255_METEOROLOGIA_E_CLIMATOLOGIA_VD2_Mar_2006
1 pág.

255_METEOROLOGIA_E_CLIMATOLOGIA_VD2_Mar_2006

Disciplina:CLIMATOLOGIA1.210 materiais17.003 seguidores
Pré-visualização1 página
METEOROLOGIA E CLIMATOLOGIA
Mário Adelmo Varejão-Silva

Versão digital 2 – Recife, 2006

241

Por outro lado, tendo em conta a hipótese hidrostática (dp = –ρgdz) e a equação de estado
do ar seco (considerado comportar-se de modo ideal), pode-se ver que:

dp/p = –(goMa/RT)dz.

Combinando as duas equações precedentes, tem-se:

dp/p = (goMa/R) / [dz/(To + ΓICAO z)].

Multiplicando e dividindo por ΓICAO:
d(ln p) = (goMa / RΓICAO) d[ln (To – ΓICAO z)].
Integrando, resulta:

p/po = {[ To – ΓICAO(z – zo) ] /To} c (VI.10.2
desprezando-se a pequena variação de g com a altitude até 11000 m. O expoente goMa/RΓICAO é
igual a 5,255853. Reciprocamente, vê-se que:

T = To { p/po}
 RΓICAO / goMa, (VI.10.3)

onde ΓICAO R / (Ma go) = 0,190264.

Valores da pressão, temperatura e altitude para a troposfera, segundo o modelo ICAO da
atmosfera, calculados de conformidade com as expressões acima referidas, constam da Tabela
VI.3.

11. Diagramas aerológicos equivalentes.

Os dados aerológicos obtidos através de radiossondagens são usados para identificar as
características dinâmicas e termodinâmicas da atmosfera. Com o crescente avanço tecnológico
na área de informática tornou-se rotineiro proceder a análise de perfis aerológicos usando micro-
computadores dotados do software apropriado. A tendência atual é que todas as estações de
prospecção atmosférica disponham de equipamento capaz de fornecer automaticamente os pa-
râmetros requeridos, eliminando, inclusive, erros operacionais. No entanto, aceita-se que a análise
gráfica, utilizando diagramas aerológicos impressos (a única possível antes da informática) é uma
forma interessante de iniciar o estudo de perfis atmosféricos, por oferecer ao estudante uma visão
mais abrangente dos aspectos físicos envolvidos.

Nesses diagramas aparecem várias famílias de linhas (isóbaras, isotermas, adiabáticas
secas, pseudo-adiabáticas e isolinhas de razão de mistura saturante) além de uma escala que
relacione pressão com altitude, segundo uma atmosfera padrão.

 A confecção desses gráficos fundamenta-se no diagrama de Clapeyron, cujas coordena