A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
História do Brasil: do início da colonização à Independência

Pré-visualização | Página 1 de 6

História do Brasil: do início da colonização à Independência
Exercício de Fixação 1
1. A partir de 1534 Portugal passou a elaborar mudanças nas formas de administração da sua colônia na América. Assinale a alternativa que contenha as soluções encontradas pelo governo português.
R. E - O estímulo ao povoamento por meio da divisão das terras em quinze capitanias, possibilitando mesmo com inúmeros problemas, resguardar as terras de invasores estrangeiros e iniciar o cultivo de cana-de-açúcar.
2. Os iluministas Denis Diderot e Jean D´Alembert afirmam que ““A liberdade é um presente do céu, e cada indivíduo da mesma espécie tem o direito de gozar dela logo que goze da razão” (DIDEROT; D’ALEMBERT, 2006). A sentença foi dita no século XVIII e podemos compará-la à expressão “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade”, presente na Declaração Universal dos Direitos Humanos. Ambas estão relacionadas com um debate intelectual sobre homens como sujeitos sociais, portadores de razão e de conhecimento, mesmo que separadas por dois séculos. Sendo assim, marque a alternativa errada:
R. A - A derrubada de monarquias era o objetivo dos iluministas
3. No que diz respeito ao fim do século XVIII no Brasil, podemos afirmar, com exceção de:
R. C - Nesse contexto, a colônia não apresentava indicações de desejo de autonomia
4. “Diferentemente da imagem oficial que o país gosta de apresentar, para dentro e para fora, a história brasileira está longe de se assemelhar a um “conto de fadas”, uma narrativa destituída de guerras, conflitos ou da prática cotidiana da violência. Para começar, uma colônia cuja base de trabalho, de norte a sul, pautava-se pelo escravismo já pressupõe tal prática. Porém, a violência não era moeda corrente apenas na relação entre senhores e escravos. Outros focos de tensão estouravam nas diversas partes do país. E a reação grassou diuturnamente, com a revolta dos colonos contra a distância e o isolamento; contra o jugo português, que se afirmava em situações de opulência mas também de crise, e contra o desmando das elites locais, que agiam com total autonomia diante da costumeira displicência da Coroa no momento de legislar sobre o imenso e longínquo Brasil”.
SCHWARCZ, Lilia M. e STARLING, Heloísa M. Brasil: uma biografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2015, p. 106.
Segundo as discussões realizadas no livro da disciplina e análise contida no trecho acima assinale a alternativa que aponta corretamente os fatores que explicam as motivações para as revoltas coloniais:
R. C - Escravidão, crítica ao domínio português e descontentamento com as elites locais.
5. A mineração teve na vida da colônia um grande papel. Durante três quartos de século ocupou a maior parte das atenções do país, e desenvolveu-se à custa da decadência das demais atividades. O afluxo de população para as minas é, desde o início do séc. XVIII, considerável: um rush de proporções gigantescas, que relativamente às condições da colônia é ainda mais acentuado e violento que o famoso rush californiano do séc. XIX. Isto já seria o suficiente para desequilibrar a vida do país e lhe transformar completamente o aspecto.
PRADO JÚNIOR, Caio. História econômica do Brasil. São Paulo: Editora Brasiliense, 1979.
Segundo o texto acima e as discussões realizadas no livro da disciplina qual o principal efeito do ciclo do ouro sobre a região mineradora?
R. A - Aumento da população local
6. Na agricultura, o elemento fundamental será a grande propriedade monocultural trabalhada por escravos. São esses, em última análise, os fatores que vão determinar a estrutura agrária do Brasil Colônia. Os três caracteres apontados: a grande propriedade, monocultura, trabalho escravo são formas que se combinam e completam.
PRADO JÚNIOR, Caio. Formação do Brasil Contemporâneo. São Paulo: Companhia das Letras, 2011, p. 133-134 (Texto adaptado)
De acordo com o texto acima e com as discussões realizadas no livro da disciplina qual a base do modelo econômico implantado na colonização do Brasil?
