A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
24 pág.
RELATORIO-ESTAGIO-HUMANISTA

Pré-visualização | Página 4 de 5

do processo terapêutico, tornou-se mais “solto” e comunicativo, o que fez com que ocorresse uma relação genuína e dialógica entre nós, trazendo para nossos encontros as experiências de seu cotidiano, sentimentos advindos de suas relações com o mundo e com os outros. Torna-se perceptível que “F.” aos poucos vem tomando consciência de si, alcançando a awareness que como afirma GINGER (1995, p.254), “se caracteriza pela consciência de si e a consciência perceptiva; é a tomada de consciência global no momento presente, a atenção ao conjunto da percepção pessoal, corporal e emocional, interior e ambiental.” Deve-se notar que a awareness não é uma reflexão sobre o problema, mas é uma própria integração criativa deste, ela deve mobilizar o organismo para mudança e partir para uma nova re-construção.
Na última sessão, “F.” chegou animado, sorridente, com um postura diferente, relatou-me que suas notas na escola estavam ótimas e que depois de três anos consecutivos obteve aprovação na vida escolar, tem saído mais e interagido com os amigos e familiares, e está até namorando. Percebo que o processo terapêutico com “F.” ocorreu como uma “iluminação”, onde tudo parecia sem cor, sem vida, sem sentido e “normal” demais, agora passa a ter cores que antes ele não enxergava, partes de um todo que estavam anuladas, adormecidas e que agora começam a ter sentido.
O mais significativo no atendimento a “F.” foi perceber que o caminho que devíamos percorrer não era o de trabalhar questões ligadas a seu insucesso escolar, pois havia outras coisas no “fundo” que também precisavam ser iluminadas para melhor serem vistas e trabalhadas. Perceber que “F.” não era apenas um “fracassado escolar”, mas trabalhar no sentido de descobrir e afirmar suas potencialidades, a capacidade de encontrar novas possibilidades de ser, de fazer escolhas e assumi-las. 
Ao final de seu processo terapêutico, “F.” pode falar de medos, angústias, tristeza, impotência diante das provas de matemática, alegrias, surpresas, conquistas, sensações que lhe são novas, mas que lhe dão vida. Está um menino mais alegre, extrovertido, implicado na relação terapêutica e em seu processo de crescimento. Vejo o quanto a terapia foi importante no sentido de seu engajamento e fortalecimento para a construção de um “eu” mais autônomo e criativo.
1. CONSIDERAÇÕES FINAIS 
	O estágio em Psicologia Clínica, proporciona ao aluno o primeiro contato com o paciente, podendo ouvir suas queixas e começar a trabalhar com uma primeira escuta. Em suma, o estágio em psicologia tem por objetivo não só dar base para a prática clínica, mas também aprimorar os conhecimentos dos futuros profissionais da área de psicologia,
	Este estágio, realizado durante o segundo semestre do ano de 2018, me ajudou a construir uma base sólida de conhecimentos que em períodos anteriores eram apenas expectativas.
FOLHA DE AVALIAÇÕES
1.1 AVALIAÇÃO DO SUPERVISOR
	As orientações dadas pela supervisora Juliane dos Santos Almeida, que permitia a discussão, correção e entendimento de todos os casos estudados, foram de suma importância para o enriquecimento de meus conhecimentos, obtendo todo o suporte necessário para meu aprendizado prático e teórico. Houve de minha parte grande empenho por conhecer, discutir e compreender os casos relatados e acredito que os relatos discutidos em supervisão e a singularidade de cada um me proporcionaram grandes oportunidades de aprendizado.
1.2 AUTO AVALIAÇÃO
Considero minha atuação no Estágio VI, houve da minha parte, grande empenho, acredito que os relatos discutidos em supervisão e a singularidade de cada um me proporcionaram grandes oportunidades de aprendizado, o que descrevo como de suma importância para minha vida profissional.
Jequié-Bahia, 12de dezembro de 2018
Kécia Rodrigues Amorim
Estagiária do 10º semestre de Psicologia da FTC/Campus Jequié-Bahia
1.3 FICHA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO
FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS- FTC
