A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Direito Processual tributario

Pré-visualização | Página 1 de 1

Direito Processual Tributário 
1. O sujeito passivo da obrigação principal diz-se responsável quando: 
A. Revestindo da condição de contribuinte, sua obrigação decorra da vontade das partes 
ou de disposições testamentárias. 
B. Revestindo ou não da condição de contribuinte, tenha relação pessoal e direta com a 
situação que constitua o respectivo fato gerador. 
C. Revestindo da condição de contribuinte, sua obrigação decorra de disposição expressa 
de lei. 
D. Sem revestir a condição de contribuinte, sua obrigação decorra de disposição expressa 
de lei. 
E. Sem revestir a condição de contribuinte, sua obrigação decorra da vontade das partes 
ou de disposições testamentárias. 
 
2. Caso a Fazenda Pública encontre alguma espécie de erro material na CDA (Certidão de 
Dívida Ativa) qual o procedimento a ser tomando em consonância com a 
jurisprudência dos Tribunais Superiores: 
A. É impossível a substituição da CDA até a interposição de embargos. 
B. Só se admite a substituição da CDA após julgamento dos embargos em primeira 
instância. 
C. Se os embargos à execução não tiverem sido julgados em primeira instância, admite-se 
a substituição da CDA. 
D. Não se admite substituição de CDA por erro material. 
E. Desde que reaberto o prazo para oposição de embargos, a Fazenda Pública tem a 
faculdade de alterar o sujeito passivo da mesma. 
 
3. Assinale, dentre as alternativas abaixo, a correta de acordo com o CTN: 
A. Em caso de aplicação de penalidade o contribuinte fica desobrigado do pagamento 
integral do tributo. 
B. Não se admite pagamento de tributo em cheque. 
C. Ocorre em 5 (cinco) anos a prescrição do direito do contribuinte de pleitear ação 
anulatória de decisão de processo administrativo que denegou pedido de restituição de 
indébito tributário. 
D. Inexiste previsão de pagamento de débito tributário que não seja feito em moeda 
corrente nacional. 
E. Denegada restituição de indébito tributário em processo administrativo prescreve em 2 
(dois) anos o direito do contribuinte de ingressar em juizo com a respectiva ação 
anulatória. 
 
4. Dentre as alternativas abaixo assinale a que é hábil a suspender a exigibilidade do 
crédito tributário. 
A. O pedido de liminar em processo cautelar. 
B. A reclamações e os recursos nos termos das leis reguladoras do processo tributário 
administrativo. 
C. O pedido de antecipação dos efeitos da tutela em ação anulatória de lançamento 
tributário. 
D. A impetração de mandado de segurança e Habeas Data. 
E. A ação anulatória de lançamento tributário.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.