26. meningites

26. meningites


DisciplinaInfectologia1.647 materiais7.419 seguidores
Pré-visualização6 páginas
26.24		1.56
		1996		7.76		7.02		5.30		6.19		0.33				1996		23.27		19.91		26.38		29.18		1.26
		1997		7.26		6.43		5.33		5.47		0.52				1997		21.86		21.32		25.70		29.03		2.09
		1998		17.27		8.95		4.96		4.70		1.35				1998		12.63		13.33		24.04		46.38		3.62
		1999		12.64		7.71		5.41		4.70		1.50				1999		14.71		16.94		24.12		39.54		4.69
		2000		14.91		7.08		4.31		4.50		1.46				2000		13.96		13.36		21.96		46.21		4.51
		2001		15.52		7.22		3.66		3.21		1.21				2001		10.41		11.87		23.42		50.38		3.92
		2002		21.87		7.26		3.84		3.11		1.49				2002		8.27		10.23		19.31		58.21		3.97
		2003		11.73		4.86		3.17		2.62		1.17				2003		11.11		13.46		20.65		49.82		4.96
		
																		total		bac n.det.		virais		n.espec.
																1990		10019		2135		3507		229
																1991		10716		2304		3675		202
																1992		11177		2870		4278		250
																1993		8432		2342		2539		151
																1994		8551		2369		2400		127
																1995		9079		2471		2382		142
																1996		9064		2391		2645		114
																1997		8650		2223		2511		181
																1998		13139		3159		6094		476
																1999		11448		2761		4527		537
																2000		11945		2623		5520		539
																2001		11595		2716		5841		455
																2002		14342		2770		8349		570
																2003		9115		1882		4541		452
*
*
*
Meningoencefalites virais
Principais agentes etiológicos:
Enterovírus
Herpes vírus (HSV, VVZ, CMV, HHV-6, VEB)
Vírus da caxumba
Vírus do sarampo
Adenovírus
Outros (WNV, Rocio, VCL, rotavírus, etc..)
*
*
*
Meningites virais
Orientações em surtos:
Medidas de higiene em banheiros, lavatórios e bebedouros
Reforçar higiene pessoal individual (lavagem freqüente de mãos, especialmente após troca de fraldas e desinfecção de superfícies contaminadas)
Afastar das atividades escolares as crianças com sintomas
CDC
*
*
*
Definição de casos de meningite viral
FUNASA
*
*
*
FUNASA
*
*
*
Clique para editar o estilo do título mestre
Clique para editar o estilo do subtítulo mestre
*
*
*
Quimioprofilaxia em Meningites
Objetivos:
Erradicar portador assintomático
Prevenir doença invasiva 
N. meningitidis e H. influenzae
*
*
*
Meningites - Quimioprofilaxia
Indicação: 
 Contato íntimo do caso índice
 Exposição direta a secreções
Profissionais de saúde 
 Surtos 
Análise pela Saúde Pública
 
OBS.: O caso índice deve receber quimioprofilaxia, a menos que tenha sido tratado com ceftriaxona ou cefotaxima
*
*
*
Meningites - Quimioprofilaxia
Contato íntimo
 Domicílio
 Na escola: 
Sala de aula por mais de 4 horas
Escola com mais de um caso
 Na creche:
Contato por mais de 4 horas durante os últimos 7 dias
*
*
*
Meningites - Quimioprofilaxia
Haemophilus influenzae 
Rifampicina 
20 mg/kg/dia uma vez ao dia por 4 dias (metade da dose para menores de 1 ano)
 Devem fazer quimioprofilaxia:
Crianças até 5 anos e adultos que tenham contato com crianças menores de 5 anos
*
*
*
Profilaxia
MENINGITE POR H. influenzae
Somente se criança menor que 5 anos
Creches/escolas: menos de 24 meses + 2º caso 
Rifampicina 
E as crianças vacinadas?
Vacinação completa
Vacinação incompleta
Adultos contatos domiciliares e criança <4a vacinada
Adulto contato domiciliar e criança <4a NÃO vacinada
Meningite 
*
*
*
Meningites - Quimioprofilaxia
Neisseria meningitidis
Rifampicina 
20 mg/kg/dia 12/12 horas por 2 dias (metade da dose para menores de 1 ano)
 Devem fazer quimioprofilaxia:
Todos os contatos íntimos
Exposição às secreções
*
*
*
Profilaxia 
MENINGITE MENINGOCÓCICA
Domicílios coletivos
Alojamentos
Relação íntima e prolongada
Creche/ escola 
Profissionais da saúde
Rifampicina 	600mg 		12/12h por 2 dias
					10mg/kg
Ciprofloxacina 750mg 	
Ceftriaxone 250 mg IM em gestantes
E a vacina?
			 	
Meningite 
*
*
*
Meningites - Quimioprofilaxia
Opções 
Ceftriaxona 250 mg IM para gestantes ou reacoes a rifampicina
Ciprofloxacina 500 mg VO dose única para profissionais de saúde expostos \u2013 método cômodo
*
*
*
 Imunoprofilaxia
(Vacinas)
 - Anti - H. influenzae (HiB)
 - Anti - pneumocócica
 - Anti - meningocócica 
Meningite bacteriana
*
*
*
Vacina 
anti - Haemophilus influenzae
\uf0e9 Eficaz para doenças invasivas (meningite)
Vacinas conjugadas
Indicações
Calendário básico (2, 4, 6 meses)
Imunodeprimidos (2, 4, 6 meses e reforço aos 15 meses)
Imunização perdida (1 dose se maior que 1 ano)
*
*
*
Vacina 
anti-Streptococcus pneumoniae
Eficaz para as cepas da vacina
Pneumo 23 (antígenos polissacarídeos)
 A partir de dois anos de idade e reforços a cada 5 anos 
 Indicação somente em imunossuprimidos
Heptavalente (conjugada)
 Após 2 meses de idade 
 4 doses (2, 4, 6 meses e 1 ano) 
Indicações
 Imunodeprimidos, asplenia
*
*
*
Vacina 
anti-Neisseria meningitidis
Monovalente
 Meningococica C - Conjugada
Bivalente
 A e C
 B e C
*
*
*
Indicação de Vacinação 
Ministério da Saúde
Ocorrência de surto de doença meningocócica (DM)
Três ou mais casos primários de DM
Mesmo sorogrupo
Período inferior a três meses
Coef.de incidência: 10 casos/100.000 hab
Fonte: COVER-SINAN/CGDT/DEVEP/SVS/MS
*
*
*
Obrigado pela atenção