A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Resumo Dislipidemia

Pré-visualização | Página 1 de 1

CONCEITO 
Alteração nos níveis de lipídios ou lipoproteína com relação a valores de referência. •
 
CARACTERÍSTICAS QUÍMICAS 
Fosfolípideos: membranas celulares •
Colesterol: importante na síntese dos hormônios esteroides, dos ácidos biliares e da vitamina D. •
Triglicerídeos: formados a partir de tres ácidos graxos ligados a uma molécula de glicerol e são uma forma de •
armazenamento energético. 
Ácidos graxos •
Saturados (sem duplas ligações) ◦
Mono Insaturados (1 dupla ligação) ◦
Poli-Insaturados (+ de 1 dupla ligação) ◦
 
LIPOPROTEÍNAS 
São compostas por lipídios e apolipoproteínas. •
As proteínas Apo’s que determinam a função das lipoproteínas, determinando VLDL, IDL, LDL e HDL. •
Quanto maior a densidade, menor a concentração de triglicerídeos. •
São 4 classes de lipoproteínas: •
Quilomícrons ◦
VLDL ◦
LDL ◦
HDL ◦
 
OS COLESTERÓIS 
Os quilomícrons são formados a partir da absorção dos TG no •
intestino. 
Migram para o sistema linfático e caem no sistema •
sanguíneo. 
A Lipase Lipoproteica (LPL) metaboliza o quilomicron - no •
músculo vira energia e no tecido adiposo gordura. 
Os remanescentes são metabolizamos pelo fígado que produz •
VLDL (ainda rico em TG). 
Há uma nova redução do VLDL, formando o LDL. •
O LDL tem como destino as glândulas periféricas. •
Conforme aumentam as clivagens, menor a densidade. •
OBS 
HDL é considerado bom porque quebra o LDL e possui sua via 
final no fígado. 
HDL baixo tem maior risco de acumulo de placas de gordura. 
Como determinar o Perfil lipídico? •
Colesterol total ◦
Colesterol de baixa densidade (LDL) ◦
Triglicerídeos ◦
Colesterol de alta densidade (HDL). ◦
 
ATEROSCLEROSE 
Acúmulo de gordura na parede dos vasos causado pela dislipidemia. •
O processo: •
O LDL sofre oxidação e não entende essa molécula. ◦
Os macrófagos são ativados para fagocitar. ◦
Forma células espumosas que ativam citocinas inflamatórias. ◦
Há acúmulo de células fagocitadas na parte muscular da parede dos ◦
vasos. 
Pode ocorrer rompimento da tunica interna, formação de coágulo e ◦
posterior trombose. 
E então, infarto ou AVC. ◦
 
 
 
DISLIPIDEMIA 
Primária: Origem genética, hábitos de vida e hábitos alimentares. •
Secundária: Devido a outras doenças, como diabetes, obesidade, hipertensão, diuréticos, beta bloqueadores, etc. •
 
CLASSIFICAÇÃO DAS DISLIPIDEMIAS 
Hipercolesterolemia Isolada: elevação isolada do LDL. •
Hipertrigliceridemia isolada: elevação isolada dos TG. •
Hiperlipidemia mista: valores aumentados de LDL e TG. •
HDL-C baixo: redução do HDL. •
Hipertrigliceridemia Familiar: gente especifico com transmissão clássica. •
 
TRATAMENTO FARMACOLÓGICO 
Estatinas: reduzem as lesões e inibem a progressão da aterosclerose diminuindo a sintese de LDL pelo fígado, 1.
aumento a remoção delas do organismo. 
Fibratos: aumentam o HDL e reduzem o TG. 2.
Inibores da absorção de colesterol - Ezetimiba: diminui LDL e aumenta HDL, podendo ser associada com as 3.
Estatinas.