A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Fisiologia - Sistema cardiovascular (parte 3) (19.10.20)

Pré-visualização | Página 1 de 1

Um animal com hemorragia possui uma perda de volume vascular e 
por consequência, ele possui uma diminuição do débito cardíaco. Com a 
diminuição do débito cardíaco, os barorreceptores, presentes na 
parede das artérias captam a informação da diminuição e encaminham 
para o SNC. 
Quando o SNC recebe o estímulo, ele libera os neurotransmissores 
chamadas de CATECOLAMINAS, que são aminas vasoativas. Elas vão 
atuar em três locais diferentes para corrigir a diminuição do débito 
cardíaco, pois com essa diminuição, a pressão arterial diminui e por 
consequência, o ciclo cardíaco também diminui. 
O primeiro local que as catecolaminas irão atuar é no aumento da 
resistência vascular periférica. No segundo lugar, ela aumenta a 
frequência cardíaca e em terceiro, irá aumentar o volume sanguíneo. 
No aumento sanguíneo, a catecolamina aumenta o plasma pelo sistema 
RENINA-ANGIOTENCINA-ALDOSTERONA. Então, no aumento da RVP, ela 
atua na parede do vaso, fazendo a vasoconstrição, aumentando a 
pressão sanguínea. 
A catecolamina, no aumento do volume sanguíneo, irá até o rim 
converter a PRORENINA, um hormônio, em RENINA que vai para 
circulação e se direciona para o fígado. Chegando no fígado, ela vai se 
ligar ao ANGIOTENCINOGÊNIO. A ligação dos dois se transforma em 
ANGIOTENCINA-1 que volta para a circulação. 
Na circulação, a ANGIOTENCINA-1 chega até os pulmões, se liga na 
ECA (produzida pelos pneumócito) e é transformada em 
ANGIOTENCINA-2. A ANGIOTENCINA-2 cai novamente na circulação e 
pode ir tanto para a parede do vaso (atuando na vasoconstrição) 
quanto para a glândula ADRENAL, estimulando-a para a liberação de 
ALDOSTERONA. 
A liberação de ALDOSTERONA, quando cai na circulação e vai para o 
rim, faz com que o mesmo pare de produzir urina, retendo água que 
vem do plasma. Sendo assim, o plasma continua no organismo, 
aumentando o volume sanguíneo. 
 
Sistema cardiovascular (parte 3)