Recém-casados pela separação de bens: quando o pai falece antes do filho nascer

Comecei a ler o Direito Civil Brasileiro de Carlos R. Gonçalves e me deparei com uma situação que não entendi muito bem. Onde por exemplo, recém-casados pela separação de bens vão ter um filho, mas antes disso o pai falece. Se esta criança nascer sem vida, isto é, não chegar a respirar, todos os bens do pai vão para os avós paternos e a mãe não tem direito a nada? Sendo assim, ela terá sucesso se recorrer a justiça?

Disciplina:Direito Penal I1.519 materiais