A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Ovogênese

Pré-visualização | Página 1 de 1

Ovogênes�
Componentes do sistema reprodutor feminino são:
Os dois ovários, as duas tubas uterinas, o útero, o colo do útero, o canal da vagina e a vagina propriamente dita.
O ovário é dividido em duas porções: cortical e medular. Os folículos ovarianos estão presentes na região cortical e
na região medular estão presentes os vasos sanguíneos.
Na ovogênese os ovócitos necessitam chegar até
o ovário e se diferenciar em ovogônias, passando
por um processo semelhante às espermatogônias.
Para que a ovogênese ocorra, necessitam de
ajuda de um grupo celular, as células foliculares
que juntos(Ovócito+Células Foliculares) formam
os folículos ovarianos, que se diferenciam até
ficar grande a ponto de ser ovulado.
*O ciclo menstrual tem 28 dias aproximadamente
mas a ovulação ocorre sempre no 14.
As células primordiais indiferenciadas vem do
saco vitelínico e podem formar a parte masculina
e feminina, sendo diferenciada apenas na hora em que chega a gônada carregando ou não um gene. Se tiver o gene Y,
será masculino e se não carregar nenhum gene, feminino. Esse ciclo nada mais representa do que ovogônias que
começam a se diferenciar em ovócitos primários e assim por diante, necessitando de uma célula folicular.
As mulheres nascem com um número certo de ovócitos(em torno de 7 milhões, e quando nascem perdem uma boa
parte com atresia.)
Os folículos se perdem por atresia pois perdem ovócitos e as células foliculares começam a se fundir até acabar
entrando em morte celular. O processo de ovulação demora muitos anos até chegar na menopausa, ovulando por mês
1 ovócitos, chegando cerca de 450 ovócitos na vida.
O folículo tem processo de evolução, temos as ovogônias que vieram das células germinativas do saco vitelínico,
quando chegam ao ovário se diferenciam em ovogônia. A ovogônia aumenta de quantidade durante a vida fetal, na
qual se diferencia em ovócito primário através de várias mitoses(que já tem um fino revestimento de células
foliculares). Tudo isso fica estacionado em prófase I até a chegada da puberdade, que permite que o ciclo continue
da metáfase I até a metáfase II(nela encontramos folículos primordiais, primários e secundários). Esse processo só
passa da metáfase II durante a fertilização. Caso a mulher não fertilizar, o ovócito é apenas reabsorvido.
Durante a puberdade, a presença de hormônios fazem as células sofrerem maturação.Esses hormônio são o FSH e o
LH. O FSH realiza a estimulação da maturação do estágio primário até uma célula de Graaf. Já o LH estimula a
ovulação e formação de corpo Lúteo que realiza produção de progesterona para manter a gravidez, e se isso não
ocorrer, o corpo lúteo vira corpus albicans(ou branco).
Hormônios:
Hipofisário→ atuam no ovário(FSH e LH)
Ovarianos→ atuam no útero(progesterona e estrógeno)
Regulação do ciclo menstrual : estrógeno e progesterona