A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
27 pág.
02 Planificação contábil rural

Pré-visualização | Página 1 de 4

Planificação contábil rural
APRESENTAÇÃO
O plano de contas é um instrumento de trabalho fundamental para apoiar a atividade contábil 
nas empresas, principalmente porque ele oferece suporte ao registro das transações econômicas, 
o qual é o principal elemento formador dos relatórios financeiros gerados pela contabilidade.
O plano de contas na atividade agropecuária carrega uma série de singularidades, dadas as 
características peculiares atribuídas às atividades rurais, tais como os estoques, as culturas 
permanentes, os ativos biológicos, as culturas em andamento, entre outros.
Assim como nas empresas comerciais, industriais ou prestadoras de serviços, a estruturação do 
plano de contas é o primeiro passo para a organização do sistema contábil, o qual é fundamental 
para o tratamento das informações contábeis, financeiras e gerenciais da empresa.
Nesta Unidade de Aprendizagem, você verá a importância da estruturação do plano de contas da 
empresa rural como uma ferramenta de acumulação e registro de informações imprescindível 
para a base do sistema contábil, sua dinâmica de utilização e os critérios de estruturação e 
customização de um plano de contas que seja capaz de contemplar a maioria das especificidades 
e particularidades exigidas pelas atividades rurais, tanto agrícolas como pecuárias.
Bons estudos.
Ao final desta Unidade de Aprendizagem, você deve apresentar os seguintes aprendizados:
Descrever o conceito e a importância do plano de contas para a área rural.•
Reconhecer a necessidade de utilização do plano de contas para a área agrícola e para a 
agropecuária, para fins gerenciais.
•
Identificar a estrutura e a composição do plano de contas para a área agrícola e para a 
agropecuária.
•
DESAFIO
As empresas rurais, na atualidade, têm demandado atenção tanto quanto as empresas comerciais 
e as grandes corporações. Fato esse corroborado pela ampla participação do agronegócio na 
economia brasileira. A contabilidade aplicada ao agronegócio também tem apresentado desafios, 
ao projetar-se em um cenário sendo ferramenta indispensável no apoio à tomada de decisão, 
demonstrando sua importância desde a pequena propriedade rural até as grandes corporações 
agroindustriais.
Em pequenas propriedades rurais, os processos de modernização são mais lentos, dadas as 
condições organizacionais em que essas propriedades estão estruturadas, quais sejam: gestão 
familiar centralizada, poucos recursos humanos especializados, entre outros. É muito comum 
encontrar registros informais relacionados aos gastos e às receitas, à quantidade de animais e 
à formação das culturas, sem qualquer critério ou classificação, apenas dados. 
Suponha que você atue em um escritório de contabilidade e tenha recebido o seguinte caso.
quais seriam seus primeiros procedimentos em relação às informações que o Sr. João tem para 
estruturar a escrituração contábil de sua propriedade?
INFOGRÁFICO
A planificação contábil é um dos alicerces da contabilidade, constitui uma das estruturas 
fundamentais que dão suporte ao trabalho de escrituração contábil e também é parte 
fundamental na emissão de relatórios contábeis gerenciais e de apoio à tomada de decisão. 
Neste Infográfico, você verá caracteristicas fundamentais de um plano de contas, que podem 
garantir a qualidade e a utilidade das informações geradas pela contabilidade da empresa. 
CONTEÚDO DO LIVRO
A contabilidade rural encontra seus fundamentos na contabilidade comercial, principalmente no 
que se refere à organização da escrituração contábil das empresas. O primeiro passo para a 
organização do ambiente na empresa antes de receber um sistema contábil, por mais 
simplificado que seja, é a estruturação do plano de contas, também conhecido como planificação 
contábil.
No capítulo, Planificação contábil rural, do livro, Contabilidade setorial, você verá conceitos e 
exemplos relacionados à importância, à necessidade de uso e à estrutura de um plano de contas 
