Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

O que é um POP dentro do Controle de Qualidade de Medicamentos?


1 resposta(s)

User badge image

BRUNA DE PIERI SEGATO

Há mais de um mês

O POP é, portanto, um documento que prevê de maneira detalhada todas as práticas e recomendações envolvidas em um processo.

Ao padronizar as operações de uma companhia, as chances de desvios, falhas e erros são minimizadas e, por isso, essa prática está diretamente relacionada à qualidade, embora também exerça um papel fundamental na segurança.

Esse documento também pode conter ou estar anexado a outros tipos de orientações, como a IT, a NOP e as BPF:

  • IT (instrução de trabalho): apresenta informações mais específicas, focadas na aplicação das orientações do POP;
  • NOP (norma operacional padrão): contém os padrões de conformidade de entidades regulamentadoras, como ISO, Inmetro, Anvisa, Anatel etc.;
  • BPF (boas práticas de fabricação): abrangem um conjunto de medidas higiênicas, sanitárias e operacionais para garantir a qualidade, segurança e conformidade dos alimentos de acordo com as regulamentações técnicas previstas em lei.

Sendo assim, uma empresa que se empenha em entregar produtos ou serviços de maneira sólida e dentro das expectativas do seu mercado precisa padronizar a sua cadeia de processos.

O POP é, portanto, um documento que prevê de maneira detalhada todas as práticas e recomendações envolvidas em um processo.

Ao padronizar as operações de uma companhia, as chances de desvios, falhas e erros são minimizadas e, por isso, essa prática está diretamente relacionada à qualidade, embora também exerça um papel fundamental na segurança.

Esse documento também pode conter ou estar anexado a outros tipos de orientações, como a IT, a NOP e as BPF:

  • IT (instrução de trabalho): apresenta informações mais específicas, focadas na aplicação das orientações do POP;
  • NOP (norma operacional padrão): contém os padrões de conformidade de entidades regulamentadoras, como ISO, Inmetro, Anvisa, Anatel etc.;
  • BPF (boas práticas de fabricação): abrangem um conjunto de medidas higiênicas, sanitárias e operacionais para garantir a qualidade, segurança e conformidade dos alimentos de acordo com as regulamentações técnicas previstas em lei.

Sendo assim, uma empresa que se empenha em entregar produtos ou serviços de maneira sólida e dentro das expectativas do seu mercado precisa padronizar a sua cadeia de processos.

Essa pergunta já foi respondida!