A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Aap1 - Letramentos e Alfabetização

Pré-visualização | Página 1 de 1

13/03/2021 Colaborar - Aap1 - Letramentos e Alfabetização
https://www.colaboraread.com.br/aluno/avaliacao/index/2481626303?atividadeDisciplinaId=11395274 1/4
Aap1 - Letramentos e Alfabetização
Sua avaliação foi confirmada com sucesso ××
Informações Adicionais
Período: 08/03/2021 00:00 à 12/06/2021 23:59
Situação: Cadastrado
Protocolo: 584023367
Avaliar Material
1) A escrita sintética, ou ideografia, é aquela em que um sinal ou grupo de sinais é usado para
sugerir uma ideia ou uma frase. O sistema de notação por imagens foi amplamente utilizado pelos
inuit e por alguns povos indígenas da América do Norte – como os iroqueses e algonquinos, que
usavam o sistema de faixas coloridas, chamadas wampuns. A escrita analítica é aquela em que
não são mais usados sinais para traduzir ideias ou frases, mas sim palavras. As escritas mais
antigas que se conhecem nessa categoria surgiram na China, no Egito e na Mesopotâmia, onde o
cuneiforme que serviu para notar as línguas dos acádios e sumérios acabou por legar algumas de
suas formas básicas aos sinais usados no primeiro alfabeto.
Um sistema fonético é aquele em que os sinais não são usados para notar ideias ou palavras, mas
sons. As escritas fonéticas podem ser silábicas ou alfabéticas.
Agora, associe as imagens, elencadas na Coluna I, com seus respectivos tipos de escrita,
elencados na Coluna II.
 
COLUNA I
Figura I (Fonte: Disponível em: . Acesso em: 14 mai. 2018)
 
javascript:void(0);
13/03/2021 Colaborar - Aap1 - Letramentos e Alfabetização
https://www.colaboraread.com.br/aluno/avaliacao/index/2481626303?atividadeDisciplinaId=11395274 2/4
a)
b)
c)
d)
Figura II )Fonte: Disponível em: . Acesso em: 14 mai. 2018)
 
Figura II (Fonte: Disponível em: . Acesso em: 14 mai. 2018)
 
 
COLUNA II
1) Escrita Analítica
2) Escrita Fonética
3) Escrita Sintética
Assinale a alternativa com a associação correta entre as colunas.
Alternativas:
I - 2; II - 1; III - 3.
I - 3; II - 1; III - 2. Alternativa assinalada
I - 3; II - 2; III - 1.
I - 1; II - 2; III - 3.
13/03/2021 Colaborar - Aap1 - Letramentos e Alfabetização
https://www.colaboraread.com.br/aluno/avaliacao/index/2481626303?atividadeDisciplinaId=11395274 3/4
e)
a)
b)
c)
d)
e)
2)
3)
I - 2; II - 3; III - 1.
Leia o trecho a seguir.
 
