Buscar

.No que tange à tomada de decisão apoiada, marque a alternativa correta: Requer resposta. Opção única. São características dos Direitos da Personalidade Requer resposta. Opção única. A única hipótese

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 5 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

1.No que tange à tomada de decisão apoiada, marque a alternativa correta: Requer resposta. Opção única.
a) Trata-se de uma nova nomenclatura do instituto da tutela, permanecendo as mesmas regras vigentes antes da reforma promovida pela Lei 13.146/2015. 
b) É uma nova forma de antecipação dos efeitos da maioridade civil. 
c) É um processo pelo qual a pessoa com deficiência elege pelo menos duas pessoas idôneas, com as quais mantenha vínculos e que gozem de sua confiança, para prestar-lhe apoio na tomada de decisão sobre os atos da vida civil, fornecendo-lhes os elementos e informações necessários para que possa exercer a sua capacidade. 
d) É processo pelo qual a pessoa com deficiência elege pelo menos duas pessoas idôneas, com as quais mantenha vínculos e que gozem de sua confiança, para representar-lhe na tomada de decisão sobre os atos da vida civil, substituindo a pessoa no exercício de sua capacidade. 
e) Trata-se de um instituto onde a autonomia da pessoa com deficiência é relegada à segundo plano, devendo essa se valer de representantes para tomada de suas decisões.
2.São características dos Direitos da Personalidade Requer resposta. Opção única.
a) Intransmissíveis; Irrenunciáveis; Indisponíveis; Imprescritíveis. 
b) Transmissíveis; Renunciáveis; Disponíveis; Prescritíveis. 
c) Intransmissíveis; renunciáveis; Absolutos; Imprescritíveis. 
d) Transmissíveis; irrenunciáveis; vitalícios; absolutos. 
e) Impenhoráveis; imprescritíveis; inalienáveis; disponíveis.
3.Analise as afirmações abaixo e assinale a alternativa correta: 
I. A existência da pessoa natural somente termina com a morte real, vez que esse é o modo por meio do qual deixa de existir vida corporal; 
II. O fenômeno da comoriência pode ser compreendido da seguinte forma: quando duas pessoas da mesma família falecerem na mesma ocasião, sendo impossível se averiguar quem morreu primeiro, serão elas consideradas simultaneamente mortas. 
III.A única hipótese de morte presumida prevista no Código Civil Brasileiro é o de pessoa feita prisioneira e que dela não se saiba notícia pelo menos por dois anos. 
IV. São requisitos para a sucessão provisória: um ano de arrecadação dos bens do ausente ou três anos se o ausente deixou procurador ou representante. 
V. É possível requerer a sucessão definitiva quando o ausente conta com oitenta anos de idade e já se passaram cinco anos das suas últimas notícias.: Requer resposta. Opção única. 
a) I, II e III são verdadeiras. 
b) I, IV e V são verdadeiras. 
c) I, III e V são verdadeiras. 
d) II, III e IV são verdadeiras. 
e) II, IV e V são verdadeiras.
4.Desde criança, Jesus tinha desejo de instituir uma pessoa jurídica para oferecer bolsas de estudo em instituições de ensino superior às pessoas que não têm condições financeiras para custear um curso particular, nem conseguem vaga em universidades públicas. Sem nenhuma intenção de obter lucro, Jesus faz dotação especial de uma parte de seus bens e transfere para a pessoa jurídica que ele instituiu por escritura pública. A pessoa jurídica foi constituída por Jesus foi: Requer resposta. Opção única. 
a) associação. 
b) sociedade. 
c) Fundação. 
d) partido político 
e) organização religiosa.
5.Acerca do domicílio, conforme disposições Código Civil de 2002, assinale a alternativa INCORRETA: Requer resposta. Opção única. 
a) Muda-se o domicílio, transferindo a residência, com a intenção manifesta de o mudar. A prova da intenção resultará do que declarar a pessoa às municipalidades dos lugares, que deixa, e para onde vai, ou, se tais declarações não fizer, da própria mudança, com as circunstâncias que a acompanharem. 
b) O agente diplomático do Brasil, que, citado no estrangeiro, alegar extraterritorialidade sem designar onde tem, no país, o seu domicílio, poderá ser demandado no Distrito Federal ou no último ponto do território brasileiro onde o teve. 
