A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
33 pág.
01 Procedimentos contábeis

Pré-visualização | Página 1 de 5

Procedimentos contábeis do setor agrário
APRESENTAÇÃO
Assim como as empresas comerciais e prestadoras de serviços, as empresas ligadas ao 
agronegócio apresentam particularidades relacionadas aos procedimentos de registro e controle 
contábil. As mudanças ocorridas no cenário internacional da contabilidade societária nos 
últimos anos, principalmente a partir de 2010, impactaram significativamente os procedimentos 
relacionados ao registro e controle contábil, e em relação às empresas rurais não é diferente.
Nesta Unidade de Aprendizagem, você poderá identificar e compreender a importância da 
contabilidade aplicada às empresas do setor agrário como ferramenta fundamental no processo 
de gestão e tomada de decisão. Você tomará conhecimento também das diferenças existentes 
entre o ano civil e o exercício social no setor agrário, sendo esta talvez uma das características 
mais emblemáticas que diferencia a contabilidade aplicada ao setor agrário daquela aplicada às 
empresas comerciais tradicionais. Por fim, você compreenderá o objetivo, o alcance e as 
principais definições relacionadas aos ativos biológicos e produtos agrícolas, conforme a NBC 
TG 29 – Ativo Biológico e Produto Agrícola.
Bons estudos.
Ao final desta Unidade de Aprendizagem, você deve apresentar os seguintes aprendizados:
Identificar o papel da contabilidade para o setor agrário.•
Reconhecer a diferença entre ano civil e exercício social no setor agrário.•
Descrever o objetivo, o alcance e definições da NBC TG 29.•
DESAFIO
A atividade agropecuária mostra-se dinâmica sob inúmeros aspectos, principalmente em relação 
à forma como é operacionalizada, pois sofre a influência do clima e do tipo de produto que está 
sendo produzido em determinada época do ano, o que se chama sazonalidade.
Uma mesma propriedade rural pode atuar em áreas de produção agrícola e pecuária, atendendo a 
demandas em períodos diferentes, o que dificulta sobremaneira a determinação do ciclo 
operacional, fato que diferencia a empresa rural de uma empresa comercial. Nas empresas 
comerciais, o ciclo das operações normalmente coincide com o ano civil, o que acaba facilitando 
o reconhecimento do exercício social.
Outro fato relacionado à gestão da propriedade diz respeito ao reconhecimento dos ativos, 
delimitado e regulamentado pela NBC TG 29, que define conceitos especiais em relação aos 
bens da propriedade rural, caracterizando-os como ativos vivos, que por tal razão devem 
ter tratamento diferenciado nos registros contábeis.
O quadro a seguir apresenta um exemplo de atividades desenvolvidas ao longo do ano 
em uma empresa rural.
Você foi contratado como consultor contábil para ajudar na contabilidade dessa empresa rural.
Enquanto fazia um relatório para o dono da empresa, você se deparou com algumas questões 
que precisavam ser resolvidas. Após analisar o mix de produtos da empresa, responda:
a) Como você faria para determinar o exercício social que balizará o encerramento das 
atividades contábeis dessa empresa?
b) Pela natureza dos ativos, seria possível registrá-los no ativo não circulante imobilizado da 
empresa? Ou nos estoques? Com base no que preconiza a NBC TG 29, será que os critérios 
tradicionais poderiam ser aplicados nesse caso ou alguma prerrogativa especial deveria ser 
considerada?
INFOGRÁFICO
Dentre as mais importantes funções da contabilidade para o setor agrário, destaca-se aqui a 
geração de informações para tomada de decisão. A contabilidade é um dos meios mais eficazes 
nas entidades para que informações sejam coletadas, organizadas e sistematizadas a fim de 
subsidiar os interesses dos mais variados tipos de usuários, sejam eles os proprietários da 
empresa, investidores externos ou o próprio governo.
Veja no Infográfico a seguir o que é SPED Fiscal e sua importância para o produtor rural 
como elemento na geração de informações importantes para a gestão do negócio.
CONTEÚDO DO LIVRO
