A maior rede de estudos do Brasil

O que acontece de o advogado do réu faltar na AIJ ?


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza Verified user icon

Há mais de um mês

Comparecendo uma das partes à AIJ acompanhada de advogada, se a outra comparecer desacompanhada deve haver nomeação de assistência judiciária, em razão da ampla defesa e da paridade de armas.

Entretanto, havendo expressa recusa, haverá a mitigação do princípio, admitindo o prosseguimento, salvo quando a presença de defesa técnica for considerada absolutamente indispensável.

Comparecendo uma das partes à AIJ acompanhada de advogada, se a outra comparecer desacompanhada deve haver nomeação de assistência judiciária, em razão da ampla defesa e da paridade de armas.

Entretanto, havendo expressa recusa, haverá a mitigação do princípio, admitindo o prosseguimento, salvo quando a presença de defesa técnica for considerada absolutamente indispensável.

User badge image

Juliana

Há mais de um mês

Suas provas poderão ser dispensadas - art. 362, §2º, NCPC.

User badge image

Paulo

Há mais de um mês

  • Oi Rayane, tudo bem? É o eguinte: A presença das partes não é essencial a realização da AIJ, e sua ausência só produz efeitos quando a parte tenha sido intimada para prestar depoimento pessoal, que é onde ocorre a pena de confissão, prevista no artigo 385, parágrafo 1º do CPC. Então Rayane, o não comparecimento do advogado do autor ou do réu à audiência não implica para o réu a revelia, nem para o autor a extinção do processo, já houve até um julgamento de um Resp   no STJ, quiser dar uma conferida, é o Resp nº 679.377/AM, Ministro Fernando Gonçalves, da 4a Turma. Desculpe a demora, mas eu também fico sem respostas aqui nesse site. Acho que a galera tem preguiça de responder. kkkk Abraço, bons estudos. 
 
User badge image

winícius

Há mais de um mês

A presença das partes não é essencial a realização da AIJ, e sua ausência só produz efeitos quando a parte tenha sido intimada para prestar depoimento pessoal, que é onde ocorre a pena de confissão, prevista no artigo 385, parágrafo 1º do CPC. Então Rayane, o não comparecimento do advogado do autor ou do réu à audiência não implica para o réu a revelia, nem para o autor a extinção do processo, já houve até um julgamento de um Resp   no STJ, quiser dar uma conferida, é o Resp nº 679.377/AM, Ministro Fernando Gonçalves, da 4a Turma. Desculpe a demora, mas eu também fico sem respostas aqui nesse site. Acho que a galera tem preguiça de responder.

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas