Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Teoria e Prática em Sociologia Contemporânea

Pré-visualização | Página 1 de 4

Questão 1/10 - Teoria e Prática em Sociologia Contemporânea
Considere o excerto de texto:
“As transformações ocorridas a partir da revolução industrial, junto a problemas estruturais do projeto moderno, aliadas a outras questões, como por exemplo o ganho de autonomia da arte pelo seu crescente valor de exponibilidade, também contribuem para a produção e consumo de uma arte vazia em seu conteúdo estético e simbólico”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LIMA, Eder Vicente de. A indústria cultural: apropriação da arte e da expressão criativa na escola. http://www.escoladeformacao.sp.gov.br/portais/Portals/84/docs/tcc/REDEFOR_1ed_TCC_Eder%20Vicente%20de%20Lima.pdf. Acesso em 21 maio 2019.
Considerando o extrato de texto e os conteúdos do livro-base Teorias sociológicas e problemas sociais contemporâneos, assinale a alternativa que apresenta corretamente a versão contemporânea da indústria cultural:
Nota: 10.0
	
	A
	O príncipe eletrônico, isto é, conjunto midiático atual, pode ser visto como intelectual orgânico dos grupos, classes ou blocos de poder dominantes, em escala nacional e mundial.
Você acertou!
“O príncipe eletrônico pode ser visto como ‘intelectual orgânico’ dos grupos, classes ou blocos de poder dominantes, em escala nacional e mundial. Em alguma medida, esses grupos, classes ou blocos de poder dispõem de influência mais ou menos decisiva nos meios de comunicação, informação e propaganda, isso é, na mídia eletrônica e impressa, sempre funcionando também como indústria cultural [...]. Em larga medida, a fábrica de hegemonia e da soberania que teriam sido prerrogativas do príncipe de Maquiavel e do moderno príncipe de Gramsci. Agora é o príncipe eletrônico que detém a faculdade de trabalhar a virtú e a fortuna, a hegemonia e a soberania; ou o problema e a solução, a crise e a salvação, o exorcismo e a sublimação. Assim se instaura a imensa ‘ágora eletrônica’, na qual muitos navegam, naufragam ou flutuam, buscando salvar-se” (livro-base, p.165,166).
	
	B
	Na atualidade, a indústria cultural é representada pelo processo logístico que envolve a produção e distribuição das produções de filmes e seriados para TV. Isso ocorre por ser um fenômeno que opera em larga escola.
	
	C
	Os meios de comunicação de massa na atualidade cumprem um papel muito ligado à esfera social de promover debates e mobilizar as pessoas, grupos e movimentos sociais em torno das questões da sustentabilidade.
	
	D
	A indústria cultural, isto é, a cultura em geral assumiu seu caráter crítico e inovador ao veicular conteúdos formativos e promover em escala digital e global momentos de esclarecimento.
	
	E
	A indústria cultural estreitou a relação entre os indivíduos e a cultura erudita, possibilitando que as massas tenham informação e formação. O povo agora pode adquirir diversos conhecimentos sobre a história, a sociedade e a política.
Questão 2/10 - Teoria e Prática em Sociologia Contemporânea
Analise o seguinte fragmento de texto:
“Do estruturalismo, Bourdieu rejeita a redução objetivista que nega a prática dos agentes e não se interessa senão pelas relações de coerção que eles impõem. Nega, igualmente, o determinismo e a estabilidade das estruturas, mas mantém a noção de que o sentido das ações mais pessoais e mais transparentes não pertence ao sujeito que as perfaz, senão ao sistema completo de relações nas quais e pelas quais elas se realizam”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: THIRY-CHERQUES, Hermano Roberto. Bourdieu: a teoria na prática. RAP. Rio de Janeiro, n. 40, v. 1, p. 27-55, jan./fev. 2006, p. 29. <http://www.scielo.br/pdf/rap/v40n1/v40n1a03.pdf>. Acesso em 25 abr. 2019.
Considerando a citação e os conteúdos do livro-base Teorias sociológicas e problemas sociais contemporâneos, sobre a posição diferenciada de Bourdieu em relação ao estruturalismo, assinale a alternativa que menciona corretamente o posicionamento desse autor:
Nota: 10.0
	
	A
	O estruturalismo explica as relações sociais pela indeterminação das estruturas sociais sobre o comportamento dos indivíduos, ao contrário do que defende Bourdieu.
	
