Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
24 pág.
Custos e despesas nas empresas de transporte

Pré-visualização | Página 1 de 4

Custos e despesas nas empresas de 
transporte 
APRESENTAÇÃO
As informações sobre os custos logísticos podem proporcionar, aos gestores das empresas de 
transportes, melhores tomadas de decisões e melhor gerenciamento do processo de transporte, 
otimizando os resultados. Um dos propósitos da logística é justamente entregar os produtos no 
local e no tempo acordados, ao menor custo, e o transporte é uma das atividades logísticas de 
maior custo dentro da cadeia de suprimentos.
Nesta Unidade de Aprendizagem, você irá aprender sobre os principais custos que envolvem 
uma empresa de transporte na sua prestação de serviços, assim como as suas principais despesas 
operacionais e a forma como esses custos logísticos são evidenciados na demonstração do 
resultado do exercício. Além disso, irá explorar os principais fatores que podem interferir na 
decisão da empresa em relação ao modal de transporte e o impacto desse modal nos custos fixos 
e variáveis.
Bons estudos.
Ao final desta Unidade de Aprendizagem, você deve apresentar os seguintes aprendizados:
Identificar os custos relacionados a empresas de transporte.•
Relacionar as despesas operacionais das empresas de transporte.•
Descrever o impacto dos custos logísticos na demonstração de resultados.•
DESAFIO
Para as empresas de transporte, conhecer os custos das opções de modais de transporte irá 
auxiliá-las na tomada de decisão de qual o melhor modal para atendê-la, de forma que obtenha o 
percentual de lucro desejado.
Os custos fixos e os custos variáveis são impactados diretamente pela escolha do tipo de modal 
de transporte, e a decisão dependerá não apenas dos custos, mas de outros fatores relacionados 
às características operacionais, como transporte da carga.
Os principais modais de transportes são o ferroviário, o rodoviário, o hidroviário, o dutoviário e 
o aéreo, e os custos de transportes por esses modais variam em razão do tipo de carga, do 
volume transportado e da distância percorrida.
Diante do exposto, observe a seguinte situação:
Considerando as informações passadas pela empresa:
a) Qual seria a melhor opção de modalidade de transporte diante dos custos da empresa?
b) Quais sugestões você poderia propor para a empresa de modo que maximizassem o seu 
resultado?
INFOGRÁFICO
Você conhece os fatores que podem influenciar nos custos dos transportes, inclusive na escolha 
do tipo de modal? Os custos dos transportes são influenciados por diversos fatores, que vão 
desde fatores internos à empresa, como a responsabilidade do pessoal, o acondicionamento e o 
manuseio da carga, até fatores externos à empresa, como, por exemplo, aqueles relacionados ao 
mercado, como a sazonalidade.
O conhecimento desses fatores e a análise das características operacionais dos modais fazem 
toda a diferença na tomada de decisão das empresas no momento de decidir qual o modal que 
melhor se enquadra para atender ao serviço e ao resultado esperado.
Neste Infográfico, conheça os principais fatores que podem influenciar os custos fixos e 
variáveis dos modais de transportes, assim como as principais características operacionais dos 
modais.
CONTEÚDO DO LIVRO
As empresas de transporte enfrentam uma série de desafios para determinação dos seus custos, 
principalmente para definir os preços dos seus serviços e para a tomada de decisões.
Os custos logísticos podem ser considerados variáveis estratégicas para empresas desse setor, 
não apenas pelo posicionamento no mercado, mas para liderança em custos. Portanto, é 
fundamental que as empresas saibam alocar corretamente os custos aos seus serviços.
No capítulo Custos e despesas nas empresas de transporte, da obra Contabilidade setorial, base 
teórica desta Unidade de Aprendizagem, você irá encontrar os principais conceitos acerca dos 
custos nas empresas de transportes, assim como os custos fixos e variáveis, a classificação ainda 
em custos diretos e indiretos, e de que forma os custos logísticos podem impactar na 
demonstração do resultado.