c) O domicílio da pessoa natural é o lugar onde ela estabelece a sua residência com ânimo definitivo. Se, porém, a pessoa natural tiver diversas residências, onde, alternadamente, viva, considerar-se-á domicílio seu qualquer delas. 
d) Têm domicílio necessário apenas o incapaz, o servidor público e o militar.
e) Ter-se-á por domicílio da pessoa natural, que não tenha residência habitual, o lugar onde for encontrada.
6.Considere os seguintes bens: I Uma praça; II Um apartamento e os bens que o guarnecem; II As telhas provisoriamente retiradas do telhado para reforma; IV A energia elétrica e o uma criação de gado. Tais bens podem ser classificados como na respectiva ordem: Requer resposta. Opção única.
a) Bem particular imóvel; bem particular imóvel e bens infungíveis do tipo pertenças; bens móveis; bens móveis. 
b) Bem público de destinação especial; bem móvel e suas pertenças; bem imóvel; bem imaterial e semoventes. 
c) Bem público de uso comum; bem particular imóvel e suas pertenças infungíveis; bens imóveis; bem móvel e semoventes. 
d) Bem público de uso especial; bem particular imóvel e suas pertenças infungíveis; bens imóveis; bem móvel e semoventes. 
e) Bem público de uso comum; bem particular e bens fungíveis; bens imóveis; bem imaterial móvel e bem material móvel.
7.Considera-se lesão: Requer resposta. Opção única.
a) quando as declarações de vontade emanarem de erro substancial que poderia ser percebido por pessoa de diligência normal, em face das circunstâncias do negócio. 
b) quando alguém, premido da necessidade de salvar-se, ou a pessoa de sua família, de grave dano conhecido pela outra parte, assume obrigação excessivamente onerosa.
 c) quando celebrado por pessoa absolutamente incapaz. 
d) quando contiverem declaração, confissão, condição ou cláusula não verdadeira. 
e) quando uma pessoa, sob premente necessidade, ou por inexperiência, se obriga a prestação manifestamente desproporcional ao valor da prestação oposta.
8.Segundo o Código Civil, é incorreto afirmar que não podem servir como testemunhas: Requer resposta. Opção única.
a) O interessado no litígio, o amigo íntimo ou o inimigo capital das partes. 
b) Os menores de dezoito anos. 
c) Os menores de dezesseis anos. 
d) Os cônjuges, os ascendentes e os descendentes. 
e) Os colaterais, até o terceiro grau de alguma das partes, por consanguinidade, ou afinidade.
9.(OAB/FGV 2019 adaptada) Dolores Fuertes de Barriga, brasileira, nascida em 05/10/1985, por motivos óbvios, pretende realizar a alteração do seu nome. Com base no caso hipotético acima, responda de maneira fundamentada: 
a) O direito ao nome pode ser considerado um direito da personalidade? 
b) Poderia Dolores realizar a alteração do nome? Sob qual justificativa? Requer resposta. Texto Multilinha.
RESPOSTA:
a) o direito ao nome é um dos direitos da personalidade. 
b) A Lei de Registros Públicos (Lei 6015/73), em seu art. 56, autoriza o interessado, após ter atingido a maioridade civil, alterar seu nome, desde que não prejudique os apelidos de família, conhecidos popularmente como sobrenomes. Portanto, neste caso, Dolores Fuertes de Barriga somente poderia alterar o prenome (Dolores), mas não poderia alterar o apelido de família (Fuertes de Barriga).
10.João Vacy Hilão era um fanfarrão! Vivia brincando com todos e um dia, a fim de que uma de suas brincadeiras tivesse um significado mais profundo, fez a seguinte promessa aos seus amigos: se Pedro falecer antes de Mário, farei uma doação de R$ 500.00 (quinhentos mil reais) para uma instituição de caridade. Ressalte-se que se trata de negócio jurídico válido. Pergunta-se: referido negócio jurídico possui termo, condição ou encargo? Justifique sua resposta.?Requer resposta. Texto Multilinha. 
RESPOSTA: 
Esse negócio jurídico possui uma condição que, segundo o art. 121 do Código Civil, é uma cláusula que, derivando exclusivamente da vontade das partes, subordina o efeito do negócio jurídico a evento futuro e incerto. No caso, a possível morte de Pedro antes do Mário é um evento futuro e incerto, por isso trata-se de uma condição.

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes