Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

Pergunta 1
Para Alves e Veríssimo (2007), o cuidar e o educar crianças pequenas, além de ser um direito constitucional, têm sido reconhecidos como binômio fundamental ao bom desenvolvimento da estrutura neurológica humana, uma vez que uma rede de conexões neuronais (mais de 90% das sinapses) se forma nos primeiros anos de vida.

Ainda segundo as autoras, quanto mais estimulada for a criança, em processos que envolvam cuidado e educação, mais ligações entre os neurônios ela terá. Nesse sentido, as políticas para Educação Infantil no Brasil definem cuidar e educar como funções da creche e da pré-escola. No entanto, a efetivação dessas funções depende de várias condições, dentre elas, as concepções que orientam as práticas dos trabalhadores no dia a dia das instituições.

No estudo de Alves e Veríssimo (2007), as percepções das professoras participantes em relação ao cuidar como dimensão de sua prática docente podem ser evidenciadas quando:

a) As autoras do artigo citam que o RCNEI representa um avanço na Educação Infantil ao buscar soluções educativas para a superação, de um lado, da tradição assistencialista das creches e, de outro, da marca da antecipação da escolaridade das pré-escolas.
b) As professoras citam que sua função prioritária é o ensino, tanto nas atividades pedagógicas como em relação aos cuidados de saúde, portanto o cuidado oferecido, para ser sua função, deve ter interface com a educação.
c) As autoras relatam que a construção dos saberes e práticas que integrem cuidar e educar na atenção infantil é um grande desafio a ser superado, com a preocupação de agregar contribuições das diferentes áreas do conhecimento, para a construção de um atendimento integrado e global à criança.
d) O discurso da coordenadora aproxima-se do discurso oficial, demonstrando um movimento no sentido de incorporá-lo à realidade, e descreve as funções das professoras tal como se encontra no RCNEI.
e) As professoras apontam que, na introdução do PPP, estão expressas as competências necessárias aos educadores “no educar e no cuidar”.

Pergunta 2
Ao vislumbrar o educar indissociável do cuidar, há centralidade na importância do vínculo entre criança e criança e a criança e o adulto. A dinâmica que se estabelece na rotina diária das instituições de Educação Infantil requer que, mediante o cuidado, a interação e a brincadeira:

a) Configurem vínculos afetivos na instituição de Educação Infantil, tal como os estabelecidos no convívio familiar.
b) Privilegiem aspectos que podem se configurar como preparatórios para as etapas de alfabetização.
c) Fixem-se em função da faixa etária, priorizando o cuidar para os bebês e as crianças muito pequenas e o educar, gradativamente, sendo promovido para as crianças maiores.
d) Demarquem as atividades que devem ser de responsabilidade da escola e as que devem ser de responsabilidade da família.
e) Favoreçam o estabelecimento de vínculos afetivos significativos e essenciais ao bem-estar infantil, promovendo aprendizagens orientadas e de forma integrada.

Pergunta 3
O cuidar como expressão do educar implica todas as ações e situações na instituição de Educação Infantil, tais como banho, sono, alimentação, troca de fraldas, brincadeiras, atividades orais, textuais, plásticas, expressão corporal etc. Na prática, trata-se de:

a) Trabalho conjunto entre o profissional que cuida e o que educa.
b) Reservar um momento em cada atividade que envolva cuidado para uma ação que seja educativa.
c) Cuidar dos bebês e das crianças muito pequenas e educar as crianças maiores.
d) Uma evolução gradual do cuidar para o educar, conforme as crianças vão crescendo.
e) Aproveitar cada oportunidade para proporcionar às crianças seu desenvolvimento integral.


1 resposta(s)

Essa pergunta já foi respondida!