Memória 6

Disciplina:Psicologia da Aprendendizagem e Memória398 materiais3.791 seguidores
Pré-visualização1 página
*
*
*

MEMÓRIA
TEORIAS DO ESQUECIMENTO NA
 MEMÓRIA DE LONGO PRAZO

As principais teorias para explicar o esquecimento são:
Enfraquecimento do traço mnêmico
Teoria da interferência

*
*
*

MEMÓRIA
TEORIAS DO ESQUECIMENTO NA
 MEMÓRIA DE LONGO PRAZO

Teoria do traço mnêmico
Segundo tal teoria, o exercício, a repetição fortalecem as conexões nervosas criando uma memória cada vez mais consolidada. O exercício e o uso são responsáveis pela manutenção do estímulo na memória. Portanto, o esquecimento se deve à falta de repetição porque isto enfraqueceria o traço até aboli-lo completamente.

*
*
*

MEMÓRIA
TEORIAS DO ESQUECIMENTO NA
 MEMÓRIA DE LONGO PRAZO

Teoria da interferência
A aprendizagem de itens pode interferir com a aprendizagem de outros itens quando são semelhantes.
Se uma pessoa te der o número de telefone, a probabilidade de lembrar é alta, mas se duas pessoas derem sucessivamente seus números, os dois números serão mais difíceis de recordar

*
*
*

MEMÓRIA
TEORIAS DO ESQUECIMENTO NA
 MEMÓRIA DE LONGO PRAZO

INTERFERÊNCIA PROATIVA E RETROATIVA
Ocorre interferência proativa quando um conjunto de itens aprendidos antes produz esquecimento em um conjunto de itens aprendidos posteriormente.
Ocorre interferência retroativa quando um conjunto de itens aprendidos depois produz esquecimento em um conjunto de itens aprendidos posteriormente.

*
*
*

MEMÓRIA
EXPERIMENTO DE INTERFERÊNCIA

	A tarefa dos sujeitos será associar 15 pares de palavras, onde a primeira palavra do par é denominada estímulo e a segunda é a resposta.

	Ex.: cabeça-madeira; onde cabeça é o estímulo e madeira é a resposta.

	Os sujeitos terão oportunidade de treinarem e repetirem exaustivamente os pares apresentados até aprenderem.

*
*
*

MEMÓRIA
EXPERIMENTO DE INTERFERÊNCIA
Lista de palavras 1.

carro-livro			vaso-jornal
cinema-plástico		cadeira-folha
milho-xícara			tesouro-pedra
chiclete-torno		bilhete-macaco
telefone-riacho		menino-bandeira
olhar-piano			banco-tímpano
cebola-lixa			página-café
pássaro-cozinha	

*
*
*

MEMÓRIA
EXPERIMENTO DE INTERFERÊNCIA

	Após aprender esta primeira lista o sujeito é capaz de dizer a resposta quando o estímulo é aprezentado.
	
	Por exemplo: banco? (resposta: tímpano)
				 chiclete? ..............torno

	A seguir é apresentada uma segunda lista para os sujeitos, sendo que as primeiras palavras (estímulos) são as mesmas, enquanto as segundas são diferentes

*
*
*

MEMÓRIA
EXPERIMENTO DE INTERFERÊNCIA
Lista de palavras 2.

carro-disco			vaso-lagoa
cinema-jiló			cadeira-nervo
milho-guerra			tesouro-piada
chiclete-cabo			bilhete-peixe
telefone-mula		menino-violão
olhar-calor			banco-arco
cebola-pneu			página-brinco
pássaro-ferro	

*
*
*

MEMÓRIA
EXPERIMENTO DE INTERFERÊNCIA

Aprendida esta segunda lista, pede-se ao sujeito posteriormente que dê as respostas da primeira lista ante os estímulos.
Os sujeitos não conseguem dar as respostas certas, demonstrando interferência retroativa (da segunda aprendizagem sobre a primeira)
Por outro lado, se é pedido ao sujeito que relate as respostas da segunda lista, da mesma maneira os sujeitos não conseguem dar as respostas certas; demonstrando interferência proativa (da primeira aprendizagem sobre a primeira)