A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
39 pág.
Aula 03 -Secretariado ESPEP

Pré-visualização | Página 1 de 3

Ministrante:
Secretariado – Módulo 2: Códigos de Ética, Relações Interpessoais e Etiqueta
Ministrante: PROFA. DRA. DENISE DANTAS MUNIZ
JOÃO PESSOA - PB
13 DE SETEMBRO DE 2021
Sumário
Momento do Diálogo: Estudo Dirigido
Introdução
Ética e Responsabilidade
Etiqueta Profissional
Momento do Diálogo
Prezados alunos, este é o momento que são compartilhadas as experiências referentes ao estudo dirigido proposto na aula anterior;
É o ponto em que há o compartilhamento das informações com o objetivo de desenvolvermos nosso próprio Kai-Zen, isto é, realizarmos a melhoria contínua em nossas atividades;
Cada um de nós possui um conhecimento ímpar que pode contribuir com o crescimento do colega e, consequentemente, fortalece nosso know-how.
“Não tenho medo de compartilhar conhecimento. Essa é a única coisa que as pessoas não poderão tomar de mim, pois ninguém nunca sabe igual, mesmo que saiba a mesma coisa” – Milena Leão
Introduzindo o assunto
Toda profissão é embasada em uma série de regras e normas que determinam quais atribuições os respectivos profissionais podem exercer;
E quando a profissão é regulamentada, existe a condição no qual certas atividades são exclusivas de uma determinada categoria profissional;
Mas, a base para todo este processo ser definido está conecta-do a ética profissional e as responsabilidades inerentes a serem assumidas;
“Está aqui, Cosmo: página 37, artigo 26: ser um padrinho mágico é um dever em que a ética deve estar alinhada com as responsabilidades de suas atitudes no exercício da profissão” – Wanda.
Ministrante:
Introduzindo o assunto
E a ética, dentro do ambiente de trabalho, está intrinsecamente ligada aos hábitos e costumes do profissional enquanto indivíduo na sociedade e longe dos ditos “holofotes”;
O costume de casa torna a praça, já diz o ditado;
Mas vamos detalhar agora o conteúdo da aula de hoje, ok?
Não importa a profissão que se gradue ou a área em que vá atuar, a ética é essencial para que todos aqueles que dependem de suas ações possam usufruir o melhor de suas capacidades.
Ética e Responsabilidade
Como estamos em uma sociedade, é importante que sejam observadas as relações existentes entre cada um dos personagens que compõem o cenário;
Isto significa que, apesar de cada um de nós termos vontades, pensamentos e expressões diferentes, devemos seguir uma linha de concessões em comum para que haja o convívio entre as partes;
Surgimento e evolução da ética;
Primeira sociedade a estruturar os preceitos da ética: gregos de Atenas (Sócrates, Platão, Aristóteles, etc.);
Representação do quadro “Banquete de Platão”, pintado por Anselm Feuerbach. Neste ponto, a ética e a moral eram dialogadas e debatidas continuamente, mudando e evoluindo conforme as mutações sociais avançavam.
Ética e Responsabilidade
Assim, é plausível observar a evolução das relações sociais entre as partes com a ascensão das sociedades e de seus costumes;
Mas falamos aqui que a palavra ética significa “costumes, caráter”... Certo? Depende...;
Ética também se origina do grego, mas com a grafia éthikos, significando “modos de ser”, sendo entendida como a reflexão sobre o comportamento moral;
Entenda que a etimologia (estudo das palavras) pode expressar formas diferentes de entendimento por quem está estudando um determinado tema. Existem pontos que, nós, profissionais do secretariado, temos domínio e outros que não podemos contribuir.
Achou que é só isso? Tem mais...
Ética e Responsabilidade
A moral é de origem latina (mos), que literalmente significa “costumes”;
A moral é o que define o correto do errado para uma determinada comunidade;
Isto significa que a moral tem limite e validade, seja cultural, geográfica ou temporal;
Exemplos de mudança da moral são observadas na própria profissão do secretariado;
De status social para membro estratégico das organizações;
Pela forma como falou no slide anterior, parece que a ética é diferente da moral. Mas em todos os locais que estou, usa-se o termo “ética” como sinônimo de “moral”. Qual é a diferença, afinal?
