A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
UNIDADE 3.2 - DIREITO ADMINISTRATIVO

Pré-visualização | Página 1 de 1

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS
DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO
Discente: Amélie Gabrielly Viana da Silva			
Disciplina: Direito Administrativo				
Cuiabá/MT, 28 de março de 2021
Atividade referente à Unidade 03.2:
1. Atualmente, qual o tipo de licitação mais utilizado pela administração pública? Explique-o.
R: O tipo de licitação mais utilizado pela Administração Pública é o de menor preço. Aplica-se na aquisição de bens e serviços de modo geral e seu principal objetivo é selecionar a proposta mais vantajosa em termos de valores, atendendo aos requisitos dispostos no edital ou convite.
2. O que a Constituição Federal quer dizer ao exigir que, em um processo licitatório, “somente permitirá as exigências de qualificação técnica e econômica indispensáveis à garantia do cumprimento das obrigações”?
R: Não é permitida a adoção de medidas que comprometam o caráter competitivo de um processo licitatório, favorecendo de alguma forma um dos concorrentes e rompendo com o princípio da isonomia. 
3. Quais são os objetivos do processo licitatório?
R: Garantir que se cumpra o princípio da isonomia, a seleção da proposta mais vantajosa para a Administração Pública e a promoção do desenvolvimento nacional sustentável.
4. Cite e explique os tipos de licitação?
R: Nos termos da Lei n. 8.666/93, Art. 45, § 1o , constituem tipos de licitação, exceto na modalidade concurso:
I - a de menor preço - quando o critério de seleção da proposta mais vantajosa para a Administração determinar que será vencedor o licitante que apresentar a proposta de acordo com as especificações do edital ou convite e ofertar o menor preço;
II - a de melhor técnica - utilizado exclusivamente para serviços de natureza predominantemente intelectual, em especial na elaboração de projetos, cálculos, fiscalização, supervisão e gerenciamento de engenharia consultiva em geral e, em particular, para elaboração de estudos técnicos preliminares e projetos básicos e executivos;
III - a de técnica e preço - será realizada por meio da proposta técnica – metodologia, organização, tecnologias e recursos materiais. Uma vez classificadas, serão abertas as propostas de preço dos licitantes que atingirem um valor mínimo;
IV - a de maior lance ou oferta - nos casos de alienação de bens ou concessão de direito real de uso.