A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Crise tireotóxica

Pré-visualização | Página 1 de 1

TIREOTÓXICA
APRENDENDO
SEM ENTRAR EM
CRISE!
CRISE
É uma condição aguda caracterizada por
manifestações clínicas graves de
tireotoxicose, com descompensação de
múltiplos sistemas e risco de morte. 
 
o que é?o que é?o que é?
OBS: O aparecimento da crise tireotóxica
é muito mais dependente da velocidade
de aumento dos hormônios tireoidianos
do que de seus níveis. 
HIPERTIREOIDISMO DESCOMPENSADO + FATOR
DESENCADEADOR levam ao aumento rápido
e agudo dos hormônios tireoidianos
 
níveis maiores de t4 livre circulantes
levam a hiperatividade do sistema
nervoso simpático, aumento da
sensibilidade à catecolaminas e
exacerbação da resposta celular aos
hormônios tireoidianos
causando o quadro clínico de
hiperfunção sistêmica
 infecção (principal), trauma,
tratamento com iodo radioativo,
interrupção de medicamentos
antitireoidianos
 
FATORes DESENCADEADORes
 
 A causa mais frequente de
tireotoxicose na Crise Tireotóxica é o
hipertireoidismo por 
doença de Graves.
 
Taquicardia, bócio, nervosismo, alterações
cutâneas, tremores, sudorese,
hipersensibilidade ao calor, palpitações,
fadiga, perda de peso…
sinais e sintomassinais e sintomassinais e sintomas
mais comunsmais comunsmais comuns
Embora rara, se não tratada
precocemente e de forma adequada, 
a mortalidade chega a até 30%
OBS: idosos podem apresentar-se com
quadro de apatia, perda de peso ,
bócio pequeno, fib1ilação atrial,
eventualmente confusão, sem
manifestar agitação e febre alta.
Dica para reconhecer
quadro: Aumento da FC 
é um achado 
relativamente específico 
em idosos.
presença de sintomas graves como
hiperpirexia e disfunção cardiovascular
em um paciente com evidências
bioquímicas de hipertireoidismo.
diagnósticodiagnósticodiagnóstico
Podem ser utilizados os critérios de
Burch and Wartofsky.
Achados laboratoriais comuns: elevação
de T4 e / ou T3 livres e 
supressão de TSH. 
Achados laboratoriais inespecíficos:
hiperglicemia leve, hipercalcemia leve,
testes de função hepática anormais,
leucocitose ou leucopenia.
- Corrigir tireotoxicose com a inibição
da produção/secreção dos hormônios e
com bloqueio dos efeitos periféricos. 
manejomanejomanejo
- Tratamento de suporte (assegurar vias
aéreas e status cardiovascular,
reposição volêmica) 
 
- tratamento da causa precipitante.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.