"Nas décadas que antecederam a Proclamação da República brasileira, o ensino e a aprendizagem
iniciais da leitura e escrita começaram a se tornar objeto de preocupação de administradores
públicos e intelectuais da Corte e de algumas províncias brasileiras, especialmente São Paulo.
Entretanto, foi somente a partir da primeira década republicana, com as reformas da instrução
pública, especialmente a paulista, que as práticas sociais de leitura e a escrita se tornaram
práticas escolarizadas, ou seja, ensinadas e aprendidas em espaço público e submetidas à
organização metódica, sistemática e intencional, porque consideradas estratégicas para a
formação do cidadão e para o desenvolvimento político e social do país, de acordo com os ideais
do regime republicano. A partir dos anos de 1930, com o processo de unificação, em nível federal,
de iniciativas políticas em todas as esferas da vida social, a educação e, em particular, a
alfabetização passaram a integrar políticas e ações dos governos estaduais como áreas
estratégicas para a promoção e sustentação do desejado desenvolvimento nacional.
De lá para cá, saber ler e escrever se tornou o principal índice de medida e testagem da eficiência
da escola pública, laica e gratuita. E com diferentes finalidades, de diferentes formas e com
diferentes conteúdos, visando a enfrentar as dificuldades das crianças em aprender a ler e
escrever, para assim responder mais adequadamente a certas urgências políticas, sociais e
educacionais do país, diferentes sujeitos foram atribuindo diferentes sentidos a esse ensino inicial
da leitura e escrita".
A partir da leitura do texto, podemos dizer que a políticas públicas brasileiras quanto a
alfabetização:
Alternativas:
começaram a se concretizar a partir da Proclamação da República, porém
as práticas sociais de leitura e escrita, ou seja, o letramento, só passaram
a ser escolarizadas a partir da primeira década republicana.
Alternativa assinalada
existiram desde o surgimento da escola no Brasil, sendo que as práticas sociais de leitura e
escrita, ou seja, de letramento, sempre foram motivos de preocupação dos nossos
governantes.
começaram a se concretizar na época da Proclamação de República e não sofreram mudanças
desde então.
não se preocupam com as práticas sociais de leitura e escrita, ou seja, de alfabetização, se
reservando apenas às questões de letramento.
se preocupam desde o período anterior a Proclamação da República com a questão das
práticas sociais de leitura e escrita, ou seja, com o letramento.
Emília Ferreiro é uma das maiores influências brasileiras para educadores e toda comunidade
escolar quando se trata de níveis de alfabetização. Segundo Emília, a construção do conhecimento
da leitura e da escrita tem uma lógica individual, embora aberta à interação social, na escola ou
fora dela.
No processo, a criança passa por etapas, com avanços e recuos, até se apossar do código
linguístico e dominá-lo.
 
 
A partir desse contexto, analise as afirmativas a seguir.
 
13/03/2021 Colaborar - Aap1 - Letramentos e Alfabetização
https://www.colaboraread.com.br/aluno/avaliacao/index/2481626303?atividadeDisciplinaId=11395274 4/4
a)
b)
c)
d)
e)
a)
b)
c)
d)
e)
4)
I. Quando o aluno escreve CAVALO, ele está no nível alfabético, pois já consegue reproduzir
adequadamente todos os fonemas da palavra, dominando o valor das letras e sílabas.
II. Quando o aluno escreve KVL, querendo dizer Cavalo, ele está no nível silábico, pois começa a
perceber a correspondência entre sons e letras, porém atribui valor de sílaba a cada letra.
III. Quando o aluno escreve CAMIÃ, querendo dizer caminhão, ele está no nível silábico, pois
escreveu a palavra de forma errada, sem correspondência entre sons e letras.
Agora, assinale a alternativa correta.
Alternativas:
Somente as afirmativas II e III estão corretas.
Somente a afirmativa I está correta.
Somente a afirmativa II está correta.
Somente as afirmativas I e II estão corretas. Alternativa assinalada
Somente a afirmativa III está correta.
Leia o trecho a seguir.
 
"[...] a gramática generativa de Chomsky veio reforçar a visão piagetiana de uma criança que
busca ativamente compreender a linguagem falada ao seu redor, constrói e testa hipóteses
identificando regularidades, e cria uma gramática própria. Essa interação ativa é sugerida em
erros de regularização de verbos irregulares, por exemplo, "cabeu". [...] Ferreiro e Teberosky
constataram que crianças pré-escolares a partir de quatro anos de idade constroem hipóteses
sobre a linguagem escrita".
A partir da leitura do trecho e de seus conhecimentos sobre o assunto, assinale a alternativa
correta.
Alternativas:
A psicogênese acredita que a criança realiza hipótese sobre a escrita, a
partir da sua compreensão sobre a linguagem oral, criando uma
gramática própria.
Alternativa assinalada
Acredita-se, na psicogênese, que as crianças não realizam hipóteses sobre a linguagem
escrita, apenas sobre a língua oral.
Para a psicogênese, os erros das crianças nada dizem sobre o seu processo de escrita e devem
ser duramente combatidos pelo professor.
Na psicogênese, as crianças fazem hipóteses sobre a escrita, porém desde cedo adquirem a
gramática conhecida como culta da língua portuguesa.
As crianças apenas fazem hipóteses sobre a língua escrita, sendo que a língua oral é
desprezada na psicogênese.