A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
P1 pequenos animais

Pré-visualização | Página 1 de 1

· 
	
	Assinale a sequencia correta para a laparotomia pela linha media ventral:
	
		Resposta Selecionada:
	 
Decubito ventral, tricotomia, antissepsia, colocação do primeiro pano de campo operatorio, incisão da pele com bisturi, divulsão do tecido subcutaneo com tesoura, colocação do segundo pano de campo operatorio e incisao da linha branca com bisturi.
	Resposta Correta:
	 
Decubito dorsal, tricotomia, antissepsia, colocação do primeiro pano de campo operatorio, incisão da pele com bisturi, divulsão do tecido subcutaneo com tesoura, colocação do segundo pano de campo operatorio e incisao da linha branca com bisturi.
· Pergunta 2
1 em 1 pontos
	
	
	
		
O conhecimento da anatomia cirùrgica é de extrema importancia para a tecnica operatoria de OSH. As afirmações abaixo, descrevem o aparelho reprodutor feminino da cadela, assinale a correta. 
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Os ovários estão localizados na região dorso lateral caudal aos rins e epi-mesogastrica do abdomen, sustentados pelo ligamento suspensório do ovario, que associado à veia e arteria ovariana formam o denominado pediculo ovariano, onde ocorrem as ligaduras durante a OSH. 
	Resposta Correta:
	 
Os ovários estão localizados na região dorso lateral caudal aos rins e epi-mesogastrica do abdomen, sustentados pelo ligamento suspensório do ovario, que associado à veia e arteria ovariana formam o denominado pediculo ovariano, onde ocorrem as ligaduras durante a OSH. 
	
	
	
· Pergunta 3
1 em 1 pontos
	
	
	
	 Sobre ablação total do conduto auditivo externo, assinale a alternativa correta:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
O conduto auditivo externo deve ser seccionado rente ao meato acústico (bula timpânica), durante a dissecção profunda desta estrutura é importante ter cuidado para identificar, isolar e não lesar o nervo facial, que passa caudoventralmente ao canal auditivo horizontal.
	Resposta Correta:
	 
O conduto auditivo externo deve ser seccionado rente ao meato acústico (bula timpânica), durante a dissecção profunda desta estrutura é importante ter cuidado para identificar, isolar e não lesar o nervo facial, que passa caudoventralmente ao canal auditivo horizontal.
	
	
	
· Pergunta 4
1 em 1 pontos
	
	
	
	Sobre otohematoma é correto afirmar que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
A formação do otohematoma está frequentemente associada à otite, portanto o tratamento destes dois processos deve ser simultâneo, pois a persistência  do autotraumatismo causado pela otite,  está por sua vez associada a maior incidência de recorrência do quadro de otohematoma.
	Resposta Correta:
	 
A formação do otohematoma está frequentemente associada à otite, portanto o tratamento destes dois processos deve ser simultâneo, pois a persistência  do autotraumatismo causado pela otite,  está por sua vez associada a maior incidência de recorrência do quadro de otohematoma.
	
	
	
· Pergunta 5
0 em 1 pontos
	
	
	
	Em casos de mucocele salivar sublingual, qual é o tratamento indicado?
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Marsupialização da mucocele e sialoadenectomia bilateral
	Resposta Correta:
	 
Marsupialização da mucocele
	
	
	
· Pergunta 6
0 em 1 pontos
	
	
	
	Você está atendendo o Átila, canino, Rottweiller, 8 anos, macho, não castrado. Tutor o trouxe para você porque o animal está claudicando há aproximadamente 10 dias, porém só hoje ele observou um aumento de volume na região distal do membro torácico direito. Você suspeita que seja um quadro de osteossarcoma. Assinale a alternativa que melhor corresponda aos exames complementares e diagnósticos diferenciais, respectivamente:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Radiografia do membro, tomografia do tórax e histopatológico do osso. Diferencial de fratura, osteomielite, e hemangiossarcoma.
	Resposta Correta:
	 
Radiografia do membro, tomografia de tórax e histopatológico do osso. Diferencial de fratura, osteomielite e fibrossarcoma.
	
	
	
· Pergunta 7
0 em 1 pontos
	
	
	
	Você acabou de realizar uma laparotomia exploratória de um canino, SRD, fêmea, 13 anos de idade, que chegou ao HOVET apresentando sinais de choque hipovolêmico: hipotensão, mucosas pálidas, frequências cardíaca e respiratória elevadas, TPC:3”. Ao exame clínico você percebeu que o abdomen estava distendido e com presença de líquido livre. Foi feito exame ultrassonográfico deste paciente e além de observar grande quantidade de líquido livre de alta celularidade, você observou também a presença de uma formação na região correspondente ao baço. Leia as afirmações abaixo e assinale a alternativa correta:
I. I) É importante realizar a laparocentese e comparar o hematócrito do líquido livre abdominal e do sangue periférico.
II. II) Na laparocentese, é indício de que há uma hemorragia ativa caso o hematócrito do líquido livre seja menor ou igual ao do sangue periférico.
III. III) Durante a cirurgia, se confirmada a origem do sangramento ativo em uma formação esplênica, devemos realizar a esplenectomia total.
IV. IV) Dentre os diagnósticos diferenciais, podemos citar os carcinomas.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
As alternativas I e IV estão corretas
	Resposta Correta:
	 
As alternativas I e III estão corretas
	
	
	
· Pergunta 8
1 em 1 pontos
	
	
	
	Estou no hospital e tenho que operar um cão, fêmea, 8 meses, Bull Terrier, para ovário-histerectomia eletiva. Iniciei o procedimento pela limpeza das minhas mãos, em seguida abri o material cirúrgico, limpei o campo operatório e então realizei a abertura do estômago e intestino. Baseado nos conceitos da profilaxia da infecção, qual alternativa condiz aos processos realizados?
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Antissepsia, esterilização, antissepsia, ferida potencialmente contaminada
	Resposta Correta:
	 
Antissepsia, esterilização, antissepsia, ferida limpa
	
	
	
· Pergunta 9
1 em 1 pontos
	
	
	
	Um cão de 7 anos de idade deu entrada em uma Clínica Veterinária com histórico de disuria, prostação e secreção sanguinolenta pelo pênis. Ao exame físico observou-se temperatura corporal 40,5 Celsus,  dor abdominal na região hipogástrica, taquicardia e taquipnéia, desidratação, corrimento prepucial sanguinolento. Animal não permitiu a palpação retal devido a dor. No hemograma observou um amento importante dos leucócitos – 50.000 e neutrófilos segmentados – 25.000. O exame ultrassonográfico revelou: peritonite focal em região hipogastrica e próstata assimétrica e hiperecogenica associado a multiplas áreas  cisticas anecogênicas contendo múltiplos sedimentos.  Com base nos achados dos exames físicos, laboratoriais e de imagem citados acima, podemos afirmar que este animal é portador de:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Abscesso prostático.
	Resposta Correta:
	 
Abscesso prostático.
	
	
	
· Pergunta 10
1 em 1 pontos
	
	
	
	As neoplasias testiculares em cães são condições comuns na clínica reprodutiva, sendo necessário conhecimento dos aspectos clínicos, meios de diagnóstico e tratamento. Com base nisso, é correto afirmar que
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
o potencial metastático das neoplasias testiculares é baixo, entretanto há registros de metástases intra-abdominais e para linfonodos regionais em casos de sertolinomas
	Resposta Correta:
	 
o potencial metastático das neoplasias testiculares é baixo, entretanto há registros de metástases intra-abdominais e para linfonodos regionais em casos de sertolinomas