Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
24 pág.
CURSO ONLINE PARASITO

Pré-visualização | Página 1 de 6

PARASITOLOGIA CLÍNICA – ESTUDE SEM FRONTEIRAS 
 
 
1 - Os protozoários são unicelulares e encontram-se subdivididos em quatro 
grupos. Quais são eles? 
 
a) Sarcodina, Metazoa, Sporozoa e Cestoda. 
b) Protozoa, Metazoa, Platyhelminthes e Nemathelminthes. 
c) Sarcodina, Sporozoa, Mastigophora e Ciliata. 
d) Trematoda, Cestoda, Ciliata e Sarcodina. 
e) Protozoa, Metazoa, Sarcodina e Ciliata. 
 
2 - Com relação às formas parasitárias, marque a reposta INCORRETA. 
a) Trofozoíto é uma forma móvel que se alimenta e se reproduz envolto por uma 
membrana celular flexível. 
b) Cisto é uma forma não móvel que sobrevive bem no meio ambiente. 
c) Promastigotas ou tripomastigotas não apresentam flagelos e amastigostas 
apresentam flagelos. 
d) A forma larval se desenvolve na forma adulta que produz ovos. 
e) O ovo contém um embrião que gera a forma larval. 
 
3 - Contagens elevadas de eosinófilos ocorrem em infecções causadas por: 
 
a) Ascaris, Strongyloides e Necator. 
b) Toxocara, Trichina e Trypanosoma. 
c) Schistosoma, Necator e Leishmania. 
d) Ancylostoma, Toxocara e Trypanosoma. 
e) Ascaris, Leishmania e Trichina. 
 
4 - Com relação ao local de infecção do parasita, é correto afirmar: 
a) Taenia solium, Trichomonas vaginalis e Cryptosporidium parvum causam 
infecções intestinais. 
b) Wuchereria bancrofti e Shistosoma mansoni causam infecções teciduais. 
c) Taenia saginata e Shistosoma mansoni causam infecções intestinais. 
d) Entamoeba histolytica e Toxoplasma gondii causam infecções no sangue e nos 
tecidos. 
e) Plasmodium falciparum, Trypanosoma cruzi e Enterobius vermiculares causam 
infecções no sangue e nos tecidos. 
 
