A maior rede de estudos do Brasil

Falando sobre o Mix de marketing, qual o P mais relevante para analise ?

MarketingUNIP

4 resposta(s)

User badge image

Luiz Fabio

Há mais de um mês

O Mix de Marketing é também chamado de Marketing Mix ou Composto de Marketing. Muitas são as definições para o termo de acordo com vários estudiosos do assunto, como por exemplo Jerome McCarthy, que propõe o conjunto como sendo quatro pontos de interesse de uma empresa, os quais devem ser monitorados com atenção e projetados como objetivos de marketing.

A definição básica do Mix de Marketing é a de ser um conjunto de elementos que formam as ações do marketing. Na literatura de Marketing existem três principais modelos: o primeiro é defendido pelo pesquisador e professor da Universidade de Michigan, McCarthy. Ele divide os 4 P’s e se baseia no conceito de Neil Borden, que se referia aos executivos como “mixers” (liquidificadores), uma vez que entendia a respectiva função como concretizar as ações, misturando as estratégias para direcioná-las ao objetivo da empresa. Sendo assim, a expressão Marketing Mix começou a ser difundida e utilizada para resumir as atividades do marketing.


O primeiro e principal modelo adotado por diversas empresas é baseado no composto formado pelo chamado 4 P’s: Produto, Preço, Praça e Promoção. Para cada variável engloba-se as seguintes atividades específicas:

Produto: política de garantia, diferenciação do design e embalagem, marca e concorrência;
Preço: desconto e condição de pagamento, financiamento e prazo;
Praça: loja, logística, canal de distribuição e de armazenamento;
Promoção: promoção, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas e trade marketing.
O segundo modelo é denominado 4 A’s de Richers ou Sistema Integrado de Marketing. Foi desenvolvido e aprimorado por Raimar Richers, o qual definiu as funções e atividades baseadas na Administração de Marketing, que se dividem em: Análise, Adaptação, Ativação e Avaliação. Raimar foi um dos primeiros estudiosos a utilizar o termo Mercadologia para definir o conceito de marketing em português. As fases relativas aos 4 A’s são:

Análise: é a identificação da força de mercado, com as referidas atividades de política, concorrência, legislação, tecnologia e sociedade;
Adaptação: corresponde a adaptar o produto ou serviço às necessidades apontadas pela fase anterior da Análise;
Ativação: é a ação de concretizar o planejamento traçado;
Avaliação: se refere a analisar o que foi realizado e mensurar os pontos fortes e fracos da empresa.
O terceiro modelo é chamado de 4 C’s de Robert Lauterborn, desenvolvido no ano de 1990, com ideias contrárias e complementares ao conceito de Mc Carthy. Lauterborn sugere substituir os 4 P’s pelos seguintes 4 C’s: Necessidades e Desejos do Consumidor, Custo para satisfazer o Consumidor, Conveniência para comprar e Comunicação (traduzidos dos termos originais em inglês: Consumers Wants and Needs, Cost To Satisfy, Convenience to Buy, Communication). As atividades relativas a cada um dos 4 P’s seriam:

Produtos: necessidades e desejos do consumidor;
Preço: custo para satisfazer o consumidor;
Praça: conveniência para comprar;
Promoção: comunicação.
Para a elaboração de uma estratégia de marketing efetiva é importante considerar todas as variáveis do Marketing Mix. Para isso, a definição da melhor combinação, juntamente com os recursos adequados e a avaliação das vantagens competitivas ideais, são fundamentais.

Para complementar o conceito do Mix de Marketing, segundo Philip Kotler, o composto de marketing é “o conjunto de ferramentas que a empresa usa para atingir os seus objetivos de marketing no mercado alvo”.

Portanto, todas as ferramentas estudadas podem ser aplicadas para determinadas ações no seu nicho específico, de acordo com o planejamento estratégico para perseguir o objetivo proposto pela empresa.

O Mix de Marketing é também chamado de Marketing Mix ou Composto de Marketing. Muitas são as definições para o termo de acordo com vários estudiosos do assunto, como por exemplo Jerome McCarthy, que propõe o conjunto como sendo quatro pontos de interesse de uma empresa, os quais devem ser monitorados com atenção e projetados como objetivos de marketing.

A definição básica do Mix de Marketing é a de ser um conjunto de elementos que formam as ações do marketing. Na literatura de Marketing existem três principais modelos: o primeiro é defendido pelo pesquisador e professor da Universidade de Michigan, McCarthy. Ele divide os 4 P’s e se baseia no conceito de Neil Borden, que se referia aos executivos como “mixers” (liquidificadores), uma vez que entendia a respectiva função como concretizar as ações, misturando as estratégias para direcioná-las ao objetivo da empresa. Sendo assim, a expressão Marketing Mix começou a ser difundida e utilizada para resumir as atividades do marketing.


