A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
25 pág.
Eleco Apostila de prática 2012-2 (1)

Pré-visualização | Página 5 de 8

característica de ecossistema aberto, intimamente associado 
aos ambientes marinho e terrestre, e à sua elevada produtividade primária. O transporte de matéria 
para dentro do ecossistema, sua ciclagem e conseqüente exportação do ecossistema, são controlados 
por fatores físicos (maré e chuvas) e biológicos (queda das folhas, decomposição, atividades da 
fauna, etc.) (Araújo & Maciel, 1979). O manguezal constitui um local de abrigo, alimentação e 
criadouro para uma enorme variedade de peixes, moluscos, crustáceos (características da zona 
costeira), além de aves, répteis, mamíferos da Mata Atlântica ou oriundas de outras regiões (por 
exemplo, aves migratórias que utilizam os manguezais como pontos de repouso, abrigo e 
alimentação na rota de migração). Assim, o os manguezais possuem papel importante na 
manutenção da alta diversidade biológica, estrutural e funcional da zona costeira, apesar da 
reduzida diversidade de suas espécies vegetais quando comparada à de outros ecossistemas, sendo 
também vital para a manutenção dos estoques pesqueiros. Além de servir de abrigo para espécies de 
valor econômico, é uma importante fonte de matéria orgânica para as águas adjacentes, funcionando 
como um "transformador" de nutrientes em tecido/estrutura vegetal e animal (matéria orgânica) 
exportados para as águas costeiras. Esse material exportado, enriquecido com fungos e bactérias, 
constitui a base da cadeia alimentar dessas águas (Soares, 1997). Por esses atributos, nos últimos 
anos, tem-se dado maior atenção à conservação dos manguezais.  
 

 



 13

Os manguezais da baía de Guanabara 
Na região do litoral fluminense, onde localiza-se a baía de Guanabara, são encontradas três 

espécies vegetais típicas de manguezal: Rhizophora mangle, Avicennia schaueriana e Laguncularia 
racemosa. A ocorrência, a contribuição em termos de dominância e o maior desenvolvimento 
estrutural de cada uma dessas espécies dependerão das características ambientais de cada região em 
associação com as tolerâncias de cada espécie a esses fatores, bem como da interação biológica 
entre as espécies existentes no ecossistema (Soares, 2006). 
 Os manguezais da baía de Guanabara foram progressivamente destruídos e alterados à 
medida que a costa sofreu o processo de intensa urbanização. Podemos citar como os principais 
processos responsáveis pela degradação da baía e dos manguezais associados: desmatamento para 
diversos fins, aterro de diferentes naturezas, ocupação por favelas e expansão urbana, retificação, 
alteração de curso e canalização de rios e canais, esgoto doméstico, despejos de resíduos industriais, 
refinarias, atividade portuária, pesca predatória, captura predatória de caranguejos, lixo de diversas 
origens, deposição de lixo urbano formando os chamados “lixões” (Soares, 2006). 
   

O manguezal no rio Guapimirim (Baía de Guanabara) 
 

Que tipo de vegetação encontramos predominantemente nesta região? Quais as características 
deste manguezal? (Observe o tipo de solo, a disposição, o tipo de vegetação, etc.) 
________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

 

Características da vegetação do mangue 
 

Do ponto de vista ecológico, as espécies de plantas de mangue são semi-halófitas ou, pelo 
menos, tolerantes à salinidade em variados níveis. A tolerância à salinidade é mantida através de 
diferentes mecanismos morfológicos e fisiológicos, que poderiam ser reunidos em três categorias. 
Quais seriam estes mecanismos? 
________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

Outro fator que influencia a estrutura do mangue é seu sedimento inconsolidado. As partículas 
finas, aliadas ao movimento da maré, dão ao mangue uma grande mobilidade. Assim, a vegetação 
precisa de adaptações para conseguir se fixar, além de adaptações para a anoxia (falta de oxigênio) 
desse sedimento. 
Quais seriam estas adaptações? 
________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

No mangue de Guapimirim, além da presença da samambaia do mangue e de algumas espécies de 
área de transição como o algodoeiro da praia (Hibiscus), temos basicamente três tipos de árvores. 
Descreva algumas de suas características: 
1) Rhizophora 
________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________  

 



 14

2) Laguncularia 
________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

3) Avicenia 
________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

 

Quais as outras plantas que podemos encontrar nesse ecossistema (aquáticas e na zona entre-
marés)? 
________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________ 

 

Fauna no mangue 
A fauna de manguezal é constituída por espécies residentes e visitantes. Apesar da baixa 

diversidade de animais, observa-se uma grande quantidade deles, dentre os quais estão crustáceos, 
moluscos, aves, peixes e pequenos mamíferos. 
Qual a importância dos animais no manguezal? (Lembre-se que temos diferentes níveis de 
cadeia trófica neste ecossistema) 
________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

________________________________________________________________________________ 

 

Animais que podem ser observados: 
- Ucides cordatus (caranguejo-verddeiro ou uca-una) - escava galerias em locais sombreados, com 
sedimento lodoso e inundados periodicamente pela maré; apresenta cerdas nas pernas e geralmente 
coloração cinza-esverdeada ou castanho-amarelada; alimenta-se de folhas do mangue, armazenadas 
nas galerias e cobertas por fungos; os machos apresentam quelas maiores e mais largas que as 
fêmeas. 
- Cardiosoma guanumi (Guaiamum) - escava, em solos salinos, galerias profundas próximas à água 
doce, podendo ser encontrado em locais muito afastados do mar; apresenta coloração azul, quelas 
grandes e esbranquiçadas, não possui cerdas nas pernas e se alimenta de grande