A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
18 pág.
Cocaína - Uma Droga Estimulante do SNC

Pré-visualização | Página 1 de 1

▪ Planta: Erythroxylon coca
▪ América do Sul e Central
▪ Benzoilmetilecgonina (alcaloide – 10%)
▪ Substância psico-estimulante
▪ Produção global: 285 toneladas/ano
▪ Movimenta: 300 bi dol/ano
ADMINISTRAÇÃO ORAL ASPIRADA INJETADA FUMADA
ABSORÇÃO
Lenta e incompleta
Autolimita-se 
(vasoconstritora em 
membranas 
nasofaríngeas)
_ _ _ _ _ _ _
Rápida e quase 
completa (perdas na 
preparação)
BIODISPONIBILIDADE 2% 20% a 30% 100%
METABOLIZAÇÃO E 
ELIMINAÇÃO
Ocorre rapidamente no fígado e rins – meia vida curta
INÍCIO DO EFEITO 
(min)
>60
Rápido
(6 a 8 min)
Rápido
(6 a 8 min)
Rápido
(6 a 8min)
DURAÇÃO DO EFEITO 
(min)
45 - 90 30 - 45 10 - 20 5 - 10
EFEITO
Apenas 25% no SNC,
não há o ²rush²
Poderoso e breve
Poderoso e muito 
breve
E NO BRASIL
Homens
Maior prevalência
Alta dependência (41,4%)
Região Sudeste e Centro-Oeste
2 mi usaram pelo menos uma vez
1. CO: aumentou nos últimos
meses
2. SE: maior prevalência
durante a vida
3. S: outros estimulantes
▪ Antiga rota amazônica
▪ Apreensões mudaram para 
o sul
De rota a mercado
1. Posição geográfica
2. População jovem
3. Elevação socioeconômica
4. Cocaína mais barata do
mundo
▪ Euforia
▪ Bem-estar
▪ Autoconfiança
▪ Insônia
▪ Excitação motora
▪ Aumento da libido
▪ Aceleração do 
pensamento
▪ Agressividade
▪ Inquietação
▪ Anorexia leve
▪ Aumento das 
percepções 
sensoriais 
▪ Irritabilidade e distúrbios 
do humor
▪ Alucinação e delírio
▪ Hostilidade e ansiedade
▪ Medo e paranóia
▪ Compulsão motora 
estereotipada
▪ Menor libido
▪ Violência extrema
▪ Tolerância
▪ Dependência
▪ Associados ao abuso
▪ Transmissão do sinal
nervoso por liberação
de substâncias químicas
(neurotransmissores)
nas sinapses nervosas.
▪ Sinapse: região localizada
entre neurônios onde
agem os
neurotransmissores
(mediadores químicos),
transmitindo o impulso
nervoso dpara o destino.
ADMINISTRAÇÃO ORAL
GABA-A
INIBIÇÃO 
(SEDAÇÃO)
GLUTAMATO (NMDA)
EXCITAÇÃO 
MEMÓRIA 
(ESTÍMULO)
OPIÓIDE
PRAZER
ANALGESIA
INIBIÇÃO
SEROTONINÉRGICO
HUMOR
IMPULSOS
DOPAMINÉRGICO
RECOMPENSA
PRAZER
▪ James Olds-1954.
▪ Predominância da
dopamina como
neurotransmissor
principal.
▪ A cocaína desperta sobretudo a via 
dopaminérgica, despertando sua 
hiperestimulação.
▪ A droga inibe a recaptação neuronal de 
dopamina, deixando muita dopamina 
livre na fenda sináptica.
▪ Frente à presença constante de cocaína 
no cérebro, ocorre um aumento dos 
receptores D1 e redução dos receptores 
D2.
▪ Apresenta também grade afinidade pelo 
sitema de neurotransmissão de 
serotonina.
▪ https://unaids.org.br/2016/06/unodc-lanca-relatorio-mundial-sobre-drogas-de-
2016/
▪ https://www.unodc.org/doc/wdr2016/WDR_2016_Chapter_1_Cocaine.pdf
▪ https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/drogas/cocaina.htm
▪ https://brasil.elpais.com/brasil/2018/09/21/cultura/1537550168_306224.html
▪ https://brasil.elpais.com/brasil/2018/09/21/cultura/1537550168_306224.html
▪ http://www.scielo.br/pdf/%0D/rbp/v23n2/5583.pdf
▪ http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-
40142005000300010
▪ https://www2.unifesp.br/dpsicobio/cebrid/quest_drogas/cocaina.htm
https://unaids.org.br/2016/06/unodc-lanca-relatorio-mundial-sobre-drogas-de-2016/
https://www.unodc.org/doc/wdr2016/WDR_2016_Chapter_1_Cocaine.pdf
https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/drogas/cocaina.htm
https://brasil.elpais.com/brasil/2018/09/21/cultura/1537550168_306224.html
https://brasil.elpais.com/brasil/2018/09/21/cultura/1537550168_306224.html
http://www.scielo.br/pdf/%0D/rbp/v23n2/5583.pdf
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142005000300010
https://www2.unifesp.br/dpsicobio/cebrid/quest_drogas/cocaina.htm
▪ http://www.ibb.unesp.br/Home/UnidadesAuxiliares/CentrodeAssistenciaToxicolo
gica-CEATOX/cocaina.pdf
▪ http://www.adicciones.es/index.php/adicciones/article/view/513
▪ https://brasilescola.uol.com.br/drogas/cocaina.htm
▪ file:///C:/Users/User/Downloads/Prevalence%20of%20Cocaine%20Use%20in%2
0Brazil_%20Data%20from%20the%20II%20Brazilian%20National%20Alcohol%20a
nd%20Drugs%20Survey%20(BNADS).pdf
http://www.ibb.unesp.br/Home/UnidadesAuxiliares/CentrodeAssistenciaToxicologica-CEATOX/cocaina.pdf
http://www.adicciones.es/index.php/adicciones/article/view/513
https://brasilescola.uol.com.br/drogas/cocaina.htm
file:///C:/Users/User/Downloads/Prevalence%20of%20Cocaine%20Use%20in%20Brazil_%20Data%20from%20the%20II%20Brazilian%20National%20Alcohol%20and%20Drugs%20Survey%20(BNADS).pdf