Exemplo de Setorizacao
11 pág.

Exemplo de Setorizacao


DisciplinaResíduos Sólidos Urbanos30 materiais172 seguidores
Pré-visualização1 página
Exemplo de Setorização 
Professor: Álvaro Cantanhede 
\u2022 3 setores para 3 caminhões 
\u2022 14 subsetores 
Setor N° 1 (Zona Comercial) -------- Caminhão N° 1 
Freqüência: 6 vezes/semana 
N° de viagens: 2 viagens/dia 
 
 
Setores N° 2 e 3 (Zona Residencial)-------- Caminhões N° 2 e 3 
Freqüência: 2 vezes/semana 
N° de viagens: 2 viagens/dia 
Definição dos subsetores: 
 
 
 
Dia 2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ªfeira Sábado 
Viagem 1ª 2ª 1ª 2ª 1ª 2ª 1ª 2ª 1ª 2ª 1ª 2ª 
Caminhão 
N° 1 
I-I 1-2 l-I 1-2 I-I 1-2 l-I 1-2 l-I 1-2 1-1 1-2 
Caminhão 
N° 2 
2-1 2-2 2-3 2-4 2-5 2-6 2-1 2-2 2-3 2-4 2-5 2-6 
Caminhão 
N° 3 
3-1 3-2 3-3 3-4 3-5 3-6 3-1 3-2 3-3 3-4 3-5 3-6 
 
 
 
Informações necessárias 
 
a) Equipamento de coleta disponível - número, tipo, 
tamanho e estado. 
 
b) Densidade de lixo no caminhão coletor. 
 
c) Freqüência de coleta. 
 
d) Número de viagens factíveis de o caminhão realizar 
durante a jornada normal de trabalho. 
 
 Este número dependerá principalmente dos seguintes 
fatores: quantidade de resíduos sólidos em cada ponto 
de coleta, tipo de recipientes, estado de pavimentação 
das ruas, condições de tráfego, comprimentos das rotas, 
distância ao local de destino final, condições mecânicas 
do caminhão coletor, etc. 
Procedimento de cálculo para determinar o tamanho dos 
setores e subsetores de coleta de lixo 
\u2022 População total: 100.000 habitantes 
 
\u2022 Área total: 640 hectares 
\u2013 Zona Comercial: 40 hectares 
\u2013 Zona Residencial: 600 hectares 
 
\u2022 Densidade da população 
\u2013 Zona Comercial: 250 hab/ha 
\u2013 Zona Residencial: 150 hab/há 
 
\u2022 Produção de lixo per capta (PPC) 
\u2013 Zona Comercial: 1.750 kg/hab/dia 
\u2013 Zona Residencial: 0.875 kg/hab/dia 
\u2022 Equipamentos de coleta disponíveis: 13 compactadores 
de 16 yd³ (= 12.22 m³) 
 Densidade de lixo no caminhão: 500 kg/m³ 
 
\u2022 Freqüência de coleta 
\u2013 Zona Comercial: 6 vezes por semana 
\u2013 Zona Residencial: 2 vezes por semana 
 
\u2022 Número de viagens factíveis de serem realizadas por 
cada caminhão durante a jornada normal de trabalho: 2 
viagens 
 
 
Procedimento de cálculo para determinar o tamanho 
dos setores e sub-setores de coleta de lixo 
 
Pode-se obter o número de subsetores na zona comercial 
da seguinte forma: 
 
\u2022 20.4 ton/dia: 6.11 ton/viagem: 1.0 viagem/subsector/dia = 
3.34 < 4 subsectores 
 
\u2022 Cada caminhão pode oferecer serviço de coleta de lixo a 
dois subsetores comerciais, como mostra a seguinte 
equação: 
 
6 dias/semana x 2 viagens/dia/caminhão = 2 subsetores/ 
 6 viagens/subsetor/semana caminhão 
Procedimento de cálculo para determinar o 
tamanho dos setores e sub-setores de coleta de lixo 
Procedimento de cálculo para determinar o tamanho dos 
setores e subsetores de coleta de lixo 
 No caso de se realizar a coleta duas vezes por semana, 
na primeira, se recolhe o lixo produzido em quatro dias, e 
na segunda, o que foi produzido em três dias. Portanto, é 
necessário adotar quatro dias como fator de projeto. 
 
