A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Semântica e Estilistica

Pré-visualização | Página 1 de 1

Disciplina: 100667 - SEMÂNTICA E ESTILÍSTICA
Abaixo estão as questões e as alternativas que você selecionou:
QUESTÃO 1
"Bem se compreende pois agora aquele acento tão dorido, tão repassado de angústia, com que cantava a sua
canção favorita. Malvina enganava-se atribuindo sua tristeza a alguma paixão amorosa. Isaura conservava
ainda o coração no mais puro estado de isenção. Com quanto mais dó não a teria lastimado sua boa e sensível
senhora, se pudesse adivinhar a verdadeira causa dos pesares que o ralavam."
O trecho acima, extraído do capítulo IV de A Escrava Isaura, de Bernardo Guimarães, contém
a )
os sentimentos do narrador quanto à tristeza do coração puro.
b )
as considerações do narrador sobre as opiniões dos personagens.
c )
as preleções do narrador quanto aos pesares da boa senhora.
d )
os argumentos do narrador sobre a sensibilidade feminina.
QUESTÃO 2
"O colégio era grande como uma cidadela, todo fechado em muros altos. Por dentro, pátios quadrados,
varandas brancas entre pitangueiras, numa quietude mourisca de claustro. De um lado vivíamos nós, as
pensionistas, ruidosas, senhoras da casa, estudando com doutores de fora, tocando piano, vestindo uniforme
de seda e flanela branca."
O trecho acima, extraído do capítulo III de As Três Marias, de Rachel de Queiroz, exemplifica uma situação
em que
a )
o conflito narrativo tem o apoio da narradora.
b )
o conteúdo memorial supera o descritivo.
c )
a personagem e a narradora se contrapõem.
d )
a narradora faz uma descrição estática.
QUESTÃO 3
A interrupção da narrativa pode se prestar para introduzir reflexões, especulações, comentários do narrador
ou do próprio personagem, mas pode também ser apenas uma forma de corte na história que está sendo
contada - até para inserir outra história na principal.
Esse tipo de discurso secundário empregado na narrativa tem o nome de
a )
dialogismo.
b )
digressão.
c )
intertextualidade.
d )
interdiscursividade.
QUESTÃO 4
Nos ambientes profissionais um item lexical pode adquirir um certo número de significados específicos
gerando polissemia. É o que acontece com a palavra
a )
LARANJA, que na gíria contemporânea designa "pessoa que efetua, por ordem de terceiros, transações
irregulares ou fraudulentas".
b )
BARRIGA, que no jargão da imprensa significa "informação falsa divulgada por jornal, revista".
c )
CANO, que na linguagem comum designa "toda espécie de tubo que permita escoamento de líquidos ou
gases".
d )
PNEUMONIA, que na linguagem médica significa "inflamação pulmonar causada por bactérias, vírus etc."
QUESTÃO 5
Uma das possibilidades de reconhecer as diferenças mais típicas entre palavras sinônimas é a que distingue
um termo do outro por razões profissionais, como acontece no seguinte par, no qual a primeira palavra é mais
técnica do que a outra:
a )
gestante / grávida.
b )
rosto / face.
c )
paraíso / céu.
d )
repouso / descanso.
QUESTÃO 6
O estudo da variação na altura, intensidade, tom, duração e ritmo da fala tem o nome de
a )
prosódia.
b )
fonoestilística.
c )
ortoépia.
d )
acústica.
QUESTÃO 7
.
A resenha do filme Quantum of Solace só se refere a James Bond pelo nome completo ou pelo sobrenome
(por cinco vezes no texto). Os recursos coesivos anafóricos empregados são apenas os pronominais (se
permitiu, apresenta-o) e os elípticos (... descobre, ... pode imaginar).
A repetição, na resenha, do antropônimo do personagem tem como possível justificativa
a )
o distanciamento existente entre as passagens da resenha.
b )
a extensão dos períodos e sua complexidade sintática.
c )
o receio de não ser compreendido por leitores leigos no assunto.
d )
a intenção de enfatizar o sobrenome do herói.
QUESTÃO 8
A única opção que contém um trecho com uma paráfrase autoral de texto acadêmico é:
a )
O discurso indireto pressupõe mudanças estruturais no discurso apreendido e que haja um discurso interior.
Quem cita apreende o dito e o recoloca em seu próprio discurso. Segundo Bakhtin, esse processo de escolha
é social e ideologicamente marcado e constitui-se em uma espécie de réplica interior ao discurso de outrem.
b )
Pesquisadores envolvidos com as particularidades do pensamento bakhtiniano e com sua produtividade na
construção do conhecimento situam, em sua origem, conceitos como análise e teoria do discurso, diálogo,
interdiscursividade e intertextualidade, e realizam leituras de textos e discursos estimulados por eles.
c )
Bakhtin afirma: "O que chamamos de psicologia do corpo social realiza-se, materializa-se, sob a forma de
interação verbal. Se considerada fora desse processo real de comunicação e de interação verbal, a psicologia
do corpo social se transforma num conceito metafísico ou mítico."
d )
Foi em 1895, em Oriol, parte da futura União Soviética, que nasceu Bakhtin. Estudou nas Universidades de
Odessa e de São Petersburgo, diplomando-se em História e Filologia, em 1918. Participou de um círculo de
intelectuais, entre os quais se registram Volochinov e Medviédiev, que se tornaram seus amigos e discípulos.