TEORIA DA LITERATURA I
8 pág.

TEORIA DA LITERATURA I

Pré-visualização3 páginas
1 Yamille Rego Pinto 
2 Professora Maria De Fatima 
Centro Universitário Leonardo da Vinci \u2013 UNIASSELVI \u2013 Letras Língua Portuguesa (LED 115) \u2013 Prática 
Interdisciplinar \u2013 Estudos Literários \u2013 08/05/20 
Literatura, a arte e a ciência da interpretação. 
 
Acadêmico: Yamille Rego¹ 
Tutor Externo: Profa. Maria de Fatima² 
 
RESUMO 
 
A teoria da literatura trata-se de um conjunto de princípios para se entender o mundo através da 
literatura, nela aprendemos a identificar os meios e a finalidade da literatura em si, já existe desde 
o inicio do estudo da linguagem humana, mas só depois de muitos anos passou a ser efetivamente 
reconhecida como teoria e logo como uma ciência, havendo até hoje preconceitos com relação a 
literatura como ciência. Grande parte das obras literárias que retratam a história incluem 
tratamentos e pensamentos filosóficos, logo, o termo literatura como no título deste presente artigo 
se dá de forma melhor representada quando se põe ligada a arte, a literatura neste sentido é 
imaginativa, fazendo grande uso da ficção. Estigmatizada até hoje assim como a maioria das artes 
a literatura muito lutou e até hoje luta para ter seu devido reconhecimento, tendo em vista que a 
literatura assim como os demais meios artísticos tem como seu maior objetivo; fazer o homem 
refletir sobre sua própria condição, se lembre de sua própria historia, possa reconhecer os 
sentimentos e aprender através da escrita, sem a literatura tudo isso seria impossível, a literatura 
trabalha nesse objetivo, trazer a luz sobre essa que é uma das muitas formas de obter conhecimento 
e entendimento sobre o mundo e sobre si mesmo, tirando toda a visão distorcida produzida sobre 
este assunto, mostrando assim outro tipo de percepção sobre o conhecimento. Neste pequeno 
resumo pretendo abordar e aprender através da escrita desse artigo um pouco sobre a historia da 
literatura ao longo dos anos, o conceito da literatura como arte, um pouco sobre seus gêneros 
literários, características e elementos, espero que o entendimento sobre este artigo seja leve e lhe 
traga o entendimento e percepção necessários para efetivação de seu conhecimento. 
 
 
 
 
 
 
 
Palavras-chave: Literatura, Arte, ciência. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
2 
 
 
 
 
1. INTRODUÇÃO 
 
Durante este pequeno estudo como já mencionado será abordado de forma mais clara e 
resumida para trazer fácil entendimento sobre o conceito da teoria da literatura e sua finalidade para 
que o leitor sinta e possa compreender melhor a arte da literatura. A literatura humana trata-se de 
nada mais do que a descrição da humanidade de forma que se possa compreender a própria 
existência por meio da escrita, mas afinal, o que é literatura? toda a forma de escrita é literatura? 
Fazer a distinção das mais diversas formas é extremamente importante para entender não só a 
literatura mas como o homem criou varias maneiras de se expressar através da escrita, para entender 
todos esses questionamentos, é preciso entender as suas definições, para se entender melhor como a 
literatura é antiga um das maiores se não a maior obra já escrita, a bíblia, retrata diversas histórias 
muita das vezes em forma de narrativa, muitos textos com o mesmo conteúdo passam por diversas 
adaptações, que se transformam em conto, romance, crônica, poema lírico, texto dramático teatral, e 
etc...o conhecimento desses vários tipos de literatura é capaz de transformar um em outro, dessa 
forma é importantíssimo saber a definição de cada gênero para dessa forma melhor identifica-los. 
Em primeiro lugar deve se entender o conceito de teoria, logo que se houve a palavra teoria 
entende-se que se trata de antítese de pratica, logo não tendo tanta similaridade como a realidade, 
isso claro segundo o senso comum, porem fora deste senso a teoria e muito mais relevante do que se 
imagina, estudar sobre a natureza da literatura é entender como arte se constrói através das palavras, 
o preconceito com relação a tudo que está ligado a arte está unicamente em um fato; a arte não 
possui valor econômico, mas sim o imensurável valor intelectual ligado a construção do 
conhecimento, para os que desprezam a arte seja ela qual for, que nunca precise de uma boa música, 
um bom filme, um livro que o ajude a entender o outro e a si mesmo. A literatura embora ligada a 
arte concreta não se trata somente de artigos, livros ou jornais, a literatura não é copia da realidade 
humana, e sim uma forma artística de traduzi-la, o conceito de arte na literatura se dá pela maneira 
na qual a arte se exprime, o significado oculto e a riqueza de palavras, na capacidade que a obra tem 
de produzir reflexão em seu leitor, nas artes a hierarquia sobre oque é relevante ou não se desfaz, 
dentro da arte, todas as coisas devem ser analisadas e compreendidas, até mesmo as mais 
intrínsecas, assim cabe ao artista usar da sua imaginação para criar uma combinação de palavras e 
versos que tragam reflexão ao leitor, podendo fugir da realidade, sem especificamente se submeter 
as barreiras históricas ou cientificas, nessa forma se compreende que não existe regra para a 
literatura como não a regras para a arte, os textos passam a ser arte por meios imperceptíveis, não a 
receita nem regras, apenas a capacidade que o mesmo tem de gerar reflexão. Criar obras literárias 
requer certa ordem e organização, respeito a unidade e materiais adequados, por exemplo na poesia 
mão se pode mudar as palavras ou frases sem afetar certa estrutura que tira o enunciado da obra do 
mundo e da realidade. 
 