\u2022 600 ha x 150 hab/ha x 0.875 kg/hab/dia x 4 dias/1ª coleta 
= 315 ton/1ª coleta. 
 
\u2022 Número de subsetores na zona residencial: 315 ton/ 1ª 
coleta: 6.11 ton/viagem: 1.0 viagem/subsetor/ 1ª coleta = 
51.6 < 54 subsetores. 
 
\u2022 Cada caminhão pode oferecer o serviço de coleta de lixo 
a seis subsetores residenciais, tal como é mostrado a 
seguir: 
6 dias/semana x 2 viagens/dia/caminhão = 2 sub/caminhão 
6 viagens/subsetor/semana 
\u2022 Portanto, é necessário alocar dois compactadores (= 4 
subsectores : 2 subsetores/caminhão) na zona 
comercial. Isto pode ser visto a seguir: 
 
\u2022 Setor N° 1 (20 ha, Zona Comercial) Compactador N° 1 
\u2022 Subsetor 1-1 (10 ha) la viagem (2ª feira - sábado) 
\u2022 Subsetor 1-2 (10 ha) 2a viagem (2ª feira - sábado) 
\u2022 
 
\u2022 Zona ResidencialSetor N° 2 (20 ha, Zona Comercial) Compactador 
N° 2Subsetor 2-1 (10 ha) ........ 1 a viagem (2ª feira - sábado) 
\u2022 Subsetor 2-2 (10 ha) ..........2ª viagem (2ª feira -sábado) 
Procedimento de cálculo para determinar o tamanho dos 
setores y subsetores de coleta de lixo 
 
Setor N° 2 (20 ha, Zona Comercial) ......................................................... Compactador N° 2 
\uf0b7 Subsetor 2-1 (10 ha)............................................... 1 a viagem (2ª feira - sábado) 
\uf0b7 Subsetor 2-2 (10 ha)............................................... 2ª viagem (2ª feira -sábado) 
Procedimento de cálculo para determinar o tamanho 
dos setores e subsetores de coleta de lixo 
 Portanto, é necessário alocar nove compactadores (= 54 
subsectores: 6 subsetores/caminhão) na zona 
residencial, o que pode ser visto a seguir: 
 
 
 
Setor N° 3 (66.7 ha, Zona Residencial) ....................................Compactador N° 3 
\uf0b7 Subsetor 3-1 (11.1 ha) .............................. 1ª viagem (2ª e 5ª feira) 
\uf0b7 Subsetor 3-2 (11.1 ha) .............................. 2ª viagem (2ª e 5ª feira) 
\uf0b7 Subsetor 3-3 (11.1 ha) .............................. 1ª viagem (4ª e 6ª feira) 
\uf0b7 Subsetor 3-4 (11.1 ha) .............................. 2ª viagem (4ª e 6ª feira) 
\uf0b7 Subsetor 3-5 (11.1 ha) .............................. 1ª viagem (4ª e sábado) 
\uf0b7 Subsetor 3-6 (11.1 ha) .............................. 2ª viagem (4ª e sábado) 
° Zona Residencial Compactador N° 3 
Subsetor 3-1 (11.1 ha) 1ª viagem (2ª e 5ª feira) 
Subsetor 3-2 (11.1 ha) 2ª viagem (2ª e 5ª feira) 
Subsetor 3-3 (11.1 ha) 1ª viagem (4ª e 6ª feira) 
Subsetor 3-4 (11.1 ha) 2ª viagem (4ª e 6ª feira) 
Subsetor 3-5 (11.1 ha) 1ª viagem (4ª e sábado) 
Subsetor 3-6 (11.1 ha) 2ª viagem (4ª e sábado) 
 
 
Sector N° 4 (66.7 ha, Zona Residencial) ------------------Compactador N° 4 
Sector N° 11 (66.7 ha, Zona Residencial) ------------------ Compactador N° 11 
Conclusões 
 É necessário estabelecer 11 setores e 58 subsetores 
nesse exemplo. 
 
 É possível oferecer o serviço com 11 compactadores, 
tendo 2 de reserva para facilitar o serviço de 
manutenção preventiva de equipamentos. O fator de 
capacidade programado é de 71.7% a 95.4%, sendo 
83.5% a média.