Ética e Responsabilidade
E como é que a ética e a moral se relacionam, no geral? E na profissão do secretariado?
A ética tem o poder de pensar sobre os preceitos morais vigentes e quais os pontos negativos sobre o preceito;
Ela não diz a forma como as pessoas devem se comportar, mas elaborar princípios de vida para orientar as ações humanas;
No caso da administração pública, a ética é a linha que delimita as ações que podem ser tomadas ou não em prol do bem coletivo; 
A ética tem por objetivo trazer a tona a validade ou não de uma série de preceitos morais que sejam consideradas questionáveis.
Por exemplo, a questão do Talibã voltar ao poder no Afeganistão depois de 20 anos.
Ética e Responsabilidade
Vejamos agora um pequeno vídeo que o Professor Leandro Karnal dialoga sobre a ética e a responsabilidade dentro do ambiente de trabalho.
Ética e Responsabilidade – Leandro Karnal
Como agir em momentos que requeiram um discernimento ético, isto é, ao observar situações que moralmente são questionáveis?
Ética e Responsabilidade
Existe uma forte relação entre a ética e a responsabilidade no exercício das profissões, segundo as atribuições e ações que podem ser exercidas por cada parte;
E para que as atividades possam ser exercidas dentro de um con-texto social em que não haja violações éticas, existe um conjunto de regras que são consideradas fundamentos essenciais da boa gestão e gerenciamento das relações intraorganizacionais;
A este conjunto de regras chamamos de Código de Ética;
Realmente creste que aqueles pontos eram o suficiente? Há muito mais do que aquilo.
Ética e Responsabilidade
O código de ética e conduta é elemento essencial para todo profis-sional quando adentra em uma organização;
É o documento que norteia quais comportamentos são recomenda-dos, tolerados e inadequados para o bom exercício da função ao qual foi contratado ou dado posse;
Cada órgão deve ter o seu Código de Ética e Conduta;
Quando não tem um Código de Ética e Conduta disponível:
Para o nível federal, temos a Lei nº 8112, de 11 de dezembro de 1990;
Para o Estado da Paraíba, temos a Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003;
A lei do servidor público é erga omnes, ou seja, vale para todos os cargos e funções assumidas na Administração Pública, sem exceções.
Ética e Responsabilidade - semelhanças
	Lei nº 8112/90 (Servidor Federal)	Lei Complementar nº 58/03 (Servidor Estadual da Paraíba)
	Art. 2º. Para os efeitos desta lei, servidor é a pessoa legalmen-te investida em cargo público.	Art. 2º: Para os efeitos desta lei, servidor é a pessoa legal-mente investida em cargo público.
	Art. 9º. A nomeação far-se-á: I – em caráter efetivo, quando se tratar de cargo isolado de provimento efetivo ou de carreira; II – em comissão, inclusive na condição de interino, para cargos de confiança vagos.	Art. 9º. A nomeação far-se-á: I – em caráter efetivo, quan-do se destinar ao provimento de cargos efetivos, isolados ou de carreira; II – em comissão, quando se destinar ao provimento de cargos de confiança.
	Art. 116. São deveres do servidor: I – exercer com zelo e dedi-cação as atribuições do cargo; [...]; III – observar as normas le-gais e regulamentares; [...]; V – atender com presteza (a) ao público em geral, prestando as informações requeridas, res-salvadas as protegidas por sigilo, (b) a expedição de certidões requeridas para defesa de direito ou esclarecimento em situ-ações de interesse pessoal, [...]; X – ser assíduo e pontual ao serviço; XI – tratar com urbanidade as pessoas; XII – represen-tar contra ilegalidade, omissão e abuso de poder.	Art. 116. São deveres do servidor: I – exercer com zelo e dedicação as atribuições do cargo; [...]; III – observar as normas legais e regulamentares; [...]; V – atender com presteza (a) ao público em geral, prestando as informações requeridas, ressalvadas as protegidas por sigilo, (b) a expe-dição de certidões requeridas para defesa de direito ou esclarecimento

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.