A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Classificação biológica

Pré-visualização | Página 1 de 1

Conceitos gerais 
 Classificação: 
o Significa distribuir em classes ou grupos 
com características semelhantes. 
o Determinar a classe de algo dentro de um 
conjunto. 
o Colocar numa dada ordem; ordenar. 
o Atribuir uma nota; qualificar. 
 Classificação biológica: 
o Organização dos seres vivos em grupos 
com base nas características semelhantes. 
o Determinar, reorganizar ou alterar nomes 
durante a classificação. 
 Taxonomia: 
o Ciência que engloba a identificação, 
inventariamento, catalogação, descrição, a 
nomenclatura e classificação biológica. 
o Lei da ordenação. 
o Componente da sistemática. 
Escola Lineana 
Organizar espécies em coleções de uma 
forma hierárquica: 
 Classes 
 Ordens 
 Gêneros 
 Espécies 
 
 Baseada exclusivamente em caracteres 
morfológicos 
 Modificado. Princípio básico ainda é adotado. 
Sistema Hierárquico 
 
 
 Quanto mais próximo de parentesco, mais 
parecida a classificação lineana entre as 
espécies. 
Desvantagens da escola Lineana: 
 Não considerava a teoria evolutiva. 
 Não se preocupava com a origem do caráracter. 
 Não considerava se um determinado carácter 
era “ancestral” ou uma característica “nova”. 
Quais as consequências disso? 
 A classificação não representava a história 
evolutiva de um determinado grupo. 
 A classificação não representava 
necessariamente o grau de parentesco entre as 
espécies (ou entre táxons). 
 Erros de classificação: muitos grupos formados 
não representam a história evolutiva: 
Denominados de Parafiléticos ou Polifiléticos. 
Sistemática Filogenética 
Cladística: 
Foi desenvolvida por Willi Hennig na década 
de 60. 
Propostas da cladística: 
 Determinar o grau de parentesco entre as 
espécies. 
 Resgatar a provável história evolutiva dos 
seres vivos. 
 Formação de grupos (gerar um sistema de 
classificação) com base em homologias e 
características derivadas (novidades 
evolutivas). 
@agrostudym 
 Formação de grupos naturais (monofiléticos): 
membros compartilham o mesmo ancestral 
(considerando o mais recente). 
Cladograma 
É um gráfico de similaridade, parecido com 
uma árvore genealógica que tem por objetivo 
mostrar a história evolutiva do grupo e o grau de 
parentesco entre as espécies. 
 
 
o Os táxons terminais são aqueles que foram 
usados para analise e estão na ponta do 
cladograma. 
Como os cladogramas são 
construídos? 
1. Através de analises dos caracteres dos 
indivíduos. 
2. Construção de matrizes de similaridades. 
Maior peso 
Caracteres: 
o Apomórficos 
o Homólogos 
 
o Apomorfias: caracteres derivados. Novidades 
evolutivas. Herdado do ancestral mais recente. 
o Plesiomorfia: Caracteres ancestrais ou mais 
antigos. Herdado de um ancestral mais antigo. 
o Sinapomorfia: Compartilhamento de caracteres 
apomórficos. 
o Simplesiomorfia: Compartilhamento de 
caracteres plesiomórficos. 
o Homologia: Mesma origem, independente da 
função. 
o Homoplasia: Origem distinta, mesmo que 
apresente mesma função (Reversão, 
paralelismo e convergência). 
Teorias Taxonômicas 
Objetivos da sistemática filogenética 
1. Comparar os cladogramas formados com a 
classificação atual. 
2. Classificação e formação de grupos naturais: 
Monofiléticos. 
o O grupo monofilético é aquele que todos os 
seus membros vieram do seu ancestral 
mais recente. 
3. Reorganizar grupos não válidos: Parafiléticos e 
Polifiléticos. 
o O grupo parafiléticos inclui o ancestral 
comum mais recente do grupo e alguns, 
mas não todos os descendentes desse 
ancestral. 
o O grupo Poilifiléticos não inclui ancestral 
recente mais comum a todos os membros 
do grupo 
 
 
@agrostudym 
Menor Peso 
Caracteres: 
o Plesiomórficos 
o Homoplásicos