TPICOS PARA A PROVA EXPLICADOS (neuroanato)
7 pág.

TPICOS PARA A PROVA EXPLICADOS (neuroanato)


DisciplinaAnatomia II1.658 materiais29.179 seguidores
Pré-visualização2 páginas
interna:
A. cerebral anterior : porções proximal/pré-comunicante, comunicante anterior e distal/pericalosa (caminha \u201ccolada\u201d ao corpo caloso). Nutre as áreas sensitivas e motoras do m. Inferior no córtex, além de áreas relacionadas a memória. 
A. Cerebral média (continuação da carótida)
SISTEMA CAROTÍDEO/ CIRCULAÇÃO ANTERIOR (80% do sangue): formado pelas aa carótidas internas e seus ramos. Elas cruzam o SEIO CAVERNOSO, envolvida por tecido conjuntivo que a separa do sangue venoso dos seios cavernosos. OBS: ruptura da carótida dentro do seio cavernoso não leva à hemorragias no cérebro, mas inverte o fluxo sanguíneo, causando exoftalmia, pois o sangue venoso não circula, formando veias varicosas.
SISTEMA VERTEBROBASILAR/CIRCULAÇÃO POSTERIOR: a partir das artérias vertebrais, da basilar e seus ramos .
- Córtex Cerebral:
Divisões do córtex:
CLASSIFICAÇÕES: 
Anatômica
Filogenética
Citoarquitetônica
Funcional de Lulia
Camadas e funções
CAMADAS (de + externa pra + interna):
Molecular: poucas cels.
Granular externa: cels estreladas e pequenas que recebem informações de fora p/ dentro
Piramidal externa: cels triangulares efetoras
Granular interna: semelhante a externa
Piramidal interna: c/ cels gigantes de Betz
Fisiforme: se comunicam a região profunda do cérebro
AS PIRAMIDAIS NAS ÁREAS MOTORAS SÃO MAIS EXUBERANTES
AS GRANULARES SÃO MAIS EXPRESSIVAS NAS ÁREAS SENSITIVAS
 FUNÇÕES:
Sensibilidade e cognição
Planejamento e iniciação dos movimentos
Processos mentais complexos (pensamento, raciocínio)
Compreensão e expressão da linguagem
Memória e aprendizagem
Experiências emocionais e motivacionais
Gânglios da base: subdivisão simples, funções, doenças relacionadas (Parkinson e a estrutura geralmente afetada por ela)
SUBDIVISÃO SIMPLES: 
*CORPO ESTRIADO:
- Núcleo caudado
- Putâmen
- Globo pálido: estrutura efetora
- Núcleo lentiforme: medialmente há um conjunto de fibras brancas, a CÁPSULA INTERNA ( todas as fibras sensitivas, exceto a olfatória, trafegam por ela; é um espaço estreiro vascularizado pelas aa. Ventículo-estriadas, ramos da cerebelar média.
FUNÇÕES: 
relacionados ao controle motor
recebem e transmitem informações cerebrais
participação no regulação do comportamento emocional atrelado ao motor, como demonstração de tristeza, alegria... ( porção ventral do corpo estriado)
regulação motora somática (porção dorsal do corpo estriado)
Importância no planejamento motor (ex:ato de escrever)
 PARKINSONISMO (rigidez balançante)
Bradicinesia (pobreza de mov./ atos motores)
Rigidez intensa da musculatura (ato motor não bem planejado)-> conexões dos gânglios da base com o córtex são desfeitos \u2013 não há planejamento dos movimentos).
Tremor de repouso, principalmente nas mãos;
Instabilidade postural: passos curtos, postura curvada, dificuldade de iniciar um ato motor;
Diminuição do balanceio dos braços;
Face fixa (sem demonstração de emoções);
Rigidez e tremor das extremidades e cabeça;
Movimentos engrenados dos membros.
HIPERCINESIAS (DISCINESIAS): doenças relacionadas a disfunção
Coreia: tremores no corpo todo por causa degenerativa ou por processos inflatórios
Balismo: tremores em algumas partes dos membros
Atitose: distonia
Distonia: posturas anômalas que ficam rígidas
Áreas motoras primárias e sensitivas secundárias
Com base na classificação funcional de Lulia:
- 3 segmentos:
 Áreas de projeção primárias: relacionam-se a uma função bem definida, cada um possui uma área secundária associada. Podem ser:
Sensitivas
Motoras
Áreas de projeção secundárias (de associação). Podem ser:
Secundárias (unimodais: sensitivas e motoras). São estimuladas antes das primárias motoras;
Terciárias (polimodais: de associação). Podem ser:
Pré-frontal: previsão do ato motor, antecipação deste; relação com área 18 e 19 (associadas a área cortical primária da visão). É a ponta do lobo frontal. Perda leva a ABOLIA (perda da reação a acontecimentos internos e externos: perda do controle de atitudes sociais, pode levar a agressividade. Ex: o caso do mocinho lá que começou a bater na mulher)
Parietotempo-occipital: ajuda a interpretar o lado contralateral da visão.
Áreas 3 2 1, 17, 18, 19
Área 17: visual
Área 18 e 19: associadas a 17
Áreas de Broca e Wernicke (localização em qual lobo ou junções de lobos):
ÁREA DE BROCA: Controle motor da fala. Íntima associação com a área de Wernicke; situa-se anteriormente a área motora primária que controla a face os lábios e a língua. Responsável pela expressão da linguagem falada. Local onde as palavras a serem pronunciadas serão formadas. Lesões geram AFASIA MOTORA
ÁREA DE WERNICKE: controle sensorial da fala. Associação auditiva; compreensão da linguagem falada; interpretação da linguagem falada, escrita e tateada; função interpretativa geral
AMBOS NA ÁREA TERCIÁRIA
Lesão em área associativa
Falta: Área 321, lesão em area associativa, loc das areas de broca e wernicke, vasc do tronco cerebral, nucleos talamicos.