A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
RESUMO: Micoses Superficiais

Pré-visualização | Página 1 de 1

@vireicientista
{1}
Micoses Superficiais
FATORES PREDISPONENTES
À MICOSES
 Fatores externos
 Cavidade bucal ou ânus com frag-
mentos vegetais
 Profissão
Trabalhadores rurais
Engordadores de pombos
Fabricantes de perucas
 Roupas de lycra, uso de pele de
adorno, calçados sem meia
 Esportes - nadadores (pé de atleta)
 Lesões pré-existentes
 Diabetes
 Câncer
 Gravidez
Devido o aumento de glicogê-
nio nas células vaginais
DERMATOFITOSES
 Fungos dermatófitos
 Filamentosos
 Hialinos
 Septados
 Podendo apresentar artroconídios
 Queratinofílicos
Sendo assim capazes de cau-
sar lesões clínicas em pelos
e/ou extrato córneo de ho-
mens e animais
 Principais gêneros
Microsporum
Trichophyton
Epidermopython
 Aumento das dermatofitoses nos recentes
anos
 Grupo de fungos mais isolados de humanos
 10% a 15% da população mundial é infectada
ao longo da vida
 Distribuição mundial: T. rubrum e E. flocco-
sum
 Distribuição doDistribuição doDistribuição do Brasil:Brasil:Brasil:
 Sul e SudesteSul e SudesteSul e Sudeste
T. rubrum, M. canis e T. menta-
grophytes
 NordesteNordesteNordeste
T. tonsurans, T. rubrum e M.
canis
HERPES CIRCINADA
 MANIFESTAÇÕES CLÍNICASMANIFESTAÇÕES CLÍNICASMANIFESTAÇÕES CLÍNICAS
 Lesão vermelha circular
 Bordos definidos
 Crescimento centrífugo
 Pruriginosa (provoca muita coceira)
 Bolhas
 Alopecia (alocou-se no couro cabe-
ludo)
 Destruição ungueal (unhas)
DIAGNÓSTICO LABORATORIAL
 Coleta de amostras clínicasColeta de amostras clínicasColeta de amostras clínicas
 Escamas epidérmicas
 Escamas ungueais
 Pelos
@vireicientista
{2}
 Técnica dos sete pontosTécnica dos sete pontosTécnica dos sete pontos
 Ágar Sabouraud + 50mg/L cloranfe-
nicol
 TA (+/- 28ºC)
 15 dias


CARACTERÍSTICAS
MICROMORFOLÓGICAS
Microsporum forma macroconídiosmacroconídiosmacroconídios (estruturas
de reprodução sexuada grandes) e microconi-microconi-microconi-
díosdíosdíos (estruturas de reprodução assexuadas
menores)
 Microsporum sp.
 Muitos macroconídios
 Poucos microconídios
 Trichophyton sp.
 Muitos microconídios
 Poucos macroconídios
 Epidermophyton floccosum
 Apenas macroconídios
PITIRÍASE VERSICOLOR
 Micose superficial benigna e crônica
 Lesões em placas hipo ou hiperpig-
mentadas, escamosas e de bordas
bem delimitadas
 Agente etiológico: Malassezia spp.
 Levedura presente na microbiota
 Dermatite seborréica, onicomicoses e in-
fecções sistêmicas (raro).
 Frequente em regiões de clima tropical e
subtropical
 FATORES PREDISPONENTESFATORES PREDISPONENTESFATORES PREDISPONENTES
 Desnutrição
 Secreção sebácea excessiva
 Utilização de cremes na pele
 Corticoterapia sistêmica
 Estresse
 Umidade e calor
 Pouca higiene pessoal
 MANIFESTAÇÕES CLÍNICASMANIFESTAÇÕES CLÍNICASMANIFESTAÇÕES CLÍNICAS
 Descamação fina
 Máculas hipo e hipercrômicas
 Assintomáticas
Exceto às eritematosas-pruri-
ginosas
@vireicientista
{3}
 DIAGNÓSTICO LABORATORIALDIAGNÓSTICO LABORATORIALDIAGNÓSTICO LABORATORIAL
 Raspagem da pele/pelo
 Lâmina com KOH (10-40%) ou azul
de metileno
 Presença de células na fase levedu-
riforme e/ou filamentosa (nódulos ir-
regulares)