A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
EXERCICIO Metodologia Científica

Pré-visualização | Página 2 de 2

a força de nossos questionamentos seria destinada mais a um trabalho interno bem feito e, somente então, poder lidar mais honestamente com o pensamento alheio. A essa altura do campeonato, porém, é desnecessário dizer que isso é apenas uma possibilidade de entendimento entre tantas.
.
Exercício de fixação_14
	Iniciado em
	quinta, 7 Nov 2019, 10:14
	Estado
	Finalizada
	Concluída em
	quinta, 7 Nov 2019, 10:14
	Tempo empregado
	23 segundos
	Comentários
	
Parte superior do formulário
Questão 1
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
Sobre o contexto histórico e filosófico de surgimento do tema da tolerância, é possível afirmar que:
Escolha uma:
a. O tema surge através da obra “Tratado sobre tolerância”, de Voltaire.
b. Surge em parte como resposta ao contexto pluralista incipiente na modernidade, embora também como instrumento político. 
c. As guerras de religião dos séculos XVI e XVII marcaram o fim da discussão sobre tolerância, iniciada no período renascentista.
d. Enquanto “apanágio da humanidade”, tem sido discutida ao longo da história; os filósofos gregos já debatiam o problema da tolerância.
Feedback
Sua resposta está correta.
RESPOSTA DO PROFESSOR: A informação da alternativa correta, letra ‘b’, encontra-se logo no início do tópico 2.1. Todas as demais são afirmações falaciosas em relação ao conteúdo estudado.
A resposta correta é: Surge em parte como resposta ao contexto pluralista incipiente na modernidade, embora também como instrumento político..
Exercício de aplicação_15
	Iniciado em
	quinta, 7 Nov 2019, 10:16
	Estado
	Finalizada
	Concluída em
	quinta, 7 Nov 2019, 10:16
	Tempo empregado
	10 segundos
	Comentários
	
Parte superior do formulário
Questão 1
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
O apóstolo Paulo, escrevendo aos Romanos 8.1-8, disse:
1 Aceitem os que são fracos na fé e não discutam sobre as opiniões deles acerca do que é certo ou errado. 2 Por exemplo, um irmão crê que não é errado comer qualquer coisa. Outro, porém, que é mais fraco, come somente legumes e verduras. 3 Quem se sente à vontade para comer de tudo não deve desprezar quem não o faz. E quem não come certos alimentos não deve condenar quem o faz, pois Deus os aceitou. 4 Quem são vocês para condenar os servos de outra pessoa? O senhor deles julgará se estão em pé ou se caíram. E, com a ajuda de Deus, ficarão em pé e receberão a aprovação dele. 5 Da mesma forma, há quem considere um dia mais sagrado que outro, enquanto outros acreditam que todos os dias são iguais. Cada um deve estar plenamente convicto do que faz. 6 Quem adora a Deus num dia especial o faz para honrá-lo. Quem come qualquer tipo de alimento também o faz para honrar o Senhor, uma vez que dá graças a Deus antes de comer. E quem se recusa a comer certos alimentos deseja, igualmente, agradar ao Senhor e por isso dá graças a Deus. 7 Pois não vivemos nem morremos para nós mesmos. 8 Se vivemos, é para honrar o Senhor. E, se morremos, é para honrar o Senhor. Portanto, quer vivamos, quer morramos, pertencemos ao Senhor. (NVT)
De acordo com o texto acima, onde estão as bases para a construção de uma cultura de respeito, diálogo e tolerância, a começar pela comunidade de fé?
Escolha uma:
a. Na consistência das opiniões pessoais sobre o que é certo e o que é errado.
b. Na unidade entre homogêneos, os mais fracos entre si e os mais fortes entre si.
c. Na constatação de que, no fim das contas, ninguém vive ou morre apenas para si mesmo, mas o faz no Senhor, que é Senhor de todos/as.
d. Na indiferença para com os modos de ser, crer e pensar do outro.
Feedback
Sua resposta está correta.
RESPOSTA DO PROFESSOR: A resposta correta é a ‘d’, pois claramente é o ponto culminante da reflexão de Paulo sobre como pessoas que pensam ‘x’ e pessoas que compreendem ‘y’, fortes e fracos na fé, deveriam se tratar na comunidade. Ou seja, não se julgando mais ou menos importantes porque pensam ‘x’ ou porque deixam de fazer ‘y’, mas como parte de uma comunidade de diferentes, com um elemento em comum: todos devem viver para agradar ao Senhor e fazer sua Vontade, dando graças a Ele. Nenhum preceito ‘x’ ou modo de fazer ‘y’ deveria ser mais fundamental que isso.
A resposta correta é: Na constatação de que, no fim das contas, ninguém vive ou morre apenas para si mesmo, mas o faz no Senhor, que é Senhor de todos/as.
.
Parte inferior do formulário
Parte inferior do formulário