A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Sistema Renal

Pré-visualização | Página 1 de 1

Aspectos Gerais Da Função Renal 
 ​ Funções dos Rins 
-Regula o volume de água do organismo; 
-Controla o balanço eletrolítico; 
-Regula o equilíbrio ácido-base; 
-Conservação de nutrientes; 
-Excreção de resíduos metabólicos; 
-Regulação hemodinâmica sistêmica; 
-Regulação da Pressão arterial; 
-Participação na produção de hemácias; 
-Secreção, metabolismo e excreção de hormônios; 
-Gliconeogênese. 
 ​ Função endócrina  
O rim é responsável por ​secretar renina​, substância 
ativadora do sistema renina-angiotensina. A renina 
converte angiotensinogênio em ang I que é convertida 
em ​ang II​ pela enzima conversora de 
angiotensina(ECA). A ang II atua sobre o rim 
estimulando a troca de Na+-H+​ no túbulo proximal 
renal e ​aumenta a reabsorção de Na+ e HCO³​ e nas 
arteríolas causando vasoconstrição 
 ​ ​Anatomia dos Rins 
- ​É formado por córtex renal, Medula renal, 
constituída por pirâmides, que são envolvidas por 
cálices, que juntam-se a pelve renal, responsável por 
coletar a urina liberada nas pontas das pirâmides e 
levar ao ureter. 
 
 ​ ​Circulação renal 
- ​Se inicia na ​artéria renal​, entra pelo​ hilo​, 
dividindo-se em ​artérias interlobares e arqueadas​. 
Delas se originam as artérias interlobulares, e delas 
partem as ​arteríolas aferentes dos glomérulos renais 
(responsáveis pela ultrafiltração do sangue). Essas 
arteríolas dão início aos ​capilares peritubulares​, que 
irrigam os ​túbulos renais​ e originam as ​vênulas e veias 
renais. Os capilares são importantes no sistema 
contracorrente da medula renal, responsável pela 
concentração urinária e formação da urina 
hipertónica.   
   
 ​ ​Néfrons 
-No ​glomérulo​ ocorre o processo de ​ultrafiltração, 
depois o ultrafiltrado penetra no ​túbulo contorcido 
proximal​ e segue a parte reta do túbulo proximal, que 
se aprofunda a ​medula renal​. Essa parte integra a ​alça 
de henle​(importante na geração da ​hipertonicidade 
urinária​), segue ao ​ramo descendente delgado​. Após 
se inicia o​ ramo ascendente delgado​, seguido pelo 
ramo ascendente grosso​. E se aproxima novamente do 
GR, onde há a ​mácula densa​ (​detector de variações da 
concentração​ iônica do lúmen tubular- regula a 
reabsorção de sal). De volta ao córtex, se inicia o 
túbulo contorcido distal​, seguindo o ​túbulo conector​. 
Depois começa o ​ducto coletor cortical​, formado pela 
junção de néfrons. Segue-se o ​ducto coletor medular 
interno e externo, sendo ​levado a bexiga. 
 
 
 ​Demais informações 
-​Em ​hipóxia tecidual​, o rim produz ​eritropoetina​, que 
estimula a formação de ​eritrócitos​ (transportam O²). 
-​A vitamina D², sem função biológica, e D³, 
desativada, são ativadas no túbulo proximal pela  
1a hidroxilase. 
-A Arginina-vasopressina (​ADH)​ hormônio 
antidiurético, atua diretamente sobre o ducto 
coletor, ​ativando a reabsorção de água.​ (controla a PA 
e a osmolaridade) 
*Quando a PA está baixa a ADH é enviada p/ o rim 
pelo cérebro liberando aquaporina causando a 
reabsorção de H₂O aumentando a PA. sem ADH o 
ducto não é permeável a água.