Boa leitura.
CONTABILIDADE 
SETORIAL
Rayla dos Santos Oliveira Dias
Custos e despesas nas 
empresas de transporte
Objetivos de aprendizagem
Ao final deste texto, você deve apresentar os seguintes aprendizados:
  Identificar os custos relacionados a empresas de transporte.
  Relacionar as despesas operacionais das empresas de transporte.
  Descrever o impacto dos custos logísticos na demonstração de 
resultados.
Introdução
O setor de transporte está cada vez mais competitivo, de modo que as 
empresas que operam nesse setor precisam gerenciar seus custos, a fim 
de identificar a melhor modalidade de transporte, bem como as melhores 
rotas para operar e obter vantagens competitivas. Desse modo, os custos 
são de extrema importância para a determinação do preço dos serviços. 
A gestão dos custos envolve os custos de coleta, entrega e transferência, 
e o correto gerenciamento permite melhores tomadas de decisões e 
resultados quanto aos objetivos almejados. 
Neste capítulo, você conhecerá os principais conceitos acerca dos custos 
nas empresas de transporte, como os custos fixos e variáveis, diretos e indi-
retos. Além disso, estudará as despesas operacionais e a forma como essas 
empresas evidenciam os custos logísticos na demonstração do resultado. 
1 Gestão de custos nas empresas de transporte
A logística busca, basicamente, pela otimização dos custos e a maximização 
dos serviços oferecidos pelas empresas, de forma a planejar e controlar todo 
o fl uxo da cadeia de suprimentos, que compreende desde o recebimento do 
pedido até a entrega, tendo como principal atividade, e de maior custo, o 
serviço de transporte. 
De acordo com a Confederação Nacional do Transporte (CNT) (2018), o 
transporte é visto como um dos pilares da economia do país, sendo essencial 
para o desenvolvimento e a expansão da capacidade de produção. Ou seja, quanto 
mais se produz no país, maior é a sua interface com o transporte e a logística. 
Para melhor compreensão das empresas de transporte, é importante, pri-
meiro, entender a estrutura de transportes, que é formada por uma infraes-
trutura física, veículos e transportadoras. Essas empresas operam por um ou 
por mais de um dos cinco tipos de modais básicos de transportes: ferroviário, 
rodoviário, hidroviário, dutoviário e aéreo (BOWERSOX et al., 2014). 
Antes de abordar especificamente os custos, faz-se necessário compreender 
as diferenças entre gastos, custos e despesas. Os gastos podem ser entendidos 
como a compra de um produto ou serviço que gere um sacrifício financeiro 
para a empresa, representado pela entrega ou promessa de entrega de ativos. 
Já os custos são gastos que ocorrem na aquisição de um bem ou serviço para 
a produção de outros bens ou serviços. Por fim, as despesas representam bens 
ou serviços consumidos direta ou indiretamente para a obtenção de receitas 
(MARTINS, 2018); a próxima seção tratará das despesas. O foco, agora, serão 
os custos, ou seja, os gastos que a empresa incorre para a produção de seus 
serviços de transporte. Os custos são divididos em: custos fixos e variáveis e 
custos diretos e indiretos. A seguir, serão apresentados os principais aspectos 
sobre cada um dos tipos de custos nas empresas de transporte. 
Custos fixos e custos variáveis 
A contabilidade de custos é um ramo da contabilidade que se destina a produzir 
informações para diversos níveis dentro da empresa em relação aos seus custos 
para a produção de um bem ou fornecimento de um serviço. A partir dessas 
informações, a empresa poderá gerenciar seu processo de custeio. 
Segundo Martins (2018), os principais sistemas de custeio são: custeio por 
absorção, custeio variável, custeio ABC e custeio RKW. Não é o foco deste capítulo 
analisar os sistemas de custeio, de modo que veremos apenas as características 
básicas de cada um deles. O custeio por absorção consiste na apropriação de todos 
os custos de produção dos bens elaborados; portanto, todos os gastos relativos
Página1234