A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
152 pág.
Técnicas de Medição

Pré-visualização | Página 1 de 31

2015
Técnicas de Medição
Profa. Fernanda Caroline Jaques
Copyright © UNIASSELVI 2015
Elaboração:
Profa. Fernanda Caroline Jaques
Revisão, Diagramação e Produção:
Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI
Ficha catalográfica elaborada na fonte pela Biblioteca Dante Alighieri 
UNIASSELVI – Indaial.
389.005
J36t Jaques, Fernanda
 Técnicas de medição/ Fernanda Jaques. Indaial : 
UNIASSELVI, 2015.
 142 p. : il.
 
 ISBN 978-85-7830-936-7
 
1. Metrologia. I. Centro Universitário Leonardo Da Vinci.
Impresso por:
III
apresenTação
Como saber se algo vai bem ou vai mal? Como avaliar se as condições 
de trabalho são adequadas? Como podemos propor melhoria sem conhecer 
de fato, sem quantificar? São essas e outras perguntas que responderemos ao 
longo dos estudos desta disciplina.
A segurança do trabalho é uma ciência prevencionista em sua origem, 
e ela busca sempre proporcionar melhorias para que as condições saudáveis 
de trabalho sejam mantidas, ou, se necessário, sejam melhoradas.
Entenderemos por que a importância de um caderno de técnicas 
de medição; entenderemos qual o objetivo de se medir alguma coisa; 
conheceremos as áreas da segurança do trabalho que utilizam as medições 
diretas, além dos agentes que são avaliados nas formas qualitativa e 
quantitativa.
Ao longo dessa disciplina cada agente será apresentado, um a um, 
às normas que são aplicáveis a eles e quais os quesitos mais importantes a 
considerar para determinação da exposição ocupacional do trabalhador.
Só com a disseminação do conhecimento é possível melhorar 
categoricamente o atendimento a quesitos legais e proporcionar melhores 
condições de trabalho aos trabalhadores. 
Fernanda Caroline Jaques
IV
Você já me conhece das outras disciplinas? Não? É calouro? Enfim, tanto
para você que está chegando agora à UNIASSELVI quanto para você que já é veterano, há 
novidades em nosso material.
Na Educação a Distância, o livro impresso, entregue a todos os acadêmicos desde 2005, é 
o material base da disciplina. A partir de 2017, nossos livros estão de visual novo, com um 
formato mais prático, que cabe na bolsa e facilita a leitura. 
O conteúdo continua na íntegra, mas a estrutura interna foi aperfeiçoada com nova 
diagramação no texto, aproveitando ao máximo o espaço da página, o que também 
contribui para diminuir a extração de árvores para produção de folhas de papel, por 
exemplo.
Assim, a UNIASSELVI, preocupando-se com o impacto de nossas ações sobre o ambiente, 
apresenta também este livro no formato digital. Assim, você, acadêmico, tem a possibilidade 
de estudá-lo com versatilidade nas telas do celular, tablet ou computador. 
 
Eu mesmo, UNI, ganhei um novo layout, você me verá frequentemente e surgirei para 
apresentar dicas de vídeos e outras fontes de conhecimento que complementam o 
assunto em questão. 
Todos esses ajustes foram pensados a partir de relatos que recebemos nas pesquisas 
institucionais sobre os materiais impressos, para que você, nossa maior prioridade, possa 
continuar seus estudos com um material de qualidade.
Aproveito o momento para convidá-lo para um bate-papo sobre o Exame Nacional de 
Desempenho de Estudantes – ENADE. 
 
Bons estudos!
UNI
V
VI
VII
suMário
UNIDADE 1 - ENTENDENDO O QUE É MEDIÇÃO ................................................................... 1
TÓPICO 1 - CONCEITO ...................................................................................................................... 3
1 INTRODUÇÃO .................................................................................................................................. 3
2 O QUE É MEDIÇÃO E PARA QUE SERVE .................................................................................. 3
RESUMO DO TÓPICO 1..................................................................................................................... 7
AUTOATIVIDADE .............................................................................................................................. 8
TÓPICO 2 - MEDIÇÃO EM SEGURANÇA DO TRABALHO ................................................... 9
1 INTRODUÇÃO .................................................................................................................................. 9
2 RISCOS OCUPACIONAIS QUE ENVOLVEM TÉCNICAS DE MEDIÇÃO ......................... 9
3 MEDIR X AVALIAR .......................................................................................................................... 12
4 MEDIÇÕES EM HIGIENE OCUPACIONAL............................................................................... 13
4.1 MEDIÇÕES EM ERGONOMIA ........................................................................................... 14
RESUMO DO TÓPICO 2..................................................................................................................... 15
AUTOATIVIDADE .............................................................................................................................. 16
TÓPICO 3 - AMOSTRAGEM ............................................................................................................. 17
1 INTRODUÇÃO .................................................................................................................................. 17
2 AVALIAÇÃO DO RISCO ................................................................................................................. 17
3 PREPARAÇÃO PRELIMINAR AO PROCESSO DE AVALIAÇÃO ......................................... 19
4 ELABORAÇÃO DO GRUPO HOMOGÊNEO DE EXPOSIÇÃO – GHE ................................ 21
5 ESTRATÉGIAS DE AMOSTRAGEM ............................................................................................ 22
LEITURA COMPLEMENTAR ............................................................................................................ 26
RESUMO DO TÓPICO 3..................................................................................................................... 31
AUTOATIVIDADE .............................................................................................................................. 32
TÓPICO 4 - PRIMEIROS PASSOS PARA A AMOSTRAGEM .................................................. 33
1 INTRODUÇÃO .................................................................................................................................. 33
2 RESULTADOS DA MEDIÇÃO – LIMITE DE TOLERÂNCIA ................................................. 33
3 PARA QUE SERVEM OS RESULTADOS? ................................................................................... 35
LEITURA COMPLEMENTAR ............................................................................................................ 37
RESUMO DO TÓPICO 4..................................................................................................................... 39
AUTOATIVIDADE .............................................................................................................................. 40
UNIDADE 2 - TÉCNICAS DE MEDIÇÃO PARA AGENTES FÍSICOS 
 E ERGONÔMICOS ................................................................................................... 41
TÓPICO 1 - INTRODUÇÃO À AVALIAÇÃO DOS AGENTES FÍSICOS ................................ 43
1 INTRODUÇÃO .................................................................................................................................. 43
2 AGENTES FÍSICOS AVALIADOS QUALITATIVAMENTE .................................................... 44
3 AGENTE BIOLÓGICOS ................................................................................................................... 44
3.1 INSALUBRIDADE DE GRAU MÁXIMO ........................................................................

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.