O primeiro e principal modelo adotado por diversas empresas é baseado no composto formado pelo chamado 4 P’s: Produto, Preço, Praça e Promoção. Para cada variável engloba-se as seguintes atividades específicas:

Produto: política de garantia, diferenciação do design e embalagem, marca e concorrência;
Preço: desconto e condição de pagamento, financiamento e prazo;
Praça: loja, logística, canal de distribuição e de armazenamento;
Promoção: promoção, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas e trade marketing.
O segundo modelo é denominado 4 A’s de Richers ou Sistema Integrado de Marketing. Foi desenvolvido e aprimorado por Raimar Richers, o qual definiu as funções e atividades baseadas na Administração de Marketing, que se dividem em: Análise, Adaptação, Ativação e Avaliação. Raimar foi um dos primeiros estudiosos a utilizar o termo Mercadologia para definir o conceito de marketing em português. As fases relativas aos 4 A’s são:

Análise: é a identificação da força de mercado, com as referidas atividades de política, concorrência, legislação, tecnologia e sociedade;
Adaptação: corresponde a adaptar o produto ou serviço às necessidades apontadas pela fase anterior da Análise;
Ativação: é a ação de concretizar o planejamento traçado;
Avaliação: se refere a analisar o que foi realizado e mensurar os pontos fortes e fracos da empresa.
O terceiro modelo é chamado de 4 C’s de Robert Lauterborn, desenvolvido no ano de 1990, com ideias contrárias e complementares ao conceito de Mc Carthy. Lauterborn sugere substituir os 4 P’s pelos seguintes 4 C’s: Necessidades e Desejos do Consumidor, Custo para satisfazer o Consumidor, Conveniência para comprar e Comunicação (traduzidos dos termos originais em inglês: Consumers Wants and Needs, Cost To Satisfy, Convenience to Buy, Communication). As atividades relativas a cada um dos 4 P’s seriam:

Produtos: necessidades e desejos do consumidor;
Preço: custo para satisfazer o consumidor;
Praça: conveniência para comprar;
Promoção: comunicação.
Para a elaboração de uma estratégia de marketing efetiva é importante considerar todas as variáveis do Marketing Mix. Para isso, a definição da melhor combinação, juntamente com os recursos adequados e a avaliação das vantagens competitivas ideais, são fundamentais.

Para complementar o conceito do Mix de Marketing, segundo Philip Kotler, o composto de marketing é “o conjunto de ferramentas que a empresa usa para atingir os seus objetivos de marketing no mercado alvo”.

Portanto, todas as ferramentas estudadas podem ser aplicadas para determinadas ações no seu nicho específico, de acordo com o planejamento estratégico para perseguir o objetivo proposto pela empresa.

User badge image

Luiz Fabio

Há mais de um mês

Os 4 Ps do marketing juntos com toda a sua estratégia de marketing, desde o princípio.

É um dos primeiros passos que você pode tomar ao criar o seu plano de marketing. As decisões que você toma aqui afetam em todo o seu planejamento, posicionamento de marca e segmentação de público.

E todos os 4 Ps se relacionam entre si. Entender isso é fundamental, pois mudanças provavelmente vão ocorrer no seu mercado, não importa qual seja. E a alteração do preço pode alterar completamente a sua promoção, sua praça e seu produto.

Vou listar agora alguns pontos que tornam os 4 Ps do marketing essenciais na sua estratégia de marketing. Vamos lá?

1) Clareza no seu plano de marketing

Quando os 4 Ps estão compatíveis entre si, naturalmente todo a sua estratégia de marketing fica mais clara e objetiva. Um preço adequado para um produto que resolve as dores da audiência, em uma praça de fácil acesso, vai facilitar a sua promoção.

Um está completamente ligado ao outro. E quando eles estão em equilíbrio, sua estratégia flui com mais clareza.

E quando você estiver pensando em mudar alguns dos 4 Ps do marketing (o preço, por exemplo), você deve observar todo o resto dos pontos, para continuar mantendo o equilíbrio.

2) Ajuda no desenvolvimento de novos produtos
Ao usar os 4 Ps do marketing para fazer a estratégia do seu atual produto, é muito comum que apareçam ideias para criar outros novos produtos.

É natural, porque você vê o seu plano de marketing de uma maneira mais geral, e enxerga pontos cegos que o seu atual produto não cobre. E esse novo produto vai ter um novo planejamento e 4 Ps diferentes.

3) Um mapa para melhorar o seu negócio

Os 4 Ps do marketing apontam para os pontos fortes e para as fragilidades da sua empresa. Muitas vezes ao analisar os 4 Ps, o empreendedor percebe, por exemplo, que a praça não está equilibrada com os outros três fatores.

4) Diferencia dos concorrentes
É importante não só traçar os seus 4 Ps do marketing, mas também o dos concorrentes. Ao fazer isso, você sabe os pontos fortes e fracos deles, quais os pontos cegos, e onde você pode ganhar território com mais facilidade.

Além disso, ajuda a sua empresa a atuar em diferentes campos que os concorrentes não atuam. Ou se atuar nos mesmos territórios, os 4 Ps do marketing auxiliam a você atuar de uma forma diferente e ganhar uma vantagem competitiva no mercado.

5) Empresa mais dinâmica
Uma empresa bem preparada está pronta para colher os frutos de um bom trabalho, mas também está preparada quando ocorre um revés.

Em um contexto de crise econômica que vive o nosso País, é necessário que a sua empresa esteja pronta para responder a qualquer tipo de cenário. Quando entender todas as variáveis que possam afetar cada um dos 4 Ps do marketing, ela estará melhor preparada.

User badge image

Fernanda

Há mais de um mês

Depende muito do objetivo da Pesquisa. Mas geralmente se analisa o Produto, depois Preço, Praça e Promoção, assim respectivamente em ordem de relevância.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes