Buscar

Quais os princípios do Direito Agrário?

💡 4 Respostas

User badge image

Franciele Queiroz

 O Direito Agrário é regido por princípios próprios, tais quais SANTIAGO (2016) cita em seu artigo:

  1. Monopólio legislativo da União – a União é a única competente para legislar em matéria de direito agrário;
  2. Utilização da terra se sobrepõe à titulação dominical – a terra é um bem que deve servir à coletividade, em detrimento de um ou um número restrito de indivíduos;
  3. Propriedade condicionada à função – a propriedade rural deve ser plenamente utilizada, e não se tornar um objeto de especulação financeira;
  4. Dicotomia do direito agrário: política de reforma agrária e política de desenvolvimento rural – a terra deve estar disponível a todos, e estes devem nela produzir;
  5. Interesse público sobre o individual – o interesse público prevalece sobre as pretensões do indivíduo.
  6. Proteção à propriedade familiar e a pequena e média propriedade – a lei deve buscar a manutenção da propriedade que sirva ao sustento de um núcleo familiar, e as pequenas e médias propriedades – sempre produtivas, claro – devem ter o estímulo do poder público;
  7. Fortalecimento da empresa rural – deve ser estimulada a unidade que se dedica a culturas agrícolas, criação de gado ou culturas florestais, com a finalidade de obtenção de renda.
  8. Conservação e preservação dos recursos naturais e do meio ambiente etc. – a produção rural não deve desperdiçar ou por em risco os recursos naturais disponíveis;

Para GOMES (2013) os principais princípios que regem o Direito Agrário são diferentes, tais quais:

  1. Função social da Propriedade: este princípio reza que a propriedade deve atender as necessidades da coletividade, ou seja, no sentido de ser produtiva gerando emprego, renda etc.
  2. Justiça social: este princípio se molda no sentido de que as regras de direito agrário são voltadas para atender a necessidade de justiça social nas relações no campo, combatendo a desigualdade.
  3. Prevalência do Interesse Coletivo Sobre o Particular:este principio tem por base a supremacia do interesse publico, no direito agrário faz jus ao sentido social do direito agrário, pois só desta forma é possível combater os interesses dos mais privilegiados sobre os que realmente trabalham no campo e dependem da terra para sua subsistência.
  4. Reformulação da estrutura fundiária: este principio demonstra a força revolucionaria do direito agrário e sua intenção de mudança no direito brasileiro em prol do desenvolvimento da relação do homem com a terra.
  5. Progresso econômico e social: o direito agrário tem por base o progresso econômico e social do país com medidas protetivas e eficazes na política agrária.
  6. Autonomia:o direito agrário ainda não tem sua autonomia consolidada em forma de código em nosso pais no entanto é notório que é um ramo do direito autônomo, tal fato é provado mediante a analise das grades das faculdades que tem como matéria autônoma o Direito Agrário.
1
Dislike0
User badge image

Andre Smaira

O Direito Agrário é o conjunto de normas e princípios que organizam a atividade rural, objetivando desenvolvimento social e econômico a partir do cumprimento da função social da terra.


Em síntese, os princípios do direito agrário são:

  • A é a única competente para legislar em matéria de direito agrário;

  • A terra é um bem que deve servir à coletividade;

  • A propriedade rural deve ser plenamente utilizada (função social);

  • A terra deve estar disponível a todos, e estes devem nela produzir;

  • O interesse público prevalece sobre as pretensões do indivíduo;

  • A lei deve buscar a manutenção da propriedade de subsistência de um núcleo familiar;

  • Deve-se estimular a unidade que se dedica a culturas agrícolas, criação de gado ou culturas florestais, com a finalidade de obtenção de renda;

  • A produção rural deve preservar os recursos naturais disponíveis.

0
Dislike0
User badge image

Andre Smaira

O Direito Agrário é o conjunto de normas e princípios que organizam a atividade rural, objetivando desenvolvimento social e econômico a partir do cumprimento da função social da terra.


Em síntese, os princípios do direito agrário são:

  • A é a única competente para legislar em matéria de direito agrário;

  • A terra é um bem que deve servir à coletividade;

  • A propriedade rural deve ser plenamente utilizada (função social);

  • A terra deve estar disponível a todos, e estes devem nela produzir;

  • O interesse público prevalece sobre as pretensões do indivíduo;

  • A lei deve buscar a manutenção da propriedade de subsistência de um núcleo familiar;

  • Deve-se estimular a unidade que se dedica a culturas agrícolas, criação de gado ou culturas florestais, com a finalidade de obtenção de renda;

  • A produção rural deve preservar os recursos naturais disponíveis.

0
Dislike0

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis


✏️ Responder

SetasNegritoItálicoSublinhadoTachadoCitaçãoCódigoLista numeradaLista com marcadoresSubscritoSobrescritoDiminuir recuoAumentar recuoCor da fonteCor de fundoAlinhamentoLimparInserir linkImagemFórmula

Para escrever sua resposta aqui, entre ou crie uma conta.

User badge image

Perguntas relacionadas

Materiais relacionados

Materiais recentes

Perguntas Recentes