas de naftol, formando um produto com coloração violeta. O teste rápido do furfural é um teste químico que permite distinguir a presença de frutose da presença de glicose. É similar ao teste de Molisch, no entanto usa ácido clorídrico como ácido mineral e a solução são levados à ebulição. A solução teste diluída é misturada com a solução alcoólica de \u3b1-naftol e com ácido clorídrico concentrado. A solução é depois aquecida até à ebulição. Se o anel púrpuro se formar em trinta segundos ou menos, então é porque a solução contém frutose; se a cor púrpura não aparecer em trinta segundos, então o carboidrato presente corresponde à glicose. Como observado no resultado, na solução contendo glicose, ocorreu formação de um anel no centro da solução, de cor violeta, o que indica que a glicose é um carboidrato.
4- Na solução utilizada onde houve esta reação de alteração de cor, a mesma foi formada por água, fermento e açúcar, dessa forma o açúcar reagiu como substrato para fermento e no erlemeyer não ocorreu reação, pois em sua solução foi utilizado somente água e fermento. A diferença na coloração das soluções ocorreu, pois o azul de bromotimól utilizado em ambas tem a capacidade de indicar se uma solução é neutra (ficando com a coloração verde) e quando a solução é ácida (coloração amarela). Portanto através da solução de fermento com açúcar a levedura realizou o processo de fermentação, produzindo dessa forma etanol e dióxido de carbono, o CO2 passou pela mangueira e realizou uma reação formando bolhas na solução que se encontrava no erlemeyer baixando dessa forma na solução. A junção do CO2 com a água forma o ácido carbônico, esse ácido realiza a diminuição do pH, dessa forma ficando a solução com coloração amarelada, e assim através deste experimento conseguimos ver o processo de fermentação alcoólica acontecer.