A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
25 pág.
Cuidado ao idoso Hipertenso na Pandemia

Pré-visualização | Página 1 de 2

BACHARELADO EM ENFERMAGEM
Hayands Batista Alves
Teresina
2021
Visita domiciliar no cuidado ao idoso Hipertenso: Dificuldades 
e desafios diante da situação de Pandemia de Covid-19
https://images.app.goo.gl/DGnoXS8ZcoJeeR6Z
A
https://images.app.goo.gl/1w6dvAc2MiVdy8GK6https://images.app.goo.gl/TwzPCETS2CHoHJX58 https://images.app.goo.gl/fiTz6ATfqfnWAaZT9
hayandsbatistaalves@gmail.com
mailto:hayandsbatistaalves@gmail.com
INTRODUÇÃO
• Os PROBLEMAS decorrentes do envelhecimento
crescente da população incluem aqueles relacionados às:
→Dificuldades dos sistemas de saúde em lidar com as
crescentes necessidades da população idosa,
→Dificuldades que influenciam não apenas o aumento dos
custos de cuidados, mas também, afetando a capacidade de
organização dos diferentes níveis de cuidados
(GUERRA et al, 2015).
• O envelhecimento é associado com a cronicidade e
progressiva ocorrência de várias doenças.
• Isso representa um grande desafio para o cuidado,
especialmente dos idosos mais frágeis e com novas
necessidades.
• A população na faixa etária acima de 65 está
aumentando significativamente e, entre estes, o os idosos
acima de 80 anos são um grupo que tende a aumentar
https://images.app.goo.gl/FPS3LfpFRMkhHLff6
https://images.app.goo.gl/zvnSHoNJ2Haj83FM8
Estratégia Saúde da Família (ESF) 
e o Atendimento Domiciliar (AD) 
•ESF foi planejada para reorientar a atenção à
saúde da população, fomentando a qualidade de
vida, mediante a promoção do envelhecimento
saudável, com o objetivo de fortalecer o
trabalho em rede para contemplar a atenção
aos idosos saudáveis e atender àqueles com
diferentes graus de incapacidade ou
enfermidade, inclusive nos domicílios.
•O processo do cuidar em AD está interligado
diretamente aos aspectos referentes à estrutura
familiar, à infraestrutura do domicílio e à
estrutura oferecida pelos serviços para essa
assistência.
https://images.app.goo.gl/2TbwCTkTgtJCBM9k8
(MUNIZ et al, 2017).
https://images.app.goo.gl/ANUXPd51QTvB42vb6
As equipes de atenção básica e o perfil epidemiológico domiciliar
As equipes de Atenção Primária, em especial os profissionais de enfermagem que fazem parte
delas, são um dos pontos fortes do sistema de intervenção, principalmente dos cidadãos
dependentes e com a saúde fragilizada.
O perfil epidemiológico dos idosos que necessitam de cuidados domiciliares é:
• Diversas doenças (mais de dois processos crônicos)
• Os que tomam muitas medicações
• Frágil ou com alto grau de incapacidade
• Dependentes de cuidadores informais ou formais, necessitando de assistência de saúde e,
especialmente, de cuidados em se tratando de idoso ou com limitações funcionais ou cognitivas,
fornecido na casa ou instituições pela equipe de enfermagem.
https://images.app.goo.gl/7dVLSLChgQDTsBXa9
https://images.app.goo.gl/jsiufLVGVGEaXf596
https://images.app.goo.gl/T5MrKkJdYbXCnRSW6
https://images.app.goo.gl/igBSz5bmBHFXzsjcA
Atenção domiciliar às pessoas idosas
É um conjunto de ações realizadas por uma equipe interdisciplinar no domicílio do
usuário/família, a partir do diagnóstico da realidade em que está inserido, de seus potenciais
e limitações. Articulam promoção, prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação,
favorecendo assim, o desenvolvimento e adaptação de suas funções de maneira a restabelecer
sua independência e a preservação de sua autonomia (BRASIL, 2006).
https://images.app.goo.gl/XhBGQ3sfijRtDUgD9 https://images.app.goo.gl/MeAGap7VQM8eMyJC9 https://images.app.goo.gl/hfCZCcA5F3HSLvC96
AÇÕES E ATIVIDADES DA ATENÇÃO À SAÚDE DA PESSOA IDOSA 
► Realizar a abordagem global do idoso com SG
ou SRAG, utilizando fluxograma de Classificação
Clinico Funcional dos Idosos (MORAIS et al
2020b);
► A APS deverá monitorar diariamente os
domicílios onde residam idosos frágeis, via visita
do ACS ou equipe de enfermagem, ou através de
ligação telefônica;
► Disponibilizar o número do telefone da
unidade de saúde, ORIENTANDO ao idoso e/ou
cuidador que antes de ir à unidade de saúde,
fazer contato prévio com a equipe,
principalmente na suspeita de síndrome gripal
Fonte imagens: google imagens
AÇÕES E ATIVIDADES DA ATENÇÃO À SAÚDE DA PESSOA IDOSA 
► Deve-se manter nutrientes para os idosos,
evitando-se ou proibindo-se dietas restritivas; o
aporte de líquidos deve ser otimizado;
► ESTIMULAR a mobilidade dentro do domicílio
para evitar a perda da massa muscular e outras
complicações;
► A medicação para os idosos frágeis deverá ser
entregue no domicílio;
► A VACINAÇÃO dos idosos devem ser realizadas,
preferencialmente, no domicilio, priorizando os
frágeis e em fragilização e com mais comorbidades;
Fonte imagens: google imagens
AÇÕES E ATIVIDADES DA ATENÇÃO À SAÚDE DA PESSOA COM HIPERTENSÃO 
► Orientar e sensibilizar a COMUNIDADE quanto à necessidade de
procura por atendimento na sua unidade de saúde, somente, para
avaliação de possíveis complicações da Condição Crônica,
deixando demandas mais simples e menos urgentes para um segundo
momento;
► ENVOLVER A EQUIPE MULTIPROFISSIONAL (equipe SF, equipe de
APS, equipe SB e antigo NASF) nas demandas multidimensionais dessas
pessoas;
► Acompanhar e manejar PRECOCEMENTE os pacientes de Alto e
Muito Alto Risco quando da alta da Rede de Urgência e Emergência
ou Rede Hospitalar;
► Entregar, preferencialmente, a medicação de uso contínuo no
domicilio, priorizando os de muito alto e alto risco;
► O acompanhamento deverá ser realizado por meio de vistas
domiciliares, contato Telefônico ou WhatsApp;
Fonte imagens: google imagens
CUIDADOS DA POPULAÇÃO IDOSA X ISOLAMENTO SOCIAL
 A população idosa nesse cenário é evidenciada como uma
conjuntura maior de desproteção social.
 Agravamento das condições crônicas;
 Maior exposição à situações que gerem sofrimento psíquico;
 Aumento da violência contra a pessoa idosa;
 Maiores de 60 anos, com doença pulmonar crônica ou asma, doenças
cardíacas, insuficiência renal, doenças hepáticas, obesidade grave,
imunossupressão, diabetes e hipertensão fazem parte do grupo
populacional em que a infecção do novo coronavírus pode evoluir mais
rapidamente de Síndrome Gripal (SG) para a Síndrome Respiratória
Aguda Grave (SRAG) e para desfecho fatal.
 É importante o ACOMPANHAMENTO das pessoas idosas em situação de
isolamento domiciliar, especialmente no contexto de pandemia, ao
mesmo tempo em que oferece aos profissionais de saúde orientações
para ações no ambiente da APS.
Fonte imagens: google imagens
Saúde mental e incomunicabilidade:
 O distanciamento social, tornam-se NECESSÁRIAS
adoções de medidas protetivas às pessoas idosas;
 sofrimento psíquico podem se agravar
 altera o convívio social / a rotina dos indivíduos.
 De acordo com a Organização Pan-Americana de
Saúde (OPAS), pessoas idosas, especialmente em
isolamento e aquelas com declínio
cognitivo/demência, podem ficar mais ansiosas, com
raiva, estressadas e agitadas durante o período de
convalescença ou quarentena.
 Fornecer suporte emocional e prático, por meio de
redes informais torna-se fundamental.
Fonte imagens: google imagens
Orientações realizadas na visita domiciliar:
● QUESTIONAR sobre a vida social da pessoa
idosa, investigando aspectos sobre saúde mental e
sentimentos de isolamento e incomunicabilidade;
● VERIFICAR se a pessoa idosa possui uma rede de
contatos sociais para lhe prestarem assistência,
caso necessário.
● INDICAR que a pessoa idosa mantenha sua
rotina pessoal diária, tanto quanto possível e
que busque se envolver com atividades que lhe
deem prazer no cotidiano;
● ESTIMULAR a realização de atividades
saudáveis, envolvendo exercício físico regular,
rotina de sono e alimentação saudável.
Fonte imagens: google imagens
VIOLÊNCIA AO IDOSO
 Nesse contexto de pandemia de COVID-19 , faz-se
fundamental um olhar ampliado para a pessoa
idosa.
 No momento do acolhimento da pessoa idosa nos
serviços de saúde ou em visita domiciliar, ao
perceber ou suspeitar que o(a) usuário(a) está
sofrendo algum tipo de violência, deve ser feita
uma

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.