Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
RESUMÃO TABAGISMO NA ODONTOLOGIA

Pré-visualização | Página 1 de 1

GIOVANNA MORELLI – DIREITOS AUTORAIS 
 
O tabaco é cada vez mais comum na 
sociedade, porém ele contém inúmeras 
substâncias tóxicas ao organismo e a 
saúde bucal. → O hábito de fumar, 
adquirido por muitos pacientes, têm 
aumentado o índice de doenças 
periodontais, dentes perdidos e 
alterações na mucosa bucal. 
 
________________________________________________ 
FUMO = é considerado um fator de 
risco, muitas vezes associado a 
prevalência de periodontite severa. 
Contudo, a relação com perda óssea 
alveolar também é grande. 
 
TABAGISMO = esse hábito também 
está total relacionado com retrações 
gengivais. Isso ocorre por causa da 
migração apical da gengiva → resulta 
em exposição radicular. 
 
CÁRIE = também está bem presente 
em pacientes fumantes, bem como a 
perda de dentes. 
 
 
GENGIVITE = a maior tendência da 
gengivite em pacientes fumantes é 
sem o sangramento convencional. Isso 
pode ter relação com as alterações 
inflamatórias e com o acúmulo de 
placa bacteriana. 
 
IDADE = à medida que a idade 
aumenta, tende a aumentar todas as 
outras variáveis, exceto dentes hígidos. 
 
 
Características Gerais do Periodonto 
 
 Dentes com perda de inserção 
 Perda óssea alveolar 
 Presença de cálculo 
 Gengiva fibrótica 
 Bolsa periodontal 
 Retração gengival 
 Hipermobilidade 
 Sangramento 
 Supuração 
 
CONCLUSÃO = os fumantes 
possuem a maior perda dentária, do 
que pacientes não fumantes, além 
de doença periodontal avançada e 
cáries 
 
GIOVANNA MORELLI – DIREITOS AUTORAIS