A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Introdução à Prótese Fixa

Pré-visualização | Página 1 de 1

Introdução à Prótese Fixa 
Fixas (unitárias) ou “ponte fixa”: 
dispositivo que substitui 
elementos dentários perdidos, 
com uma durabilidade em 
cerca de 30 anos, dependendo, 
também, do estilo de vida que 
o paciente leva. 
Tipos de prótese 
- Inlays: sem envolvimento de 
cúspide; 
- Onlays: acomete cúspides; 
- Crowns: acometimento total 
da coroa; 
Dispositivo usado como apoio 
em outros dentes. 
Também usada como 
provisório. 
Armação metálica que vai 
suprir os elementos dentários 
perdidos. 
Prótese Total sustentada 
com um dispositivo 
metálico. 
Princípios 
PRÓTESE: aparelho utilizado em substituição 
aos dentes ausentes que podem ser fixas 
ou retiradas e recolocadas na boca. 
 
 
 
 
História e avanço das próteses dentárias 
Surgimento e aprimoramento de novos 
materiais, instrumentos e técnicas, 
determinam hoje os preparos dentais 
necessários para reabilitação oral. 
 
O que é um Preparo Dental? 
“Desgaste seletivo de esmalte e/ou dentina 
com forma, tamanho e extensão pré-
determinada, através de um planejamento 
pré-estabelecido, com uso de materiais e de 
instrumentais específicos. Com o objetivo de 
criar um espaço adequado para a 
restauração individual e retentora de 
prótese fixa ou removível”. 
 
 
Princípios Fundamentais 
 
 
Requisitos mecânicos 
o Retenção; 
o Estabilidade; 
o Rigidez estrutural; 
o Integridade marginal; 
 
 
1. Retenção Friccional: a retenção 
depende basicamente do contato 
existente entre as 
superfícies internas 
da restauração e as 
externas do dente 
preparado. Isto é 
denominado retenção friccional. 
Mecânicos 
Biológicos 
Estéticos 
Necessita do conhecimento e da 
habilidade do cirurgião-dentista para sua 
confecção e ajuste. 
PARALELISMO DAS PAREDES AXIAIS 
 
 
2. Estabilidade: a forma de resistência 
ou estabilidade conferida ao preparo 
previne deslocamento quando 
submetida a forças obliquas, que 
podem provocar rotação da 
restauração. 
o Existem diversos fatores diretamente 
relacionados com a forma de 
resistência do preparo: 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Solução: Sulcos, Caneletas ou Pinos (em 
dentes mais circulares).. 
Resumo 
 
 resistência à 3. Rigidez Estrutural: 
possível deformação plástica ou 
permanente durante função. 
 
 
 
 4. Integridade Marginal: 
o objetivo básico de 
toda restauração 
cimentada é estar 
bem adaptada e 
com uma linha 
mínima de cimento, 
para que a prótese possa 
permanecer em função o maior 
tempo possível, num ambiente 
desfavorável, que é a boca. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
- Magnitude e direção da força; 
- Relação altura/largura do preparo; 
- Integridade do dente preparado; 
“Quanto maior a área de 
superfície, maior a retenção 
da peça, no entanto, se o seu 
diâmetro for menor que o 
seu comprimento sua 
estabilidade estará diminuída.” 
ESTABILIDADE 
PARALELISMO 
•Quanto maior, 
maior a 
retenção e a 
estabilidade; 
ÁREA DE 
SUPERFÍCIE 
•Quanto maior, 
maior a 
retenção; 
ALTURA 
•Quanto maior, 
maior a 
retenção e a 
estabilidad, 
mas quanto 
mais alto, mais 
cônico 
SULCOS, 
CANALETAS E 
PINOS 
•Aumenta a 
estabilidade e 
secundariamen
te a retenção; 
1. Ombro ou degrau; 
2. Chanfro; 
3. Ombro reto; 
4. Ombro biselado; 
5. Lâmina de faca; 
Utilizamos mais o chanfro ou ombro/degrau – a broca 
já dar o formato. 
Lâmina de faca: mais utilizado em coroas todas 
metálicas. 
Requisitos Biológicos 
 1. Preservação do órgão pulpar: 
o Qualidade das brocas; 
o Qualidade das turbinas de 
alta rotação; 
o Quantidade de dentina 
remanescente; 
o Permeabilidade dentinária; 
 2. Preservação da saúde 
periodontal: 
o Higiene oral; 
o Forma; 
o Contorno; 
o Espaço biológico; 
 
 
 
 
 
 
 
 
 3. Indicações término subgengival: 
o Razões estéticas com o objetivo de 
mascarar a cinta metálica; 
o Presença de cárie que se estendam 
para dentro do sulco gengival; 
o Presença de fraturas que terminam 
subgengivalmente; 
o Razões mecânicas aplicadas, 
geralmente aos dentes curtos; 
Requisitos Estéticos 
Fornecer prótese que mimetize o elemento 
dentário. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
CUIDADOS DURANTE: 
- Preparo; 
- Afastamento gengival;