A contabilidade societária vem passando por significativas mudanças ao longo dos anos, 
principalmente a partir do momento em que passou a atender às necessidades de seus usuários 
de forma mais contundente, o que a tornou uma ciência mais relevante e completa.
Nesse sentido, são enfatizadas as mudanças trazidas a partir do advento da Lei 11.638/07 e 
da adoção do padrão IFRS para as práticas contábeis brasileiras, em amplo espectro, atingindo a 
maioria das empresas brasileiras, inclusive as empresas ligadas ao agronegócio.
No capítulo Procedimentos contábeis do setor agrário, da obra Contabilidade setorial, você vai 
aprofundar seus conhecimentos a respeito da importância da contabilidade aplicada às empresas 
rurais, bem como compreender a diferença entre os ciclos operacionais de empresas tradicionais 
e o que os diferencia das empresas ligadas ao meio rural. Você também vai tomar 
conhecimento das importantes mudanças trazidas pela normatização da contabilidade brasileira 
segundo os padrões IFRS e seus reflexos no reconhecimento e registro dos ativos biológicos e 
produtos agrícolas das empresas do ramo agropecuário.
Boa leitura.
CONTABILIDADE 
SETORIAL 
Luciana Paim Pieniz 
Procedimentos contábeis 
do setor agrário
Objetivos de aprendizagem
Ao final deste texto, você deve apresentar os seguintes aprendizados:
  Identificar o papel da contabilidade para o setor agrário.
  Reconhecer a diferença entre ano civil e exercício social no setor 
agrário.
  Descrever o objetivo, o alcance e as definições do NBC TG 29.
Introdução
A contabilidade, como ciência que fornece informações a respeito das 
entidades, tem o objetivo de subsidiar a gestão e o processo de tomada 
de decisão, e, em relação às empresas rurais, não se posiciona de forma 
diferente.
Embora com objetivos distintos, as empresas rurais são entidades 
complexas, sob o enfoque da geração de dados e informações, e depen-
dem das variáveis externas para a tomada de decisão, tais como variações 
climáticas e características edafoclimáticas (solo, clima, tipo de vegetação, 
quantidade de chuvas, luminosidade) (WEILL; ARRUDA; OLIVEIRA, 2000). 
Tal complexidade alia-se, ainda, às questões relacionadas à estacionali-
dade da produção e ao tipo de mercado em que a empresa atua, bem 
como ao mercado das commodities, o que aumenta ainda mais os riscos 
que o produtor assume em relação aos resultados econômicos esperados. 
Neste capítulo, você conhecerá a importância da contabilidade rural 
e seus procedimentos, principalmente aqueles relacionados aos ciclos 
operacionais das diferentes culturas influenciadas pela sazonalidade e 
pela demanda, característica predominante na atividade agropecuária. 
Além disso, conhecerá os principais atributos da NBC TG 29, que trata 
dos ativos biológicos e produtos agrícolas, seus objetivos, alcance e 
principais definições. 
A contabilidade e sua importância na gestão 
da empresa rural
Segundo Hendriksen e Van Breda (2015), o objetivo da contabilidade é medir 
os recursos de entidades específi cas, de modo a refl etir os direitos contra essas 
entidades e os interesses nelas existentes. Mas o que signifi ca exatamente isso? 
Os direitos a que se referem os autores seriam os capitais investidos nessas 
empresas, sejam eles dos próprios sócios ou de terceiros, ao passo que os inte-
resses seriam relacionados àqueles registros que representam um direito que a 
entidade exerce sobre terceiros. Ou seja, quando mencionam “direitos contra 
essas entidades”, os autores referem-se às obrigações. Em outras palavras, o 
objetivo da contabilidade é medir os recursos investidos em bens, direitos e 
obrigações registrados em nome da empresa. 
Na empresa rural, assim como nas empresas comerciais e de serviços, 
não é diferente. No entanto, deve-se considerar, ainda, a multiplicidade de 
atividades desenvolvidas na propriedade e, principalmente, relacionar o ob-
jetivo da empresa à demanda por decisões diárias, relacionadas a quanto devo 
comprar, que área devo plantar, em que período é melhor

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.