UNIDADE DE JEQUIÉ
CURSO DE PSICOLOGIA
FICHA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DO ESTAGIÁRIO
ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO I e II
CLINICA ESCOLA DE PSICOLOGIA
Nome do Estagiário: ____________________________________________________________
Unidade: (I) (II). Semestre: Período _____/____/_____ a _____/______/___ 
1. Assiduidade e pontualidade. 
O discente está presente, assim como, chega e deixa as atividades de estágio dentro do horário estabelecido? O discente participou de todas as atividades propostas, incluindo nisto as discussões, entrega de planejamentos, relatórios semanais e individuais (quando estabelecidos) dentro do prazo?
( ) SIM (15 PONTOS) ( ) PARCIALMENTE ( ATÉ 7 PONTOS) ( ) NÃO (0,0).
ACOLHIMENTO (Exclusivo para ES II) - Máximo de 20hs - Mínimo de 16hs 
ATENDIMENTO - Máximo de 28hs – Mínimo de 24hs
SUPERVISÃO- Máximo de 28hs – Mínimo de 24hs
RELATÓRIO E LEITURA- Máximo de 56hs - Mínimo de 44hs
REGISTRO DE SESSÃO- Máximo de 20hs - Mínimo de 16hs
Total Pontuação obtida: ____________
Observação: A somatória dos valores mínimos de cada atividade descrita norteia o cumprimento da carga horária total mínima exigida institucionalmente para aprovação no estágio, a saber, 120h. Logo, para cada uma das atividades descriminadas neste barema (acolhimento, atendimento, supervisão, registro de sessão e relatório/leituras) os valores mínimos deverão ser contemplados separadamente, sem exceção. Por sua vez, os valores máximos acima descritos não poderão ser utilizados como forma de compensação de horas entre as referidas atividades.
2. Iniciativa, responsabilidade, discernimento, maturidade emocional, criatividade, dinamicidade.
O discente é capaz de desenvolver as ações com presteza, dinamismo, segurança e responsabilidade, tomando decisões com maturidade emocional e se adequando as normas e rotinas da unidade, assim como, aos recursos existentes ao setor? 
( ) SIM (10 PONTOS) ( ) PARCIALMENTE (ATÉ 5 PONTOS) INSATISFATÓRIO (0,0)
Pontuação obtida: _____________
3. Relacionamento Interpessoal.
Qual o perfil de relacionamento interpessoal que o discente mantém com a equipe; com o psicólogo preceptor da instituição e com os usuários do serviço.
( ) ÓTIMO ( 5 PONTOS) ( ) REGULAR ( ATÉ 3 PONTOS) ( ) INSATISFATÓRIO (0,0)
Pontuação obtida: _____________
4. Aspectos éticos e deontológicos. 
Considera ações e conhecimentos em ética e deontologia 
( ) ÓTIMO (10 PONTOS) ( ) REGULAR ( ATÉ 5 PONTOS) ( ) INSATISFATÓRIO ( 0,0)
Pontuação obtida: _____________
5. Conhecimento Científico: Relação teoria/prática. 
O discente é capaz de articular todos os conhecimentos inerentes ao curso coma prática em psicologia? Considerar prática embasada cientificamente na teoria. 
( ) ÓTIMO (15 PONTOS) ( ) REGULAR (ATÉ 8 PONTOS) ( ) INSATISFATÓRIO (0,0)
Pontuação obtida: ____________
6. Habilidades Gerenciais: liderança; planejamento; segurança e tomada de decisão.
O discente é capaz de amparado em conhecimentos teóricos e na estabilidade emocional, liderar, planejar e tomar decisões?
( ) SIM ( 10 PONTOS) ( ) REGULAR (ATÉ 5 PONTOS) ( ) INSATISFATÓRIO (0,0)
Pontuação obtida: ____________
7. Habilidades práticas e capacidade de atingir objetivos
O discente embasado cientificamente consegue cumprir os objetivos do estágio no que se refere a aplicação do conhecimento teórico com a prática assistencial? 
( ) ÓTIMO ( 7 PONTOS) ( ) REGULAR ( ATÉ 4 PONTOS ) ( ) INSATISFATÓRIO (0,0)
Pontuação obtida: ____________
8. Cumprimento das atividade previstas
( ) ÓTIMO (8 PONTOS) ( ) REGULAR (ATÉ 3 PONTOS) ( ) INSATISFATÓRIO (0,0)
Pontuação obtida: ______________
9. Relatório de Estágio
Elaboração; fundamentação teórica; aprimoramento e entrega do relatório de estágio.
( ) ÓTIMO (20 PONTOS) ( ) BOM ( ATÉ 15 PONTOS ) ( ) REGULAR ( ATÉ 10 PONTOS) 
( ) INSATISFATÓRIO (ATÉ 5 PONTOS) 
Pontuação obtida: _______________
1.4 PARECER 
	PARECER DE AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES DE ESTÁGIO
	_________________________________________________________________________

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.