R. A - Latifúndio de monocultura voltado para a exportação que utilizava trabalho escravo
7. “Antes mesmo do desembarque, em 8 de março de 1808, de D. João no Rio de Janeiro, começou o processo de grandes mudanças por que passaria o Brasil. Durante escala na Bahia, o príncipe regente decretou, em 28 de Janeiro, a abertura dos portos às nações amigas, desfazendo num só ato o que era da essência da condição colonial: o monopólio do comércio exterior pela metrópole”.
COSTA E SILVA, Alberto. As marcas do período. In SCHWARCZ, Lilia Moritz (org.) História do Brasil Nação. Volume 1: Crise colonial e Independência. Rio de Janeiro: Objetiva;
Madrid: Fundación Mapfre, 2011, p. 25.
Qual a principal consequência da abertura dos portos ocorrida após a chegada da família real portuguesa ao Brasil em 1808?
R. D - Diminuição das restrições econômicas, pois o Brasil poderia fazer comércio com as nações aliadas a Portugal
8. No período Moderno, o Iluminismo fazia críticas ao Antigo Regime, além de defender diretamente a igualdade jurídica dos cidadãos. Sobre isso, marque a alternativa correta:
R. D - Em geral, desqualificava a nobreza pela diferença jurídica e social em relação aos demais.
9. Além das fugas, existiram outras formas de resistência, como o assassinato e envenenamento de senhores, suicídios, abortos; escravizados sempre negaram sua condição e reivindicaram direitos. Ora, a simples desobediência já retirava parte da autoridade do senhor, que dependia, para que a fazenda funcionasse e desse lucro, da obediência cega dos trabalhadores. Por outro lado, os escravos sabiam dos riscos que corriam: o inimigo era superior em forças, não havia garantias e, caso fossem descobertos, não teriam nenhuma proteção legal. Por isso a luta não podia ser aberta: roubos, assassinatos, suicídios, abortos, insultos, afora pequenos e desconcertantes atos de desobediência ou de manipulação pessoal, constavam da lista de reações possíveis.
SCHWARCZ, Lilia M. e STARLING, Heloísa M. Brasil: uma biografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2015, p. 85.
Assinale a alternativa que traz a intepretação correta em relação aos mecanismos de resistência ao sistema escravista.
R. D - Existiam várias formas de resistência as quais podiam passar por estratégias diretas (fugas) ou indiretas (desobediência, roubos, suicídios, etc.)
10. Foram diversas as medidas do Marquês de Pombal na América Portuguesa, para que esta se adequasse aos interesses do Reino de Portugal e a política econômica desejada. As ações abaixo estão corretas, com exceção:
R. A - Criação de centros universitários, especialmente com cursos de Medicina e de Direito.
11. O sistema administrativo adotado foi o das capitanias hereditárias, que já era utilizado com bastante sucesso em domínios lusitanos como Cabo Verde e ilha da Madeira. A filosofia era simples: como a Coroa tinha recursos e pessoal limitados, delegou a tarefa de colonização e de exploração de vastas áreas a particulares, doando lotes de terra com posse hereditária. O resultado geral foi, porém, desapontador: algumas capitanias não foram nem ao menos colonizadas, e outras sofreram de isolamento e com ataques de indígenas. As poucas regiões que se saíram bem no modelo das capitanias foram as que aliaram a produção de cana-de-açúcar a uma convivência pacífica com os indígenas.
SCHWARCZ, Lilia M. e STARLING, Heloísa M. Brasil: uma biografia. São Paulo: Companhia das Letras, 2015. Texto adaptado
Segundo o texto acima quais as características estavam presentes nas capitanias hereditárias que foram bem-sucedidas no contexto da colonização do Brasil?
R. D - Produção de cana-de-açúcar e convivência pacífica com os indígenas
12. Observe e compare as duas fontes abaixo acerca da história da colonização brasileira: Fonte 1: Portanto Vossa Alteza, que tanto deseja acrescentar a santa fé católica, deve cuidar da sua salvação. E prazerá a Deus que com pouco trabalho seja assim.