A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
28 pág.
Aula filosofia da educação - 3 Uniasselvi

Pré-visualização | Página 1 de 1

FILOSOFIA
Unidade III
Prof. Marcelo
BEM E O MAL
Tecnologia e Ser Humano
De onde viemos
Onde estamos?
Para onde vamos?
Pessimistas
Perderemos a privacidade, o emprego, a saúde a 
tranqüilidade
Otimistas
Caminhamos para uma sociedade que 
gradativamente substituirá o trabalho desumano 
pelas máquinas, promovendo assim um beme 
estar social
TRABALHO – ALIENAÇÃO OU HUMANIZAÇÃO
Trabalho lembra algo árduo, difícil, sofrido 
e nunca algo feito com prazer
Latim = Tripalium ( instrumento de tortura 
– Animais e escravos)
• Início cada um numa determinada tribo tinha 
as função social. Não visava o LUCRO.
• Gregos – Trabalho braçal era uma atividade 
degradante. Cidadãos livres dedicavam a 
reflexão
• Idade Média – Influencia cristã. Quem não
trabalha não deve comer.
Trabalho = purificar mente e disciplinar corpo
Idade Moderna – Capitalismo (LUCRO),
máquinas ferramentas, terras.
Grupos –Trabalhador e capitalista ( dono dos meios de produção)
Século XVIII – Revolução Industrial
Máquinas substituem HOMEM
Por que as Pessoas Trabalham?
Karl Marx- Forma que o homem encontrou de satisfazer suas necessidades
básicas.
• Troca do Salário
• Ajudar os outros
• Manter relações sociais
• Coação direta
• Status social
• Hábito
• Divertir-se
• Fugir do tédio
Alienação
Produto de seu trabalho – O produto do seu trabalho não o pertence
Atividade de seu trabalho- O trabalho deixa de ser do operário
Vida da Espécie – Sente-se como um animal
Relação aos demais homens – Homem alienado com relação ao outro
Cidadania
Universal ou particular
1 Única para todas as pessoas
2 Singular, vida privada
DIMENSÕES
Política – Participação efetiva da escolha de seus 
representantes
Social – Direitos sociais (saúde , educação)
Civil – Direito a igualdade
Ex: Mandela e Gandhi
Paradigmas
Modelo ou um exemplo
Qual devemos seguir?
Qual o correto?
• Resumindo – Tudo aquilo que uma
comunidade partilham. Inversamente uma
comunidade cientifica consiste em homens
que partilham um paradigma.
Paradigma que passa por etapas
Ciência normal - Investigação e não vê a necessidade
Anomalias – Surge quando um paradigma entra em crise.
Ciência Extraordinária – Quando a crise significa uma
emergência de um novo paradigma.
Paradigma em transição
Novo Paradigma - Luta pela imposição de um novo paradigma.
Volta o ciclo...
Paradigma em transição
PARADIGMA DA PESQUISA CIENTÍFICA E A EDUCAÇÃO
 POSITIVISMO – Método rigoroso em busca das leis 
gerais que regem os fatos.
 Características:
Realidade, certeza, utilidade, precisão, metodologia, 
neutralidade e realidade
FENOMENOLOGIA
Observação e descrição do fenômeno.
Características:
Realidade
Intencionalidade
Consciência
Objeto
Representação
experiência
DIALÈTICA
A dialética pode ser descrita como a arte do diálogo
.
Uma discussão na qual há contraposição de idéias, 
onde uma tese é defendida e contradita logo em 
seguida; uma espécie de debate. Sendo ao mesmo 
tempo, uma discussão onde é possível divisar e 
defender com clareza os conceitos envolvidos.
HOLISTÍCA
do grego holos que significa inteiro ou todo) é 
a ideia de que as propriedades de um sistema, quer 
se trate de seres humanos ou outros organismos, não 
podem ser explicadas apenas pela soma dos seus 
componentes. O sistema como um todo determina 
como se comportam as partes.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ideia
http://pt.wikipedia.org/wiki/Propriedade
http://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema
http://pt.wikipedia.org/wiki/Soma
EDUCAR PARA PENSAR