A maior rede de estudos do Brasil

Quais são os fenômenos histológicos observados no músculo em desuso?


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A atrofia muscular ocorre quando existe a perda de tecido muscular. Os sintomas da atrofia muscular são:

Um dos seus braços ou pernas está notavelmente menor que o outro
Fraqueza em um membro
A pessoa anda fisicamente inativa
Incapacidade de se mover normalmente.


A causa da atrofia muscular por desuso é a falta de atividade física, ou seja, os músculos não são usados o suficiente. Pessoas que trabalham sentadas, condições médicas que limitam os movimentos ou que reduzem o nível de atividades físicas.


Os processos que definem o surgimento da atrofia muscular são complexos e, até hoje, não muito bem compreendidos. Estudos consensuais mostram que grande parte da perda muscular é ativada por genes específicos, a partir de vários fatores, e através de diversos sinalizadores.

A atrofia muscular ocorre quando existe a perda de tecido muscular. Os sintomas da atrofia muscular são:

Um dos seus braços ou pernas está notavelmente menor que o outro
Fraqueza em um membro
A pessoa anda fisicamente inativa
Incapacidade de se mover normalmente.


A causa da atrofia muscular por desuso é a falta de atividade física, ou seja, os músculos não são usados o suficiente. Pessoas que trabalham sentadas, condições médicas que limitam os movimentos ou que reduzem o nível de atividades físicas.


Os processos que definem o surgimento da atrofia muscular são complexos e, até hoje, não muito bem compreendidos. Estudos consensuais mostram que grande parte da perda muscular é ativada por genes específicos, a partir de vários fatores, e através de diversos sinalizadores.

User badge image

Gabriela Mengue

Há mais de um mês

A diminuição do diâmetro das fibras musculares que surge após um pe-

ríodo de inatividade/imobilidade do músculo esquelético é denominada atrofia de

desuso. O tamanho das fibras musculares é determinado por múltiplos fatores,

entre os quais, inervação, treinamento, hormônios, crescimento, nutrição e

estiramento

São bem conhecidas as hipertrofias fisiológicas induzidas por treinmento

físico, particularmente naqueles realizados sob um regime de contração

isométrica, próxima a máxima, como no caso de halterofilismo; ao contrário,

esforços

físicos

que requerem alternância rápida de movimento — contração

isotônica — com habituação à deficiência de oxigênio, como por exemplo em

fundistas, induzem a pequena hipertrofia muscular

. A hipertrofia fisiológica

não se mantém indefinidamente e o retorno aos diâmetros originais da fibra

muscular ocorre proporcionalmente ao tempo em que o treinamento foi efetuado;

se, por exemplo, um treinamento de contra-resistência for realizado durante um

período de 6 a 12 semanas, induzindo hipertrofia muscular e em seguida descon-

tinuado, o tamanho das fibras musculares diminui em5% por semana, até voltarà medida original.

 

.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas