Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
CONECTORES MAIORES

Pré-visualização | Página 1 de 1

CONECTORES MAIORES EM PPR
SEQUÊNCIA DE DESENHO EM PPR
1. Classificação do arco
2. Apoios oclusais
3. Grampos de retenção
4. Grampos de oposição
5. Conexão maior
6. Sela
7. Conector menor
8. Linha de fulcro/retentor indireto
9. Planos guias
CONECTOR
● Tipos de conectores
○ Conector maior - estrutura que une todos os componentes de um hemiarco
da prótese a outro hemiarco (Une todos os componentes)
○ Conector menor - unem tudo que está sobre o dente ( apoios e grampos) ao
conector maior
CONECTOR MAIOR
● Função
○ União dos componentes da PPR
○ Distribuição da força mastigatória
○ Estabilidade cruzada
● Características
○ Rigidez
■ Distribuição eficaz dos esforços por toda área de sustentação (dentes
de suporte + tecido subjacente)
■ Distribuição vertical de forças laterais no longo eixo dos dentes de
suporte - faz com que o dente seja menos propenso a ter danos nos
seus tecidos de suporte
○ Relação passiva com os tecidos orais
■ O conector maior não deverá exercer pressão sobre os tecidos
■ Essa condição deve ocorrer independente de o conector maior
apresentar uma situação de contato com a mucosa alveolar
○ Relacionamento com a mucosa
■ Conector maior no arco maxilar - A maxila apresenta uma
fibromucosa densa (queratinizada), firmemente aderida com
inervação e vascularização profunda.
● Relação de contato do conector maior com a fibromucosa (
toca, mas não comprime)
● Deve-se evitar relação de contato com a gengiva marginal
livre dos dentes remanescentes
○ Gengiva marginal livre + cargas compressivas +
biofilme = desordem periodontal
■ Conector maior no arco mandibular
● A fibromucosa da região mandibular é fina, móvel e bastante
sensível
● Relação de alívio
○ Comodidade
■ O CM deve ser confeccionado de forma achatada e percorrer regiões
que não interfiram na fonética, mastigação e deglutição dos alimentos
■ Na maxila, mostra-se achatado e adaptado à mucosa palatina
■ Na mandíbula, apresenta e corte, a conformação de uma pêra, sendo
aliviado da mucosa o suficiente para não traumatizá-la.
CONECTORES MAXILARES
1. Barra antero-posterior
2. Barra em U
3. Placa palatina
4. Barra palatina única
● Barra ântero-posterior
○ Forma de paralelogramo aberto no centro, composto por
■ 1 barra anterior
■ Duas fitas laterias
■ Barra posterior (em forma de meia cana)
○ Extensão:
■ Classes III e IV (de kennedy) - último apoio oclusal
■ Classe I e II - 1,0 a 2,0 mm aquém do limite palatoduro/mole (barra
posterior) /final do rebordo (fitas laterais)
*a largura de 6,0 mm confere a rigidez do conector
○ Indicações
■ Classe I, II, III e IV de Kennedy
○ Contraindicação
■ Tórus palatino inoperável que se estende posteriormente até o limite
entre palato duro e mole
● Barra palatina em U
○ Os conectores anterior e laterais são mais largos. A largura permite sua
rigidez
○ Constituída por:
■ 1 barra anterior
■ 2 fitas laterais
*não possui barra posterior, e por isso é mais flexível que a barra
ântero-posterior. Para evitar essa flexibilidade, aumenta-se a
espessura das fitas laterais, conferindo maior resistência
○ Extensão
■ Último apoio oclusal (para usar a barra palatina em U, é necessário
ter pelo menos dois molares em cada hemiarco, pois utiliza-se um
grampo gêmeo - o qual também funciona de modo a equilibrar a
flexibilidade desse tipo de conector)
○ Indicações
■ Classes III e IV
■ Quando existir tórus palatino inoperável
● Barra palatina única
○ Apresenta-se em forma de fita sendo muito flexível
○ A borda anterior acompanha as rugosidades palatinas e a posterior cruza a
linha mediana do ângulo reto
○ Deve apresentar em média a soma da distância MD de um pré-molar e um
molar (10 a 15 mm)
○ Extensão
■ Delimitadas pelos quatro apoios oclusais
○ Indicações
■ Próteses intercaladas (classe III) com espaços pequenos
■ Pacientes com fissuras palatinas
● Placa palatina ou cobertura total de palato
○ Une os princípios da PPR com a PT
○ Metal
■ Cobalto- cromo (fundição)
■ Forma de fita em toda extensão
■ Espessura reduzida
■ Cópia das rugosidades palatinas
■ Dificuldade de confecção
■ Mais difícil adaptação
○ Metal e resina acrílica
■ Apresenta uma barra metálica anterior que une os retentores entre si
e bilateralmente
■ A região de rebordo coberta com resina acrílica, para favorecer a
adaptação à fibromucosa
○ Indicação
■ Poucos remanescentes dentários bem implantados ou não, com
extremidade livre
CONECTORES MANDIBULARES