 
5 - Com relação às alternativas abaixo, marque a resposta correta. 
a) Protozoários são seres multicelulares. 
b) O cisto é uma forma móvel, assim como o trofozoíto. 
c) Leishmania e Trypanosoma possuem apenas formas com flagelos, que podem 
ser promastigotas ou tripomastigotas. 
d) Um hospedeiro definitivo apresenta ciclo sexuado ou parasito adulto. Um 
hospedeiro intermediário apresenta ciclo assexuado ou larva. 
e) A diminuição na contagem de eosinófilos está associada a várias infecções 
helmínticas. 
6 - Com relação à tricomoníase: 
a) Os trofozoítos causam diarreia crônica. 
b) A transmissão é sexual. 
c) Giardia lamblia é o parasita causador da doença. 
d) Os trofozoítos causam anemia. 
e) A transmissão é fecal-oral. 
7 - Com relação à teníase: 
a) É uma doença que desenvolve a cisticercose. 
b) Ocorre no sangue e nos tecidos. 
c) Causada pelo consumo de peixe cru contaminado por larvas. 
d) Taenia solium e Taenia saginata são cestódeos que causam essa doença. 
e) Os sintomas mais comuns são: cefaleia, diarreia e tosse crônica. 
8 - Associe o nome do parasita à doença que ele causa: 
a) Wuchereria bancrofti – filariose 
b) Leishmania tropica– malária 
c) Ascaris lumbricoides – ancilostomíase 
d) Trypanosoma cruzi – doença do sono 
e) Trichuris trichiura – meningite eosinofílica 
9 - As doenças parasitárias causadas por helmintos no trato intestinal podem 
ocorrer tanto por nematelmintos como por platelmintos. A presença de parasitas 
no trato intestinal pode causar várias alterações e sintomas no hospedeiro. 
Marque a opção INCORRETA. 
a) O Diphyllobothrium latum causa deficiência de vitamina B12. 
b) O Enterobius vermiculares causa prurido perianal. 
c) O Trichuris trichiura pode causar prolapso retal. 
d) O cisticerco de Taenia solium no encéfalo pode causar convulsão. 
e) O Paragonimus westermani causa diarreia crônica. 
10 - A manifestação clínica de uma doença parasitária depende de alguns fatores 
inerentes ao parasita e ao hospedeiro. São exemplos de fatores inerentes ao 
parasita e ao hospedeiro, respectivamente: 
a) Idade do parasita e imunidade do hospedeiro. 
b) Virulência do parasita e gênero do hospedeiro. 
c) Número de exemplares do parasita e imunidade do hospedeiro. 
d) Imunidade do parasita e do hospedeiro. 
e) Idade do parasita e doenças intercorrentes do hospedeiro. 
11 - Com relação ao ciclo de vida do Trypanosoma brucei, é incorreto afirmar: 
a) A mosca-tsé-tsé é o vetor. 
b) Em humanos, as tripomastigotas multiplicam-se por fissão binária. 
c) A mosca-tsé-tsé se contamina ao sugar sangue de humanos que contêm 
tripomastigotas na corrente sanguínea. 
d) O estágio infectante ocorre por epimastigotas. 
e) No estágio que ocorre na mosca-tsé-tsé, as tripomastigotas transformam-se 
em: tripomastigotas procíclicos, epimastigotas e tripomastigotas metacíclicos. 
12 - O modo de transmissão das parasitoses ocorre de diversas maneiras, 
depende do ciclo de vida de cada parasita. Indique o modo de transmissão 
correto que ocorre nas seguintes espécies: 
a) Giardia lamblia – sexual 
b) Toxoplasma gondii – barbeiro 
c) Plasmodium – mosquito Anopheles 
d) Entamoeba histolytica – inalação 
e) Ascaris lumbricoides – mosca-tsé-tsé 
13 - Identifique a resposta INCORRETA, de acordo com o hospedeiro definitivo e 
intermediário de cada doença: 
a) Na teníase, o homem é o hospedeiro definitivo e o porco ou gado é o 
hospedeiro intermediário. 
b) Na esquistossomose, o homem é o hospedeiro definitivo e o caramujo é o 
hospedeiro intermediário. 
c) Na filariose, o homem é o hospedeiro definitivo e o mosquito é o hospedeiro 
intermediário. 
d) Na enterobiose, o homem é hospedeiro definitivo e o mosquito é o hospedeiro 
intermediário. 
e) Na equinococose, o hospedeiro definitivo são os cães e o hospedeiro 
intermediário são ovelhas, cabritos ou porcos. 
14 - No ciclo de vida do Trypanosoma cruzi, causador da Doença de Chagas: 
a) O barbeiro é o inseto responsável por infectar o homem com tripomastigota 
metacíclico. 
b) No estágio que ocorre em humanos, amastigotas formam-se nos fluidos 
corporais. 
c) O barbeiro é infectado ao sugar sangue, ingerindo epimastigotas. 
d) O barbeiro infecta o homem através da saliva que contém tripomastigotas 
metacíclicos. 
e) No estágio infectante, tripomastigotas metacíclicos entram na pele somente 
pela ferida da picada. 
15 - No ciclo de vida da esquistossomose: 
a) Ocorre pelas espécies de Plasmodium. 
b) As cercárias infectam humanos pela penetração na pele. 
c) O caramujo é infectado por cercárias. 
d) Os vermes adultos são eliminados pelo homem através das fezes ou da urina. 
e) Os ovos eclodem na água doce, liberando cercárias que penetram no 
caramujo. 
16 - Quando há uma subespécie descrita em um nome de um parasita, como 
esta deve ser apresentada? 
a) Pediculus Humanus corporis. 
b) Pediculus (Humanus) corporis. 
c) Pediculus humanus (corporis). 
d) Pediculus humanus corporis. 
e) Pediculus humanus corporis. 
17- Na designação do nome de doenças, algumas formas são consideradas 
consagradas na forma da escrita. Quais são? 
a) Amebíase, ascaridíase e toxoplasmose. 
b) Cisticercose, hidatidose e ancilostomíase. 
c) Teníase, toxoplasmose e amebíase. 
d) Teníase, ascaridíase e cisticercose. 
e) Hidatidose, toxoplasmose e ascaridíase. 
18 - Em qual alternativa aparece um parasita com subgênero e escrito da forma 
CORRETA? 
a) Trypanosoma brucei gambiense. 
b) Leishmania (Leishmani mexicana. 
c) Leishmania viannia braziliensis. 
d) Pediculus humanus corporis. 
e) Trypanosoma brucei rhodesiense. 
19 - Com relação à designação de escrita das doenças causadas por parasitas: 
a) Podem ser escritas tanto com o sufixo –íase ou –ose, embora algumas 
doenças apresentam a forma de escrita consagrada. 
b) Preconiza-se o uso do sufixo –íase. 
c) Preconiza-se o uso do sufixo –ose. 
d) Podem ser escritas tanto com o sufixo –íase ou –ose. Não há preferência. 
e) Podem ser escritas tanto com o sufixo –ase ou –ose. Não há preferência. 
20 - A designação das doenças conforme o livro base de estudo de Warren, 2014 
é: 
a) Infecção causada por Toxoplasma gondii: toxoplasmíase. 
b) Infecção causada por Wuchereria bancroft: filaríase. 
c) Infecção causada pela Entamoeba histolytica: amebíase. 
d) Infecção causada por Giardia lamblia: giardose. 
e) Infecção causada por
Página123456