A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
hidrocefalia

Pré-visualização | Página 1 de 1

H I S T O L O G I A 
 
 
CARACTERIZE, DO PONTO DE VISTA MÉDICO, A 
HIDROCEFALIA. 
 
 
O cérebro é envolvido por um liquido chamado de líquor ou liquido 
cefalorraquidiano (LCR) cujas funções básicas são hidratar e proteger. Este liquido 
está presente também dentro do cérebro em algumas cavidades que são 
chamadas de ventrículos. O acúmulo deste liquido dentro dessas cavidades com 
consequente dilatação dos ventrículos é chamado de hidrocefalia. 
 
Os sintomas? 
 Em recém-nascidos ou crianças pequenas, pode acontecer o seguinte: 
o irritabilidade 
o letargia ou sonolência excessiva 
o apnéias ou paradas respiratórias 
o alteração do formato do crânio, cabeça grande ou que cresce 
rapidamente 
o fontanela dilatada, ou seja, “moleira” aberta, abaulada e tensa 
o dificuldade para andar, desequilíbrio 
o atraso do desenvolvimento neuropsicomotor 
 Nas crianças mais velhas e em adultos, os sintomas incluem: 
o dor de cabeça 
o vômitos 
A hidrocefalia pode também evoluir de forma lenta e assim, ir prejudicando o 
cérebro aos poucos, como consequência a pessoa pode sofrer problemas de 
aprendizagem, concentração, raciocínio lógico, memória de curto prazo, 
problemas de coordenação, de organização, dificuldades de localização 
têmporo-espacial, de motivação, ou dificuldades na visão. 
Essa patologia pode aparecer na vida intra-uterina (hidrocefalias congênitas) ou 
pode ser adquirida ao longo da infância ou fase adulta por uma diversidade de 
 SISTEMA NERVOSO 
 HISTOLOGIA 
 
Histologia 
 
causas. O líquido se acumula nos ventrículos por uma obstrução em alguma via de 
passagem (hidrocefalia obstrutiva) ou por um desequilíbrio entre a velocidade de 
produção do LCR e a capacidade de absorção (hidrocefalia comunicante).