	B
	Para Bourdieu, as estruturas sociais são reflexos dos constructos que permeiam as percepções, pensamentos e ações dos sujeitos.
Você acertou!
“No entanto, sua obra seguiu um viés diferente dos clássicos do estruturalismo ao discordar da objetividade distinta e independente das estruturas sociais. Em sua concepção, as estruturas sociais são reflexos dos constructos que permeiam as percepções, pensamentos e ações dos sujeitos. Dessa forma, sua teoria é crítica e reflexiva. As análises de Bourdieu colocam em relevo os aspectos ideológicos, reprodutivistas e de dominação que estão no bojo das condutas e das instituições. No limite, a sociologia de Bourdieu procura sair da tensão que coloca ciência neutra de um lado e ideologia política do outro, buscando, dessa forma, desvendar as estratégias de dominação que subjazem aos jogos sociais [...]” (livro-base, p. 100).
	
	C
	Segundo Bourdieu, o papel do cientista social é focar no fenômeno social enquanto estrutura objetiva, desconsiderando as subjetividades e as percepções dos indivíduos.
	
	D
	O processo social é estrutural, objetivo e determinante, na medida em que molda os indivíduos em seus processos de socialização, de acordo com Bourdieu, conforme o grupo a que pertencem.
	
	E
	A vida social é o resultado do conjunto das estruturas, grupos e organizações sociais. Os indivíduos são produzidos pela sociedade muito mais do que a produzem na visão de Pierre Bourdieu.
Questão 3/10 - Teoria e Prática em Sociologia Contemporânea
Considere o fragmento de texto:
“O individualismo metodológico weberiano, então, não expressa apenas um simples princípio constituinte da sociologia compreensiva, mas demonstra o rigor com o qual Weber adequa os meios e os fins em suas análises”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: OLIVEIRA, Carla Montefusco de. Método e sociologia em Weber: alguns conceitos fundamentais. Revista Eletrônica Inter-Legere, n. 3, jul./dez., 2008. p. 5. <https://periodicos.ufrn.br/interlegere/article/download/4751/3954/>. Acesso em 22 abr. 2019.
Considerando essas informações e os conteúdos do livro-base Teorias sociológicas e problemas sociais contemporâneos, sobre o individualismo metodológico de Max Weber, analise as afirmativas:
I.   A Sociologia compreensiva de Weber adota um caminho metodológico no qual se parte do indivíduo, das ações dos atores sociais, para compreender os fenômenos coletivos.
II.  O método de Weber está associado à construção de tipos ideais, um macroconceito capaz de oferecer parâmetros para pensar um objeto de estudo.
III. O individualismo metodológico como abordagem epistemológica na sociologia de Weber ficou restrito à análise conceitual das ações individuais, sem relação com a sociedade.
É correto o que se afirma em:
Nota: 10.0
	
	A
	I
	
	B
	I e III
	
	C
	III
	
	D
	II e III
	
	E
	I e II
Você acertou!
Comentário: A assertiva I é correta: “Essa abordagem weberiana da realidade social e humana ficou conhecida como individualismo metodológico, uma perspectiva que possibilita estabelecer diferenças e singularidades sobre a realidade estudada. Pesquisar é olhar para a realidade caótica, e descobrir que ela é fonte inesgotável de problemas e objetos a serem pesquisados. Cabe ao cientista social identificar sua temática e fazer um recorte de modo a constituir o problema que vai investigar. Assim, é evidente a necessidade de o cientista social esforçar-se para conduzir seu estudo de modo rigoroso e cônscio de que a neutralidade pura é impossível, entendendo que, ao constituir um objeto de pesquisa, estará, de certa forma, inventando-o [...]. A sociologia compreensiva de Weber adota um caminho metodológico no qual se parte do indivíduo, das ações dos atores sociais, para compreender os fenômenos coletivos” (livro-base, p. 49). A assertiva II é correta, pois “o método
Página1234