 
 
 
 
 
 
 
3 
 
 
 
 
2. TEORIA DOS GÊNEROS LITERÁRIOS \u2013 LÍRICO, ÉPICO E DRAMÁTICO. 
 
A teoria da literatura se divide em três grandes gêneros, o gênero épico também chamado de 
gênero narrativo, o gênero lírico e o gênero dramático, cada gênero possuindo características 
distintas, isso não significa que uma obra literária é composta de apenas um gênero distinto, em 
uma obra podemos encontrar mais de um tipo de gênero. 
Falando sobre gênero épico, também conhecido como narrativo que retrata em sua maioria 
as epopeias, epopeia vem da formação das palavras gregas \u201cepos\u201d que significa palavra e \u201cpoeio\u201d 
que significa fazer, dentro do gênero épico não se inclui somente a epopeia mas sim os textos de 
ficção cientifica em geral, trata-se de um ficção completamente narrativa, que embarca em diversas 
modalidades de texto. 
O canto épico trata-se de historias heroicas dos antigos retratados através de hinos cantados 
em festas de comemoração aos guerreiros, esses contos que hoje são chamados de poemas na 
verdade eram narrativas de feito grandiosos que contavam com o interesse do povo, como podemos 
analisar na descrição dos personagens de \u201cIlhada\u201d escrito pelo poeta épico da Grécia antiga 
Homero: 
 
\u201cSurde o Oiliades bravo, o Ítaco sábio, Surde Antíloco o jovem mais ligeiro; Postam-se em 
fila: o termo Aquiles marca, E lhes acena. Da barreira atiram -se: Reluz avante Ajax Ulisses 
perto, quanto a que tece da petrina airosa afasta a lançadeira, que hábil joga, Trama extensa 
no urdume entrelaçado. (HOMERO, Ilhada, em verso português por Manoel Odorico 
Mendes, 2009). 
Quanto as características do épico, diferente dos demais gêneros literários é que este se 
apoia na recordação, através da apresentação de uma narração histórica, nela se retrata a trajetória 
do personagem através do mundo, descrevendo o mundo através dos olhos do personagem 
principal, o mesmo descreve não só os fatos ocorridos mas também as características dos 
personagens e até mesmo o ambiente da obra. 
Em resumo, na narrativa épica conta-se a historia através dos olhos de um narrador, nessa 
historia existem partes que tem maior independência como no eu lírico onde o poeta faz descrição 
completa da obra, e também caracterizado pela epopeia que simboliza a descrição de fatos em tom 
grandiosos com acontecimentos as vezes pautados em fatos reais,