para uma empresa agropecuária.
Boa leitura.
CONTABILIDADE 
SETORIAL
Luciana Paim Pieniz
Planificação contábil rural
Objetivos de aprendizagem
Ao final deste texto, você deve apresentar os seguintes aprendizados:
  Descrever o conceito e a importância do plano de contas para a 
área rural.
  Reconhecer a necessidade de utilização do plano de contas para as 
áreas agrícola e agropecuária, para fins gerenciais.
  Identificar a estrutura e composição do plano de contas para as áreas 
agrícola e agropecuária.
Introdução
A contabilidade empresarial, inegavelmente, sofreu inúmeras mudanças 
ao longo dos últimos anos. O último grande advento foi marcado pela 
adequação dos procedimentos contábeis ao padrão das normas interna-
cionais, conhecido como IFRS (International Financial Reporting Standards), 
em que várias alterações foram introduzidas. No entanto, é importante 
salientar que a planificação contábil se manteve inalterada, pois é por 
meio dela que a empresa, independentemente do ramo de atividade que 
exerça, estruturará os dados coletados, registrando-os de maneira uni-
forme, a fim de garantir a qualidade dos relatórios financeiros e a acurácia 
das informações por eles geradas. Todavia, a contabilidade das empresas 
não poderia desempenhar seu papel se não estivesse alicerçada sobre 
um plano de contas capaz de refletir com integridade os processos e as 
funções necessárias ao registro e ao controle das transações cotidianas.
Neste capítulo, você conhecerá o conceito de plano de contas e a 
importância da planificação contábil aplicada à empresa rural. Além 
disso, reconhecerá a necessidade de utilizar o plano de contas no registro 
de transações e eventos da contabilidade das empresas rurais. Por fim, 
verá um exemplo da estrutura de um plano de contas específico para 
empresas que desenvolvem atividades agropecuárias. 
A planificação contábil e sua relevância
para a contabilidade rural
Segundo Iudícibus e Marion (2016, p. 49), plano de contas é o conjunto de 
contas, previamente estabelecido, para orientar a contabilidade de uma empresa. 
O plano de contas é estruturado de forma ordenada e leva em consideração 
algumas características fundamentais, como o tamanho da empresa, o ramo 
de atividade, o sistema contábil, os interesses dos usuários etc. 
Ou seja, o plano de contas é a base sobre a qual a contabilidade estabelecerá 
o registro de suas operações diariamente, possibilitando registrar e controlar 
de forma adequada a movimentação patrimonial da entidade. 
A planificação das contas contábeis tem como função principal classificar 
os elementos patrimoniais, conforme os grupos a que pertencem, facilitando, 
assim, a acumulação dos dados e o registro das transações. A delimitação e a 
definição das contas que irão compor o plano dependerá do tipo de empresa 
e da natureza de seus negócios, devendo também considerar quem serão os 
usuários das informações reportadas pela contabilidade. 
Em uma empresa rural, se comparada a uma empresa prestadora de serviços, 
as contas relacionadas com os estoques possuem maior relevância, devendo, 
portanto, possuir um maior detalhamento em sua apresentação, a fim de prever 
o maior número de situações dentro daquela realidade operacional. Já para uma 
empresa prestadora de serviços, a conta-salário e os encargos com mão de obra 
direta e indireta e despesas com pessoal com certeza serão mais relevantes, 
exigindo maior grau de detalhamento, para que a contabilidade possa registrar 
todos os fatos relacionados à natureza das atividades de prestação de serviços 
que envolvem, predominantemente, pessoas. O Quadro 1, a seguir, apresenta 
um modelo simplificado de plano de contas, considerando as particularidades 
da empresa rural associadas às contas de estoque. 
Planificação contábil rural2
 Fonte: Adaptado de Marion (2014). 
1 ATIVO
1.1 Ativo circulante
 1.1.1 Disponibilidades
 1.1.2 Valores a receber
 1.1.3 Estoques
 1.1.3.1 Insumos (matéria-prima)
 1. Sementes

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.