A maior rede de estudos do Brasil

dificuldades de trabalhar em escolas que não tem preparo profissional ,com alunos portadores de deficiencias

PedagogiaUNINTER

3 resposta(s)

User badge image

Socorro

Há mais de um mês

A abordagem pedagógica se torna mais difícil no segundo segmento do ensino fundamental e no ensino médio devido ao grande número de disciplinas. É necessário ter uma escola com capacidade de acolher pessoas com deficiência. Além disso, a cultura de reprovação que existe em geral na escola brasileira vai retendo as pessoas com deficiência nas séries inicais- explica o superintendente executivo do Instituto Unibanco, Ricardo Henriques.
A abordagem pedagógica se torna mais difícil no segundo segmento do ensino fundamental e no ensino médio devido ao grande número de disciplinas. É necessário ter uma escola com capacidade de acolher pessoas com deficiência. Além disso, a cultura de reprovação que existe em geral na escola brasileira vai retendo as pessoas com deficiência nas séries inicais- explica o superintendente executivo do Instituto Unibanco, Ricardo Henriques.
User badge image

Francisco

Há mais de um mês

A abordagem pedagógica se torna mais difícil no segundo segmento do ensino fundamental e no ensino médio devido ao grande número de disciplinas. É necessário ter uma escola com capacidade de acolher pessoas com deficiência. Além disso, a cultura de reprovação que existe em geral na escola brasileira vai retendo as pessoas com deficiência nas séries inicais- explica o superintendente executivo do Instituto Unibanco, Ricardo Henriques.
User badge image

Naiara

Há mais de um mês

A abordagem pedagógica se torna mais difícil no segundo segmento do ensino fundamental e no ensino médio devido ao grande número de disciplinas. É necessário ter uma escola com capacidade de acolher pessoas com deficiência. Além disso, a cultura de reprovação que existe em geral na escola brasileira vai retendo as pessoas com deficiência nas séries inicais- explica o superintendente executivo do Instituto Unibanco, Ricardo Henriques.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes