A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
72 pág.
Anatomia Médico Cirúrgica - CABEÇA PESCOÇO DE GRANDES ANIMAIS - Aula 2

Pré-visualização | Página 1 de 1

CABEÇA E PESCOÇO DE GRANDES ANIMAIS. 
Estruturas anatômicas da 
cabeça e pescoço com 
importância médico cirúrgica 
em grandes animais 
 Cabeça 
◦ Olhos; 
◦ Anexos oculares 
◦ Mucosas; 
◦ Boca; 
◦ Dentes; 
◦ Orelha; 
◦ Narinas; 
https://www.vetarq.com.br/ 
https://www.vetarq.com.br/
 I – Nervo olfatório 
 II – Nervo óptico 
 III – Nervo 
Oculomotor 
 IV – Troclear 
 V – Trigêmio 
 VI – Abducente 
 VII – Facial 
 VIII – 
Vestibulococlear 
 IX – Glossofaríngeo 
 X – Vago 
 XI – Acessório 
 XII - Hipoglosso 
 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
LOCALIZAÇÃO 
 1 cm dorso-lateral a 
comissura medial do 
olho junto a 
protuberância óssea 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
 Emergência do forame 
supraorbitário 
 
 Dorsal a pálpebra 
superior 
 
 Processo zigomático do 
osso frontal 
 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
 Emergência do forame supraorbitário 
 Dorsal a pálpebra superior 
 Processo zigomático do osso frontal 
 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
 Borda da cavidade orbitaria ventral, próximo a pálpebra inferior ‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
 Anestesia ramo horizontal da mandíbula 
 Linha dos dentes e linha na comissura lateral do olho 
 – intersecção – emergência do forame mandibular 
 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
‪FONTE: STELIO LUNA‪ 
Unesp Botucatu 
‪ 
 Forame infraorbitário 
 
 Forame supraorbitário 
 
 Forame mentoniano 
 
 Forame mandibular 
 Frontal 
 Maxilar caudal 
 Maxilar rostral 
 
 Sem comunicação do lado direito e esquerdo 
 Trepanação 
◦ Diagnóstico e tratamento 
 Sinusite 
◦ Secreção nasal muco-purulenta unilateral 
◦ Assimetria da face 
◦ Infecções do trato respiratório superior 
◦ Traumas, neoplasias, granulomas fúngicos 
◦ Secundária a distúrbios dentais 
 Intima associação entre seio maxilar e as raízes dos 
dentes 
 Acesso de material alimentar a cavidade sinusal 
 
A. Frontal 
Dorsal e medial a órbita 
Comunica-se com o maxilar caudal 
Direito não se comunica com o esquerdo 
 
B. Maxilar caudal 
Rostral e ventral a órbita 
Septo incompleto divide maxilar caudal e ventral 
Comunica-se: meato nasal ventral pela abertura 
nasomaxiliar 
Comunicação com os molares 
 
C. Maxilar rostral 
Rostral e ventral a órbita 
Septo incompleto divide maxilar caudal e ventral 
Comunica-s:e meato nasal ventral pela abertura 
nasomaxiliar 
Comunicação com os molares 
 
 
 Cavalo em estação ou anestesia geral 
 Incisão de 0.5 a 1.0 cm na pele, exposição do 
periósteo 
 Trepanação 
◦ furadeira e broca ou de um trépano 
 Espessura do osso apenas de poucos 
milímetros 
 
 Anatomia 
 2 compartmentos 
 Volume: 300 to 500 mL 
50 
LATERAL 
MEDIAL 
LATERAL 
MEDIAL 
STYLOHYOID 
 Endoscopia: 
◦ Aberturas da 
bolsa gutural 
51 
 Bolsa gutural direita e esquerda 
◦ Não se comunicam 
 Dividida entre compartimento medial e lateral 
pelo osso estilohioideo 
 
 
 TRATAMENTO: 
◦ Fenestração da parede medial: 
 Endoscopia a laser 
 Criar abertura entre as bolsas guturais 
 
55 
59 
60 
 TRATAMENTO: 
◦ Remoção via acesso ventral na bolsa gutural: 
 
 Triângulo de Viborg 
 
8/20/2020 61 
62 
Delimitações 
 Borda caudal do ramo da mandíbula 
 Face dorsal do tendão do músculo esternomandibular 
 Veia linguofacial 
 
 Decúbito lateral direito ou 
esquerdo 
 
 Incisão da pele paralela e 
dorsal a veia linguofacial 
 
 Tecido subcutâneo 
 
 Visualização da bolsa gutural 
 
 Abertura da bolsa gutural 
◦ Pinçar a membrana bolsa gutural 
◦ Tesoura 
 
 CUIDADO com as estruturas 
◦ Glândula parótida e ducto 
◦ Veia linguofacial 
◦ Ramos nervo vago assoalho da 
bolsa gutural 
64 
 Veia jugular externa 
 Região ventral do pescoço 
 Groove 
 Coleta mais segura na metade superior 
◦ Músculo entre a veia e a carótida 
◦ Omohyoideus 
 Artéria carótida comum 
 Venopunção de Veia Jugular 
Cuidado: Medicação em artéria – choque anafilático 
Fotos: Ernande Ravaglia. 
Veia jugular 
externa 
Artéria carótida 
comum 
Fotos: Fernando A. Batista 
Sinais - dependem da localização da lesão 
AURICULAR 
PALPEBRAL 
BUCAL 
 Juntos – núcleo (ponte) ou Separados 
 
• RAMOS BUCAIS 
 Mais expostos 
sobre o ramo da 
mandíbula e o 
músculo masséter 
CABRESTO 
Veterinary Neuroanatomy and Clinical Neurology 
Book 
 Bloqueio do nervo cornual 
◦ Agulha (4 a 5 cm, espessura 18) inserida através da pele entre o 
canto lateral do olho e a base do corno 
◦ Agulha direcionada através do musculo frontal. Injetar anestésico 
em “forma de leque” 
◦ Direcionar agulha subcutaneamente até base do corno e injetar 2 
a 3 m de anestésico local