Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
18 pág.
Avaliação da marcha

Pré-visualização | Página 1 de 1

AVALIAÇÃO DA MARCHA 
Acadêmicos: 
Jhade Leão Vieira
Mariana Selle Krupinski
Patrícia Raquel Vaz Santa’Ana Gonçalves
Rafael Caetano Neves
Samuel Ferreira Barbosa
Tálita de Melo Moreira
Marcha Humana
 Repetição de uma sequência de movimentos com o objetivo de mover o corpo adiante. 
 Um membro funciona como suporte enquanto o outro avança.
Análise da Marcha
	 Cinemática	 Cinética 
	Estudo dos movimentos espaciais do corpo, sem considerar as forças que os causaram;
Cadência, passo, passada e ciclo de marcha; 
Fornece informações apenas descritivas.
	Estudo das forças que produzem determinado movimento;
As informações cinéticas orientam sobre as prováveis causas das características que se observam na marcha 
Cinemática
 Cadência: É o número de passos dados em uma unidade de tempo, expresso como passos em minutos;
 Passo: É o espaço compreendido entre o contato inicial de um pé, e o contato inicial do pé contralateral no solo, expresso em tempo ou em comprimento; 
Passada: É o espaço compreendido entre o contato inicial de um pé no solo, e o novo contato inicial do mesmo pé, também expresso em tempo ou em comprimento;
Ciclo de marcha: É o conjunto de fenômenos compreendidos dentro de uma passada. Corresponde à sequência de funções de um membro, as quais se repetem igualmente após cada novo contato inicial . 
Marcha Humana
Apoio
60%
Balanço
40%
Marcha : Variáveis
 Velocidade: 82 m/min
 Cadência: passos/min. 113 passos/min. 
 Passo: 76,3 cm 
 Passada: 1,4m
Atividade muscular
O que considerar na Análise Visual da Marcha?
Idade
Gênero
 Tipo de Calçado
Uso de aditamento
Distância Percorrida
Patologia
Cognitivo
Equilíbrio
 Tipos de marcha 
Referências bibliográficas
 Renato de Castro Spada Ribeiro Análise computadorizada da marcha de adultos jovens saudáveis. UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS. Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa. Mestrado em Ciências Ambientais e Saúde. 2006.
 Harvey W. Wallmann. Physical Matters : Introduction to Observational Gait Analysis. 2009.
 Jacquelin Perry. Gait Analysis: Normal and Pathological Function. 1992.
 www.usp.br/labimoh - Biomecânica da marcha humana