A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Nomenclatura e Classificação das Cavidades Dentárias - Classificação de Black e de Mount e Hume - Odonto Resumos #7

Pré-visualização | Página 1 de 1

Classificação e Nomenclatura das Cavidades Dentárias - Odonto Resumos #7 
 
Como relatado no Odonto Resumos #6, onde foram discutidas a composição das cavidades, a 
Classificação e Nomenclatura das Cavidades Dentárias é algo que o cirurgião dentista deve 
dominar, visto que facilita o diagnóstico, definição de tratamento e comunicação entre 
profissionais. 
Diante disto, vale destacar que as cavidades podem ser classificadas de acordo com: 
 A finalidade 
 Número de faces acometidas 
 Faces dos dentes envolvidas 
Além disso, as cavidades podem ser divididas em grupos com características específicas a 
partir das classificações de Black e de Mount & Hume*, criadas para tornar ainda mais fácil a 
vida do dentista. 
Classificação das Cavidades de Acordo com a Finalidade: 
As cavidades desta classificação se dividem em Terapêuticas ou Protéticas. As Terapêuticas são 
aquelas resultantes da remoção de uma lesão de cárie e que estão prontas para receber o 
material restaurador. 
Já as Cavidades Protéticas, são aquelas com ou sem lesão de cárie, confeccionadas com o 
objetivo de servirem como suporte de uma peça protética. 
 
 
Dente antes e depois da remoção de cárie, com cavidade terapêutica preparada 
 
Exemplo de cavidade protética para instalação de Onlay 
Classificação das Cavidades de Acordo com o Número de Faces 
Acometidas: 
Esta classificação divide as cavidades em três grupos: 
 Cavidades Simples 
 Cavidades Compostas 
 Cavidades Complexas 
Cavidades Simples: Afetam apenas uma face do dente. Como exemplo podemos citar uma 
cavidade classe I, preparada na face oclusal. 
Cavidades Compostas: Afetam duas faces do dente. Como exemplo, podemos citar uma 
cavidade classe II que engloba as faces mesial e oclusal do elemento dental. 
 
Respectivamente, cavidade Simples e Composta 
Cavidades Complexas: Atingem três ou mais faces do dente. Como exemplo podemos citar as 
famosas cavidades "MOD", mesio-ocluso-distais. 
 
Cavidade Complexa 
Classificação das Cavidades de Acordo com as Faces Envolvidas: 
Estas cavidades são nomeadas de acordo com as faces que foram envolvidas no preparo 
cavitário. Por exemplo, uma cavidade classe I, preparada na oclusal do dente é nomeada como 
cavidade oclusal. 
Já uma cavidade classe II, preparada na mesial e oclusal do dente, receberia o nome de 
cavidade mesio-oclusal ou ocluso-mesial, enquanto uma cavidade classe II "MOD", receberia o 
nome de mesio-ocluso-distal, que como relatado acima, também é um exemplo de cavidade 
complexa. 
 
Exemplo de cavidade disto-oclusal 
 
Exemplo de cavidade oclusal 
Classificação de Black: 
Como você pode ver acima, várias vezes neste artigo, as cavidades são definidas como "Classe 
I" ou "Classe II". Isto ocorre, porque ambos os grupos cavitários pertencem a Classificação de 
Black, a qual é a classificação mais utilizada por dentistas no dia-a-dia clínico. 
A Classificação de Black divide as cavidades em 5 classes, da seguinte maneira: 
 Classe I: Cavidades preparadas em regiões de cicatrículas e fissuras, como a oclusal dos 
dentes posteriores, lingual/palatina dos dentes anteriores, vestibular de molares 
superiores e inferiores e palatina dos molares superiores 
 Classe II: Cavidades preparadas nas faces proximais de molares e pré-molares 
 Classe III: Cavidades preparadas nas faces proximais de incisivos e caninos sem o 
envolvimento do ângulo incisal 
 Classe IV: Cavidades preparadas nas proximais de incisivos e caninos com o 
envolvimento do ângulo incisal 
 Classe V: Cavidades preparadas no terço cervical de todos os dentes, por vestibular ou 
lingual 
Posteriormente, foram descritas por Howard & Simon as cavidades Classe VI, que estão 
presentes em bordas incisais ou pontas de cúspide 
 
Resumo da Classificação das Cavidades de Black 
Classificação de Mount & Hume: 
A Classificação de Mount & Hume divide as cavidades de acordo com o tamanho e localização 
da lesão de cárie, considerando locais com amplo acúmulo de biofilme na coroa e/ou na raiz 
dos dentes. 
Assim, a Classificação de Mount & Hume divide as localizações mais prováveis para o 
desenvolvimento da cárie em três grupos: 
 Localização 1 - Sulcos e Fissuras/Oclusal: Envolve sulcos, fissuras e defeitos no esmalte 
da superfície oclusal dos dentes posteriores, ou de outras superfícies lisas, como por 
exemplo, na borda incisal de dentes anteriores 
 Localização 2 - Faces de Contato: Envolve a superfície de esmalte proximal abaixo das 
áreas de contato com o dente ao lado 
 Localização 3 - Cervical: Envolve a superfície que corresponde ao terço gengival da 
coroa ou de raiz exposta 
Em relação ao tamanho a classificação divide as lesões de cárie em quatro grupos: 
 Tamanho 1 - Mínimo: Pouco envolvimento de dentina. Tratamento remineralizador é 
indicado 
 Tamanho 2 - Moderado: Envolvimento mediano do tecido dentinário. Neste caso, após 
o preparo cavitário, o esmalte se encontra sadio e é suportado por dentina sadia, sem 
falhas 
 Tamanho 3 - Amplo: É uma lesão larga, maior do que a moderada e que possui 
estrutura mais fraca, sujeita a fraturas e que pode conter trincas. A cavidade precisa 
ser estendida a um ponto em que a restauração consiga promover o suporte do tecido 
remanescente 
 Tamanho 4 - Extensa: Grande perda de estrutura dentária, em alguns casos com perda 
total de cúspides 
Uma vez definidas a localização e o tamanho das lesões de cárie, estes dados são cruzados em 
uma tabela, na qual a classificação de cada lesão é dada pela composição numérica onde o 
primeiro número é referente a área acometida pela cárie e o segundo número referente ao 
tamanho da lesão. 
 
Para encerrar, vale destacar que a Classificação de Mount & Hume não descreve com muitos 
detalhes lesões cavitadas, não se referindo a profundidades das lesões de cárie. Diante disto, 
para suprir estas deficiências, foi criada a Classificação de Mount & Hume modificada, a qual 
será descrita posteriormente em um próximo Odonto Resumos. 
____ 
Bom, por hoje era isso! Espero que este artigo seja valioso nos seus estudos para provas da 
graduação ou de concurso público de odontologia. 
Qualquer dúvida em relação ao assunto que você tiver, é só me enviar no Passei Direto, a 
maior rede de estudos do Brasil, onde você pode me seguir para ter acesso a mais conteúdos 
como este! 
 
Abraços, André Martins - Arriba Dentista